Home
últimas
Famosos Brasileiros
Famosos Internacionais
Famosos na praia
Filhos de famosos
Fotos de famosos
Vídeos
Namoro
Instagram dos famosos
Principais notícias
Todos os temas
Novelas
Novela O Sétimo Guardião
Novela Espelho da Vida
Novela Verão 90
Malhação - Vidas Brasileiras
As Aventuras de Poliana
Resumo de novelas
Novela Jesus
Novela Órfãos da Terra
TV
Domingão do Faustão
BBB19
Mais Você
Encontro com Fátima
Caldeirão do Huck
Fantástico
Famosos
Bruna Marquezine
Marina Ruy Barbosa
Sasha
Anitta
Grazi Massafera
Ivete Sangalo
Giovanna Antonelli
Meghan Markle
Chay Suede
Letícia Colin
Camila Queiroz
Sabrina Sato
Michel Teló
Juliana Paes
Beleza & Estilo
Cabelos
Make
Moda
Dieta & Saúde
Beleza & Estética
Verão

'É Fada', com Klara Castanho e Kéfera Buchmann, é vetado para criança: 'Absurdo'

Compartilhe no Facebook
Filme recebeu classificação indicativa de 12 anos por conta de palavrão em trailer

O primeiro filme da youtuber Kéfera Buchmann foi feito para crianças e adolescentes, mas parte do público não poderá ir aos cinemas. O longa metragem, que conta com Klara Castanho em um dos papéis principais, recebeu classificação indicativa de 12 anos. Nele, a vlogueira, sucesso por paródias de vídeos como "Bang", de Anitta, vive Geraldine, uma fada atrapalhada que ajuda Julia (Klara) a se tornar popular na escola.

Veja também

Em um dos trechos do trailer lançado esta semana, a cadelinha de Kéfera, Vilma, aparece falando e a youtuber questiona: "Que porra é esta?". Por conta do palavrão, o longa foi vetado para crianças. "É um absurdo! Esta palavra, inclusive, é dita todo domingo à tarde pelo Faustão", disse Daniel Filho, produtor do filme, ao colunista Ancelmo Gois, do jornal "O Globo". Dirigido por Cris D'Amato, o filme tem história inspirada no livro "Uma Fada Veio me Visitar", de Thalita Rebouças, e previsão de estreia para o dia 6 de outubro.

Kéfera já sofreu censura por paródia de Rihanna na internet

Em abril desTe ano, a youtuber também teve um de seus vídeos censurados. Elogiada por seus seguidores por parodiar o hit "Work", de Rihanna, Kéfera teve o clipe retirado do ar poucos dias após o lançamento. A alegação da Warner era a de que a música violava direitos autorais. "A paródia saiu do YouTube mas tá bombando no Facebook. Feliz que vocês gostaram!", vibrou ela no Twitter.

A paulista ainda usou as redes sociais para se defender. "Reivindicaram direitos autorais, sendo que paródia é uma coisa liberada no Brasil e eu não monetizei o vídeo no Youtube justamente por não ser uma música de minha criação. Uma pena uma atitude injusta dessas", lamentou.

(Por Caroline Moliari)

Acompanhe também as últimas notícias dos famosos pelo nosso Facebook.