Home
últimas
Famosos Brasileiros
Famosos Internacionais
Famosos na praia
Filhos de famosos
Fotos de famosos
Vídeos
Namoro
Instagram dos famosos
Principais notícias
Todos os temas
Novelas
Novela O Sétimo Guardião
Novela O Tempo Não Para
Novela Espelho da Vida
Malhação - Vidas Brasileiras
As Aventuras de Poliana
Resumo de novelas
Novela Jesus
Novela Verão 90
Novela Órfãos da Terra
TV
Domingão do Faustão
Mais Você
Encontro com Fátima
Caldeirão do Huck
Fantástico
Cinema
Tapete vermelho
Estreias
Oscar
Cannes
Festival do Rio
Angelina Jolie
Jennifer Aniston
Brad Pitt
Tom Cruise
Leonardo Dicaprio
Famosos
Bruna Marquezine
Marina Ruy Barbosa
Sasha
Anitta
Grazi Massafera
Ivete Sangalo
Giovanna Antonelli
Meghan Markle
Chay Suede
Letícia Colin
Camila Queiroz
Sabrina Sato
Michel Teló
Juliana Paes
Cabelos
Make
Moda
Dieta & Saúde
Beleza & Estética

Rafa Brites valoriza feminismo na educação do filho, Rocco: 'Mãe empoderada'

'De nada adianta me dizer empoderada se não faço nada que colabora para outras mulheres', reflete a jornalista em conversa com o Purepeople

No Dia da Mulher, é importante não só refletir sobre questões atuais sobre a igualdade de gênero, mas também projetar o futuro do tema. Em conversa com o Purepeople, Rafa Brites dá sua opinião sobre feminismo, maternidade e empoderamento. Mãe de Rocco, cujo primeiro aniversário foi comemorado com o tema bloco de Carnaval, a jornalista destaca a importância de vivenciar o que deseja passar para o pequeno. "A melhor forma de ensinar é pelo exemplo. Rocco crescerá numa casa onde será cuidado e educado pelo pai e pela mãe, ambos têm o mesmo papel, ambos trabalham e colaboram no orçamento, ambos têm voz nas decisões familiares. Se nós vivermos essa realidade em nossas casas certamente essa geração será mais esclarecida", pondera a repórter do "Vídeo Show", valorizando o feminismo na criação do herdeiro tal como Angelina Jolie faz com os seus.

'Ellen DeGeneres e Ana Maria Braga', lista Rafa sobre inspirações

Nas redes sociais, Rafa tem um diálogo franco com as seguidoras por mostrar o lado real da vida de mãe e mulher. "Fui convidada para ser colunista da revista 'Crescer' por ter essa característica. Já aconteceu de mulheres me contarem seus partos em shows de rock, no desfile de Carnaval. Eu me divirto. Faço questão de escrever sobre todos os assuntos. A vida da mulher é muito rica e vai além da maternidade", afirma a global, que cita a ex-chefe e comandante do "Mais Você" como inspiração: "Sou fã da Ellen DeGeneres e da Ana Maria Braga. Mulheres donas de si e com voz ativa".

Artista lembra infância com irmãs: 'Estimuladas a sempre nos posicionarmos'

Casada há seis anos com Felipe Andreoli, a jornalista explica ainda que o fato de o marido ter crescido com um exemplo de mulher forte em casa contribuiu. "Em minha família, nós somos 3 filhas. Fomos criadas pelos meus pais tendo sempre a autoestima alta, estimuladas a sempre nos posicionarmos diante de qualquer injustiça. Ele criado por uma mãe empoderada e batalhadora então acho que nunca precisei ter essa conversa com o Felipe, essa igualdade é natural", afirma.

Rafa define machismo: 'Ignorância'

O Purepeople também convidou Rafa para comentar palavras cada vez mais presentes no cotidiano diante da evidência pela igualdade de gêneros. Para ela, feminismo é definido como "simplesmente a igualdade de direitos". "Eu sou feminista e nunca me calarei diante de situações que nos tentem reduzir", assegura a apresentadora, queaprendeu a lidar com as transformações trazidas pela gravidez ao corpo. Já sobre machismo, ela é categórica: "Ignorância". Questionada sobre o sentido de empoderar, ela faz um alerta. "Significa dar poder, de nada adianta eu me dizer empoderada se não faço nada que colabora para outras mulheres em situações mais vulneráveis terem ferramentas para o mesmo", opina Rafa, destacando o valor da sororidade: "O ser humano é o único animal que pode aprender sem exatamente vivenciar. Usar a fantástica imaginação que Deus nos deu e nos colocarmos no lugar do outro deveria ser obrigatório a todos". E o termo misoginia também gera uma reflexão da artista: "Onde há androcentrismo há misoginia. Onde há mulheres com medo de dar sua opinião em uma reunião já misoginia. O Brasil é um país misógino".

(Por Marilise Gomes)

Acompanhe também as últimas notícias dos famosos pelo nosso Facebook.