Home
últimas
Famosos Brasileiros
Famosos Internacionais
Famosos na praia
Filhos de famosos
Fotos de famosos
Vídeos
Namoro
Instagram dos famosos
Principais notícias
Todos os temas
Novelas
Novela O Sétimo Guardião
Novela O Tempo Não Para
Novela Espelho da Vida
Malhação - Vidas Brasileiras
As Aventuras de Poliana
Resumo de novelas
Novela Jesus
Novela Verão 90
Novela Órfãos da Terra
TV
Domingão do Faustão
Mais Você
Encontro com Fátima
Caldeirão do Huck
Fantástico
Cinema
Tapete vermelho
Estreias
Oscar
Cannes
Festival do Rio
Angelina Jolie
Jennifer Aniston
Brad Pitt
Tom Cruise
Leonardo Dicaprio
Famosos
Bruna Marquezine
Marina Ruy Barbosa
Sasha
Anitta
Grazi Massafera
Ivete Sangalo
Giovanna Antonelli
Meghan Markle
Chay Suede
Letícia Colin
Camila Queiroz
Sabrina Sato
Michel Teló
Juliana Paes
Cabelos
Make
Moda
Dieta & Saúde
Beleza & Estética
Últimas notícias
Biografia

Eugène Schueller, um jovem químico com espírito empreendedor, fundou a empresa que se tornaria o Grupo L'Oréal em 1909. Tudo começou a partir da primeira coloração capilar que o químico formulou, usando uma mistura de produtos inofensivos, sob o nome Oréal.

Na época, as tinturas foram uma inovação positiva que oferecia uma variedade sutil de cores, enquanto os outros métodos existentes produziam um resultado artificial. A partir disso, Eugène fabricou e vendeu as tinturas para cabeleireiros parisienses criando o primeiro elo daquilo que ainda é o DNA da L'Oréal: pesquisa e inovação a serviço da beleza.

Um ano depois, Eugène contratou representantes que revendiam seus produtos por toda a França e, ainda na mesma época, criou uma escola de coloração na Rue du Louvre, em Paris, onde ele mesmo supervisionava com a ajuda de um ex-cabeleireiro da Corte Russa. Não demorou para o químico perceber que seu êxito estava estritamente ligado ao sucesso dos cabeleireiros, criando um privilegiado elo com a profissão.

Uma nova era se iniciou no mundo inteiro nos tempos pós guerra da década de 20. Marcada pelas transformações sociais principalmente por parte das mulheres, que começaram a trabalhar e ganhar seu próprio dinheiro. Consequentemente, a preocupação com a aparência ficou evidente à medida em que os cabelos brancos entregavam a idade. Por este motivo, as colorações da marca foram um grande sucesso até fora das fronteiras da França, levando a inovação para países como a Itália, Áustria, Holanda, Estados Unidos e Brasil.

Nessa época, a empresa já possuía três químicos que cuidavam exclusivamente do desenvolvimento de novos produtos, demonstrando a devida preocupação da marca com a área de pesquisas e desenvolvimento de novas tecnologias, qualidade essa, que acompanharia a L'Oréal no decorrer da sua história.

Cinco anos depois, a empresa criou a descoloração dos fios permitindo que as mulheres morenas se tornassem loiras através de clareamentos capilares e, em 1928, a empresa se interessou também pelos cuidados das madeixas. A marca OCAP fez surgir um novo hábito entre os franceses: lavar os cabelos.

Eugène também usou seus talentos para criar eventos promocionais e inventar novas estratégias publicitárias. Em 1931, ele teve a ideia de cobrir com uma lona a fachada de um prédio parisiense para promover a loção capilar O'Cap. Segundo a assessoria de imprensa do grupo, a L'Oréal seria a primeira marca a veicular um comercial de rádio cantado ao invés de falado, criando assim, o jingle publicitário.

Apesar do sucesso absoluto da empresa, somente no final da década de 30 surgiu o nome L'Oréal. A nova marca surgiu a partir da junção dos nomes de duas tinturas para cabelo fabricadas pela empresa, Noir e Or (negro e ouro), e o nome de um penteado muito em alta na época, L'Auréale, que batizou as tinturas.

Anos depois, a marca direcionou seus esforços para conquistar as farmácias e drogarias se tornando sócia da Vichy, que posteriormente seria adquirida pelo grupo francês. Quando Eugène morreu em 1957, a L'Oréal já era uma gigante no segmento de cosméticos e vendia seus produtos em toda a Europa com um sistema de entregas por bicicleta nas lojas.

A partir do novo milênio, ano após ano, a empresa começou a introduzir no mercado produtos marcados pela diversidade e pelo respeito ao meio ambiente. Com o seu portfólio único de marcas internacionais, a L'Oréal entrou no século 21 em busca do crescimento global sob a bandeira da diversidade. O crescimento do Grupo foi impulsionado não apenas por suas novas aquisições, feitas para atender às necessidades cosméticas de todo o planeta, mas também por uma série de novas iniciativas de responsabilidade social corporativa.

Fotos de L'Oréal