Home
últimas
Famosos Brasileiros
Famosos Internacionais
Famosos na praia
Filhos de famosos
Fotos de famosos
Instagram dos famosos
Aniversário dos famosos
Principais notícias
Namoro
Todos os temas
Novelas
Novela Velho Chico
Novela Haja Coração
Novela Êta Mundo Bom!
Novela Sol Nascente
Minissérie Justiça
Malhação - Pro Dia Nascer Feliz
Escrava Mãe
Novela Cúmplices de um Resgate
Novela A Lei do Amor
Novela À Flor da Pele
Resumo de novelas
TV
Tamanho Família
Domingão do Faustão
Mais Você
Fantástico
Encontro com Fátima
Programa Xuxa Meneghel
Caldeirão do Huck
Beleza & Estilo
Look dos famosos
Boa forma
Bem-estar
Cabelo
Quem vestiu melhor?
Cinema
Tapete vermelho
Estreias
Oscar
Cannes
Festival do Rio
Angelina Jolie
Jennifer Aniston
Brad Pitt
Tom Cruise
Leonardo Dicaprio
Famosos
Grazi Massafera
Bruna Marquezine
Lucas Lucco
Camila Queiroz
Giovanna Antonelli
Alexandre Nero
Marina Ruy Barbosa
Paolla Oliveira
Ivete Sangalo
Caio Castro
Anitta
Juliana Paes
Thiaguinho
Sabrina Sato
Vídeos

Tatá Werneck apresenta a verdadeira 'mãezoca': 'Comigo ela aprendeu a ser mãe'

Tatá Werneck dá vida à periguete Valdirene na novela das nove "Amor à Vida", em seu primeiro papel na TV Globo. Usufruindo do sucesso de sua personagem, filha da ex-chacrete Márcia (Elizabeth Savalla) - quem chama de "mãezoca" - e louca para conseguir um marido rico ou dar o golpe da barriga em algum famoso, Tatá apresentou sua mãezoca de verdade para a colunista Patricia Kogut, do jornal "O Globo".

Claudia Werneck não tem nada a ver com Márcia. Fundadora da ONG Escola de Gente, que atua em 17 países, e autora de 14 livros sobre inclusão social e direitos humanos, ela se mostra orgulhosa com o sucesso da filha na trama de Walcyr Carrasco: "Me lembro do dia em que tomávamos café na cozinha e ela, com 4 ou 5 anos, me disse que queria ser atriz. Estou muito feliz com a sua conquista".

Sem o escândalo que a ex-chacrete faz em todas suas conversas, Claudia tem voz baixa e calma, e lembra que não foi fácil lidar com a rebeldia e extrema criatividade da filha. "Tatá sempre fugiu aos padrões", afirma a mãezoca da atriz, que chegou a ser expulsa de dois colégios. Tatá confirma o que diz sua mãe, dando como exemplo o irmão, Diego Arguelhes, advogado.

"Meu irmão veio pronto, foi só dar o 'play'. Eu aprontava muito, vivia de castigo. Foi comigo que ela aprendeu a ser mãe", confessa a atriz, que fundou em 2003 um projeto que até hoje é tocado pela ONG da mãe: um grupo de teatro inclusivo, com legenda eletrônica, intérprete de Libras e programas em braile.

Tatá finaliza a entrevista agradecendo todo o incentivo que teve da mãe, que morre de orgulho sempre que liga para a filha e ela fala que não pode conversar porque está gravando: "Minha mãe sempre trabalhou muito e, desde cedo, me incentivou a fazer aquilo que eu gostava. Ainda bem".

Acompanhe também as últimas notícias dos famosos pelo nosso Facebook.
Comentários