Filhas do diretor Marcos Paulo, morto no dia 11, pedem bloqueio de seus bens

Mariana Sochaczewski Simões Tristão, filha de Marcos Paulo com Renata Sorrah, e Flávia Alessandra, representando a menor Giulia (fruto de sua relação com o diretor) entraram com uma ação na 1ª Vara Cível da Barra da Tijuca, pedindo o bloqueio de todas as contas de Marcos Paulo, assim como seu apartamento no condomínio Golden Green - também na Barra -, para que terceiros não tenham acesso. Ele morreu no último dia 11, vítima de uma embolia pulmonar.

Segundo a revista "Quem", elas deram entrada na ação três dias após a morte do diretor de núcleo da TV Globo - que também é pai da empresária Vanessa, de seu casamento com a modelo italiana Tina Serina.

A justiça determinou que devem ser trocadas as chaves das portas do apartamento, sendo que a entrada fica liberada apenas para as três filhas com o propósito de manutenção do imóvel.

De acordo com o colunista Leo Dias, do jornal "O Dia", Mariana e Giulia pediram à justiça uma cópia do testamento contendo o que cada pessoa da família vai ter direito na herança deixada por Marcos Paulo. Ele também publicou que Flávia Alessandra teria dito a amigos que a atriz Antonia Fontenelle - mulher do diretor durante os últimos seis anos - não tem direito a nada porque não viveu sob o mesmo teto que ele, e nem dependia dele para se manter.

Nesta terça-feira (27), após fazer uma declaração polêmica no Twitter, a atriz de "Balacobaco", da TV Record, enviou um comunicado à imprensa explicando a situação que está passando após a morte do diretor, exigindo respeito das partes envolvidas. Antonia continua morando em sua própria residência, na Barra da Tijuca.

Acompanhe também as últimas notícias dos famosos pelo nosso Facebook.
À voir aussi
Recommandé par
últimas notícias dos famosos
Comentários