Home
últimas
Famosos Brasileiros
Famosos Internacionais
Carnaval
Famosos na praia
Filhos de famosos
Fotos de famosos
Instagram dos famosos
Principais notícias
Namoro
Todos os temas
Novelas
Novela A Força do Querer
Novela Pega Pega
Novela O Rico e Lázaro
Novela Carinha de Anjo
Novela Novo Mundo
Malhação - Viva a Diferença
Série Os Dias Eram Assim
Novela Belaventura
Novela O Sétimo Guardião
Minissérie 13 Dias Longe do Sol
Série Filhos da Pátria
Resumo de novelas
TV
BBB17
Domingão do Faustão
Mais Você
MasterChef Brasil
Fantástico
Encontro com Fátima
Caldeirão do Huck
Beleza & Estilo
Look dos famosos
Boa forma
Bem-estar
Cabelo
Quem vestiu melhor?
Cinema
Tapete vermelho
Estreias
Oscar
Cannes
Festival do Rio
Angelina Jolie
Jennifer Aniston
Brad Pitt
Tom Cruise
Leonardo Dicaprio
Famosos
Bruna Marquezine
Grazi Massafera
Marina Ruy Barbosa
Anitta
Bruno Gagliasso
Ivete Sangalo
Lucas Lucco
Giovanna Antonelli
Camila Queiroz
Alinne Moraes
Sabrina Sato
Caio Castro
Paolla Oliveira
Juliana Paes
Vídeos

Rita Guedes, de 'Flor do Caribe', fala pela primeira vez sobre morte do namorado

Rita Guedes, a intérprete de Doralice na novelas das seis "Flor do Caribe", falou pela primeira vez sobre a morte do namorado, o empresário George Mundin, aos 38 anos, em 2009. Em entrevista à revista Quem, publicada nesta quinta-feira (18), a atriz também contou sobre os desafios de interpretar uma personagem sem o apelo sensual dos outros papéis.

Restabelecida do trauma, a artista voltou à rotina de trabalho, e neste ano está vivendo uma novidade na profissão: "É a personagem mais desafiadora da minha carreira. Em 20 anos de Globo, é a primeira vez que faço algo totalmente diferente, é uma desconstrução do que o público está acostumado a ver. Estou apaixonada. Tenho cuidado com o figurino, fecho os decotes para não ter nada que chame a atenção fisicamente".

Questionada sobre qual seria a razão para este estereótipo, Rita declarou: Não sei. Uma personagem minha que ficou muito marcada e fez sucesso foi a Paula, de Irmãos Coragem, que era bem danada (risos). Mas não me acho sensual. Quem não me conhece acha que sou devoradora de homens, mas sou supertranquila".

A respeito de se definir como solteira e feliz, a atriz confirma: "Sim, porque, na verdade, passei por um momento muito difícil quando morei nos Estados Unidos. Me relacionava com um cara que conheci em 1992 (o empresário George Mundin). Namoramos três anos, nos separamos, rolaram desencontros, mas éramos almas gêmeas. Em 2007, nos reencontramos e decidimos nos casar. Mas, em 2009, ele morreu".

"Ele era diabético e fez um regime à base de proteínas que sobrecarregou os rins. Ficou internado e fez hemodiálise durante três meses, mas o problema se agravou. Ele ficou um mês em coma e eu fiquei louca, sem saber o que fazer. Como ele não podia receber muitas visitas, não voltei ao Brasil. Quando a mãe dele ia vê-lo, eu ligava e ela colocava o telefone perto. Eu cantava músicas do Roberto Carlos, e ela contava que escorriam lágrimas dos olhos dele, o coração disparava. Era o único estímulo que ele tinha", relatou Rita emocionada.

Quando viveu este momento tão difícil em sua vida, Rita ficou sem perspectivas, mas conta que conseguiu se recuperar: "Minha vida acabou. Acabou meu sonho de casamento, de ser mãe. Achei que não conseguiria dar a volta por cima nem para trabalhar. Mas, graças a Deus, isso tudo passou".

Em seguida, a artista explicou o motivo de não terem conseguido ficar juntos: "Sempre tive espírito independente e coloquei minha carreira em primeiro lugar, algo que não faço mais. O tempo foi passando e nunca achei que ele fosse sair da minha vida. A gente acha que as coisas podem esperar, só que nem sempre é assim".

Ela também falou sobre a possibilidade de ser mãe usando o sêmen do ex-namorado: "Antes de ele ficar internado, colheu o sêmen. Como era diabético, existe um tratamento para que a criança não corra o risco de nascer com a doença. E até hoje o sêmen está guardado. A família dele queria que eu engravidasse, mas depois pensei e achei que não seria uma boa. Não tenho mais pressa; se eu engravidar, ótimo, se não, posso adotar uma criança ".

Perguntada se teve crise dos 40, a atriz de 41 anos respondeu: "Ainda não. Mas, por exemplo, tinha mais bumbum, mais perna, era mais cheinha, encorpada. Não acho ruim, e sei que vai ter uma hora que não vou gostar. Tenho medo de fazer intervenções estéticas. Espero que no futuro existam métodos menos invasivos".

"Com o passar dos anos, a mulher vai deixando de ter aquela beleza plástica, mas fica muito mais interessante, charmosa, segura. Não quero ficar mais nova, quero ficar bem. Prefiro morrer velha do que nova. Gosto de viver e, para viver, tem que envelhecer", declara Rita Guedes.
Acompanhe também as últimas notícias dos famosos pelo nosso Facebook.