Home
últimas
Famosos Brasileiros
Famosos Internacionais
Famosos na praia
Filhos de famosos
Fotos de famosos
Vídeos
Namoro
Instagram dos famosos
Principais notícias
Todos os temas
Novelas
Novela Segundo Sol
Novela O Tempo Não Para
Novela Espelho da Vida
Malhação - Vidas Brasileiras
As Aventuras de Poliana
Novela Jesus
Novela O Sétimo Guardião
Resumo de novelas
TV
Domingão do Faustão
Mais Você
Encontro com Fátima
Caldeirão do Huck
Fantástico
Cinema
Tapete vermelho
Estreias
Oscar
Cannes
Festival do Rio
Angelina Jolie
Jennifer Aniston
Brad Pitt
Tom Cruise
Leonardo Dicaprio
Famosos
Bruna Marquezine
Marina Ruy Barbosa
Sasha
Anitta
Grazi Massafera
Ivete Sangalo
Giovanna Antonelli
Meghan Markle
Chay Suede
Letícia Colin
Camila Queiroz
Sabrina Sato
Michel Teló
Juliana Paes
Cabelos
Make
Moda
Dieta & Saúde
Beleza & Estética

Do lixo ao luxo: Sophia Amoruso roubou na rua até virar dona de marca milionária

Compartilhe no Facebook
Conheça a história da jovem que chegou a catar lixo e criou a Nasty Gal, grife que começou no eBay e faturou US$ 100 milhões em 2012

"A vida não é sobre encontrar-se. A vida é sobre a criação". A frase do escritor George Bernard Shaw é uma das favoritas da americana Sophia Amoruso e explica bem a sua trajetória até os dias de hoje. A jovem é a dona da marca de roupas femininas Nasty Gal (algo como 'garota indecente' em tradução livre). Em 2006, então com 22 anos, Sophia abandonou os estudos e a casa dos pais, começou a rodar os Estados Unidos de carona, revirando lixo nas ruas e furtando lojas. Um dia, ela decidiu explorar seu interesse por moda vintage e abriu um brechó virtual no eBay. Nascia então a Nasty Gal, que já conta com duas lojas físicas em Los Angeles, mais de 300 funcionários e vendeu US$ 100 milhões em 2012.

"Aprendi na marra que roubar e não trabalhar duro não é uma boa maneira de viver. Foi o que deu o pontapé inicial, mas de uma forma mal direcionada. Não me orgulho do que fiz, mas foi importante para a minha formação. Quebrei um monte de regras, mas também cresci e transformei em experiências positivas", diz ela, que explica ainda como passou de uma sem-lar para uma CEO de sucesso: "O caminho é sempre acreditar no seu potencial e na oportunidade de fazer algo grande em sua vida. Imaginação existe em todos nós, basta criar coragem e sonhar alto".

A história de Sophia – que, pelo sucesso repentino, lembra o caso do jovem que virou modelo ao ser descoberto em um Mc Donald's - foi lançada no final de junho deste ano no Brasil através do livro #GirlBoss, da editora Seoman: um misto de autoajuda e guia de negócios. "Sucesso é um conceito assustador, porque ele tem fim. Acho que somos todos capazes de criar sucessos em nossas vidas todos os dias. Se algo não der certo e você aprender com o erro, você ainda foi bem sucedido", acredita ela.

A Nasty Gal tem mais um de 1 milhão de seguidores no Facebook e mais de 600 mil no Instagram, fazendo das redes sociais sua maior aliada. "A empresa hoje atrai mais de sete milhões de visitas ao mês. A comunicação é uma ferramenta importante e temos abraçado todas as oportunidades de plataformas inovadoras. A presença de Nasty Gal é muito forte em mídias sociais e realmente olho para os nossos seguidores para entender o que eles querem e até os convido a tomar decisões", diz Amoruso, que recentemente comprou um Porshe - pagando à vista - e reformou a casa de seus sonhos.

(Por Mariana Mastrangelo)

Acompanhe também as últimas notícias dos famosos pelo nosso Facebook.