'Amor à Vida': Carol Castro será Silvia, advogada de Bruno na luta por Paulinha

Carol Castro entra em 'Amor à Vida' como a advogada de Bruno (Malvino Salvador) para defendê-lo contra Paloma (Paolla Oliveira) na disputa por Paulinha (Klara Castanho). A personagem entra na trama a partir de 5 de julho de 2013
9 fotos
Iniciar o slideshow

Carol Castro está confirmada para integrar o elenco de "Amor à Vida". A atriz entra no capítulo 41, que vai ao ar no dia 5 de julho, na pele de Silvia, a advogada que vai defender Bruno (Malvino Salvador) na disputa pela guarda da filha, depois que Paloma (Paolla Oliveira) acusá-lo de ter roubado Paulinha (Klara Castanho) e avisar que não pretende devolvê-la. O Purepeople traz com exclusividade os detalhes da primeiras cenas da atriz na novela de Walcyr Carrasco. Determinada a ganhar a causa, sua primeira providência será denunciar a pediatra por cárcere privado.

No momento em que Paloma comprova pelo resultado de um exame de DNA que é mãe de Paulinha, todo o amor que sente pelo noivo se transforma em raiva e a relação do casal vai por água abaixo. Para poupar a filha de grandes impactos emocionais, a médica decide não falar nada até as duas passarem pelo transplante de fígado, mas não consegue continuar tratando Bruno da mesma maneira. Quando finalmente o chama para conversar, já recuperada da cirurgia, avisa que descobriu que a menina é sua filha e que vai ficar com ela para sempre.

Diante disso, Bruno tem uma conversa séria com Glauce (Leona Cavalli) e Ordália (Eliane Giardini), que foram suas cúmplices no falso registro de nascimento da criança. A obstetra imediatamente indica uma amiga advogada para ser sua defensora no caso. É aí que Silvia (Carol Castro) entra na trama, e já chega com uma estratégia para ganhar: "Vocês só têm uma saída para não serem presos, você inclusive, Bruno. E também para salvar a carreira da Glauce e o emprego da senhora. Negar tudo". O corretor argumenta, diz que acha melhor dizer a verdade, mas a moça é enfática: "Eu insisto, Bruno. Sou advogada e sei o que devem fazer. Negar".

Segura de si, Silvia já mostra logo que não está para brincadeira e fará o que for preciso para vencer na Justiça, até mesmo questionar a comprovação de maternidade feita por Paloma. "Um teste de DNA feito às ocultas. Sem você saber. Até esse teste nós vamos contestar. Nós vamos exigir que a Paloma devolva a Paulinha", garante. Desacreditado, Bruno questiona se a advogada acha possível recuperar a garota, mas ela não mostra insegurança: "Mais que possível, para mim já é causa ganha".

Pelo jeito, a defensora vai dar muito trabalhoaos integrantes da família Khoury, fazendo com que a guerra seja feia entre os dois lados. E, como a melhor defesa costuma ser o ataque, Silvia pretende começar atacando a médica, que mantém Paulinha em sua casa, sem permitir que Bruno a veja. "A Paloma está com a menina ilegalmente. Eu vou entrar com uma denúncia de cárcere privado. Mas não posso te dar um prazo. A Justiça às vezes não é tão rápida quanto a gente gostaria".

Bruno ainda pensa que o melhor caminho é tentar se entender com Paloma, mas acaba convencido por Silvia. "Eu vou fazer como vocês estão dizendo. Por você, e pela minha mãe, que sempre estiveram do meu lado. Mas, para mim, é um pesadelo disputar a minha filha com a mulher que eu amo!", declara em conversa com Glauce.

(Por Samyta Nunes)

Acompanhe também as últimas notícias dos famosos pelo nosso Facebook.
Veja também
últimas notícias dos famosos
Não perca!
Comentários