'A Regra do Jogo': Tóia conta versão falsa da morte de Romero à polícia. 'Velas'

Compartilhe no Facebook
A mocinha confessa para Juliano que armou o incêndio que matou o ex junto com Atena e ele implora que ela minta sobre o crime, para se safar da cadeia

Culpada por armar a morte de Romero (Alexandre Nero) com Atena (Giovanna Antonelli), Tóia (Vanessa Giácomo) vai acabar confessando para Juliano (Cauã Reymond) que matou o ex-marido, nos próximos capítulos da novela "A Regra do Jogo". O ex-detento então orienta a promoter a mentir para a polícia, a fim de evitar uma condenação por crime premeditado, e ela diz que o fogo começou por causa de um jantar à luz de velas.

De acordo com a colunista do jornal "O Globo", Patrícia Kogut, Tóia desabafa com o novo marido: "Eu sou uma assassina, Juliano. Eu acusei o seu pai de ser um assassino, acusei o Romero de tanta coisa e eu sou igual a eles. Eu matei o Romero, matei, matei! Eu risquei o fósforo que provocou aquele incêndio. A vida do Romero ficou na minha mão. Eu podia não ter riscado aquele fósforo, mas eu risquei, eu risquei! Ele ia me soltar. Ele disse que ia me soltar no dia seguinte e mesmo assim eu...", vai dizendo, descontrolada.

Mesmo chocado, o professor de artes marciais justifica a atitude dela: "Tóia, Tóia, presta atenção! O Romero te sequestrou. Ele te prendeu. Ele estava louco. Ele era um bandido. O que quer que você tenha feito, você fez em legítima defesa, entendeu?". Angustiada, a morena se diz envergonhada e pensa em contar tudo a Dante (Marco Pigossi), mas Juliano não deixa.

Tóia mente em seu depoimento à polícia

O ex-lutador implora: "Você não vai fazer isso, ouviu bem? Você não pode se entregar! Pensa no futuro dessa criança que você está esperando. Você estava desesperada! Ele tinha te sequestrado! Você foi vítima dele o tempo todo. Ele acabou com a sua vida, e não foi uma vez só! Se você confessar que matou o Romero assim, a polícia vai dizer que foi um crime premeditado. Por mim, pelo nosso amor, eu te peço, te suplico, não fala a verdade."

Tóia então concorda com os apelos do amado e conta outra versão dos acontecimentos em seu depoimento, na delegacia. "Eu estava presa, mas o Romero estava preparando um jantar, um jantar à luz de velas, e eu vi um clarão lá fora do quarto e ele gritando alguma coisa sobre a cortina. Então, deve ter começado pela cortina, eu não sei direito. Eu sei que a hora que começou a entrar fumaça, ele me soltou, eu saí correndo para fora da casa, ele ficou tentando apagar o fogo. Aí a fumaça deve ter feito ele desmaiar e... E o resto vocês já sabem."

Diante desse relato, o delegado libera a moça. Mas a paz de Tóia dura pouco, porque logo Atena reaparece para chantageá-la com vídeos do incêndio que as duas armaram. Sem saída, ela então passa toda sua fortuna para o nome da vilã.

(Por Samyta Nunes)

Acompanhe também as últimas notícias dos famosos pelo nosso Facebook.
Comentários