Home
últimas
Famosos Brasileiros
Famosos Internacionais
Carnaval
Famosos na praia
Filhos de famosos
Fotos de famosos
Instagram dos famosos
Principais notícias
Namoro
Todos os temas
Novelas
Novela A Lei do Amor
Novela Rock Story
Novela Novo Mundo
Malhação
Novela O Rico e Lázaro
Novela Carinha de Anjo
Novela A Força do Querer
Novela Pega Ladrão
Novela os Dias Eram Assim
Minissérie 13 Dias Longe do Sol
Série Filhos da Pátria
Resumo de novelas
TV
BBB17
Domingão do Faustão
Mais Você
MasterChef Brasil
Fantástico
Encontro com Fátima
Caldeirão do Huck
Beleza & Estilo
Look dos famosos
Boa forma
Bem-estar
Cabelo
Quem vestiu melhor?
Cinema
Tapete vermelho
Estreias
Oscar
Cannes
Festival do Rio
Angelina Jolie
Jennifer Aniston
Brad Pitt
Tom Cruise
Leonardo Dicaprio
Famosos
Bruna Marquezine
Grazi Massafera
Marina Ruy Barbosa
Anitta
Bruno Gagliasso
Ivete Sangalo
Lucas Lucco
Giovanna Antonelli
Camila Queiroz
Alinne Moraes
Sabrina Sato
Caio Castro
Paolla Oliveira
Juliana Paes
Vídeos

Tony Ramos não descarta romper contrato com a Friboi: 'Tenho esse direito'

Compartilhe no Facebook
Ator é garoto-propaganda do frigorífico investigado pela Polícia Federal

Tony Ramos se pronunciou a respeito da Operação Carne Fraca da Polícia Federal que investiga 40 empresas como a JBS, dona da marca Friboi, da qual é garoto-propaganda. Os frigoríficos são acusados de venderem carne fora do prazo de validade e com substâncias cancerígenas. O ator afirmou que pode romper com a empresa o vínculo estimado em R$ 5 milhões. "Se alguma coisa desabone essa relação, eu tenho direito de interromper o contrato", contou. A operação da PF envolveu ainda a Seara e fez Fátima Bernardes desistir de ser a garota-propaganda.

'Não tenho nenhuma vergonha', diz Tony sobre propagandas da Friboi

O vínculo de Tony com a Friboi começou em 2014 e tem mais um ano de duração. Em entrevista ao "Jornal da Manhã", da rádio Jovem Pan, nesta segunda-feira (20), o protagonista da série "Vade Retro" explicou como é a sua relação com o frigorífico, que tentou, sem sucesso, ter Silvio Santos à frente de seus comerciais. "A minha participação na Friboi, da qual não tenho nenhuma vergonha, se dá há três anos. Fui fazer pesquisas e saber da idoneidade da empresa. Por ser uma pessoa em que as pessoas têm confiança, fui convidado a fazer um comunicado de que nem toda carne é dessa maneira (vendida de forma ilegal)", apontou.

'Não precisaria de propaganda para sobreviver', apontou Tony

Em outro momento da entrevista, o substituto de Roberto Carlos na campanha publicitária do frigorífico defendeu a ação da PF. "Vamos aguardar a manifestação de Ministério Público. Tudo comprovado, está tudo certo, foi pontual? Poderei vir a público, sim, esclarecer. Se alguma coisa desabone essa relação, eu tenho direito de interromper o contrato. Eu preciso contratualmente dar esse tempo. Vou dar um tempo legal", frisou. O ator lembrou também que outros artistas já fizeram anúncios para marcas que acabaram envolvidas em outras polêmicas. "Evidente que eu recebi (dinheiro pelos anúncios). Eu não sou hipócrita, sou um profissional da comunicação. Quantos companheiros já não anunciaram prédios de construtoras que faliram, coitados. Eles não tinham culpa. É uma relação muito delicada essa da propaganda. Eu não precisaria de fazer propaganda para sobreviver, graças ao bom Deus", assegurou Tony, que chegou a defender Roberto Carlos de críticas sofridas ao protagonizar anúncios da Friboi.

(Por Guilherme Guidorizzi)

Acompanhe também as últimas notícias dos famosos pelo nosso Facebook.