Naldo lota casa de shows e cachê do cantor aumenta de R$ 50 mil para R$ 120 mil

A carreira de Naldo se consolidou ainda mais no ano de 2012 e fez com que o cantor funk ganhasse status de artista pop. O colunista Leo Dias, do jornal carioca "O Dia", divulgou nesta segunda-feira (14) que o cachê do músico subiu de R$ 50 mil para R$ 120 mil por apresentação, valor superior ao cobrado por cantores como Belo e Latino, segundo a nota.

O fato é que Naldo conquistou muitas fãs com sucessos que ocupam o lugar das canções mais pedidas nas rádios, entre eles, "Amor de Chocolate" e "Exagerado". Vale lembrar que o artista também gravou a música "Meu Corpo Quer Você" com Preta Gil. Além disso, fez uma participação especial no DVD da cantora Wanessa, gravado em novembro.

Outra prova do sucesso é que no último sábado (12), Naldo se apresentou no Citibank Hall, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio, e lotou a casa de shows. Procurada pelo colunista Leo Dias para comentar o aumento do cachê, a assessoria explicou que esse tipo de valorização é comum no mundo das celebridades. "É natural que tenha ocorrido um aumento no valor do cachê devido ao sucesso alcançado pelo artista no momento".

Ele acaba de montar um escritório próprio e também trabalha em parceria com a Audio Mix, responsavel pela carreira de Jorge e Mateus, Gusttavo Lima, entre outros.

Na visão da empresária do artista, Kamila Fialho, é importante que ele continue crescendo como fenômeno do pop, já que, segundo ela, a música de Naldo vai além do funk ou a de um MC. A assessoria do artista confirmou este desejo, mas ressaltou que não há a intenção de negar a origem da carreira, que começou com a dupla Naldo & Lula, formada com seu irmão. "Naldo nunca negou suas raízes. O fato de alguns veículos, principalmente as rádios jovens, considerarem que o som do Naldo transcende o funk e atinge o pop é visto por ele com naturalidade".
Acompanhe também as últimas notícias dos famosos pelo nosso Facebook.
Veja também
últimas notícias dos famosos
Não perca!
Comentários