Home
últimas
Famosos Brasileiros
Famosos Internacionais
Famosos na praia
Filhos de famosos
Fotos de famosos
Vídeos
Namoro
Instagram dos famosos
Principais notícias
Todos os temas
Novelas
Novela Segundo Sol
Novela Deus Salve o Rei
Novela Orgulho e Paixão
Malhação - Vidas Brasileiras
Série 'Onde Nascem os Fortes'
Novela Carinha de Anjo
Novela Apocalipse
Novela O Sétimo Guardião
Resumo de novelas
TV
BBB18
Domingão do Faustão
Mais Você
Encontro com Fátima
Caldeirão do Huck
Fantástico
Cinema
Tapete vermelho
Estreias
Oscar
Cannes
Festival do Rio
Angelina Jolie
Jennifer Aniston
Brad Pitt
Tom Cruise
Leonardo Dicaprio
Famosos
Bruna Marquezine
Grazi Massafera
Marina Ruy Barbosa
Anitta
Bruno Gagliasso
Ivete Sangalo
Pabllo Vittar
Giovanna Antonelli
Camila Queiroz
Alinne Moraes
Sabrina Sato
Caio Castro
Paolla Oliveira
Juliana Paes
Cabelos
Make
Moda
Dieta & Saúde
Beleza & Estética

Rescisão de contrato entre Paula Fernandes e empresa de Leonardo para na justiça

Paula Fernandes junto à foto de divulgação do cd "Meus encantos". Por decisão liminar na justiça, poderá, de modo independente à produtora Talismã, marcar os seus shows e participar de campanhas publicitárias.
2 fotos
Iniciar o slideshow
Paula Fernandes junto à foto de divulgação do cd "Meus encantos". Por decisão liminar na justiça, poderá, de modo independente à produtora Talismã, marcar os seus shows e participar de campanhas publicitárias.
Paula Fernandes e a empresa Talismã do cantor Leonardo não se entendem a respeito da rescisão de contrato e a decisão vai parar na justiça. A empresa tem sido responsável pelo gerenciamento da carreira da cantora desde de 2008 e, ultimamente, segundo o advogado, José de Araujo Novaes Neto, não tem cumprido com os compromissos. O advogado afirma que a artista sertaneja não tem recebido a agenda e sequer tem informações sobre os próximos shows a partir de setembro. Novaes Neto ainda acrescenta que tal situação está fazendo com que a cantora, que vendeu mais de 1 milhão e 700 mil cópias de cds em 2011, perca as suas apresentações.

A decisão liminar da justiça foi favorável à Paula Fernandes, mas ainda pode ser revertida. Desse modo, a bela cantora está autorizada a marcar os próprios shows e a escolher as campanhas publicitárias em que quer participar. Contudo, até a decisão final da justiça, deverá depositar em juízo 30% do valor de cada apresentação e 20% de cada comercial, em virtude do contrato com a produtora vencer só em 11 de novembro. A produtora Talismã, no entanto, afirma não ter recebido qualquer notificação.
Acompanhe também as últimas notícias dos famosos pelo nosso Facebook.