Home
últimas
Famosos Brasileiros
Famosos Internacionais
Famosos na praia
Filhos de famosos
Fotos de famosos
Vídeos
Namoro
Instagram dos famosos
Principais notícias
Todos os temas
Novelas
Novela Segundo Sol
Novela O Tempo Não Para
Novela Orgulho e Paixão
Malhação - Vidas Brasileiras
As Aventuras de Poliana
Novela Jesus
Série Lia
Novela O Sétimo Guardião
Resumo de novelas
TV
Domingão do Faustão
Mais Você
Encontro com Fátima
Caldeirão do Huck
Fantástico
Cinema
Tapete vermelho
Estreias
Oscar
Cannes
Festival do Rio
Angelina Jolie
Jennifer Aniston
Brad Pitt
Tom Cruise
Leonardo Dicaprio
Famosos
Bruna Marquezine
Marina Ruy Barbosa
Sasha
Anitta
Grazi Massafera
Ivete Sangalo
Giovanna Antonelli
Meghan Markle
Chay Suede
Letícia Colin
Camila Queiroz
Sabrina Sato
Michel Teló
Juliana Paes
Cabelos
Make
Moda
Dieta & Saúde
Beleza & Estética

5 motivos para fazer transição capilar: da aceitação à descoberta dos cachos

Compartilhe no Facebook
Deixar o cabelo liso com química para trás e assumir os cachos é muito mais do que tendência: é sinal de empoderamento e aceitação! Só que as fases da transição capilar nem sempre são flores, e é normal lidar com raiz alta e ondulada, frizz e pontas lisas. Para não deixar a peteca cair durante o processo e incentivar quem pretende ter os cachos de volta, entrevistamos a gerente de produtos da linha Tô de Cacho, da Salon Line

Várias mulheres, youtubers e até famosas como Kéfera e Ludmilla resolveram assumir o cabelo natural. A funkeira, inclusive, mostrou os fios bem curtos e cacheados em seu Instagram, sinal de que a transição capilar também tem seus pontos positivos! É que o processo nem sempre é fácil e rápido: é preciso lidar com a textura meio lisa, meia cacheada, precisa aprender técnicas de finalização, como a fitagem, fazer o big chop em algum momento e, claro, descobrir os produtos que funcionam melhor em cada fase do cabelo "novo". Durante a Beauty Fair, a maior feira de beleza das Américas, que aconteceu em São Paulo, a gerente de produtos da linha Tô de Cacho, da Salon Line, Emiliana Conceição, contou ao Purepeople 5 motivos para apostar no processo de volta aos cachos. "Percebemos que muitas das garotas que contam as experiências delas com a transição falam sobre uma mudança mais interna". Confira!

1 – Transformação interna

Para Emiliana Conceição, a transformação durante a transição capilar vai muito além do formato do fio de cabelo. "A transição não é do cabelo, ela começa dentro da pessoa e se reflete no cabelo. É uma aceitação interna. A aceitação e o empoderamento da mulher mudou. Essa descoberta é parte da descoberta dela", conta a profissional.

2 – Aceitação: 'Importante ter segurança'

Aceitar o novo cabelo, que pode ser um black power volumoso depois do big chop ou cachos bem desconectados, para a profissional, também é evitar levar em conta a opinião de quem está de fora dessa fase. "É o processo interno de libertação, de empoderamento, de aceitar o cabelo como uma coisa final. As pessoas vão te julgar muitas vezes por aquele cabelo, mas é importante ter uma segurança, ter uma personalidade forte em falar: 'Não! Sou feliz assim. Me libertei e quero aceitar esse novo cabelo'".

3 – Ser livre! 'Liberdade corporal'

Muita gente começa a transição capilar pela vontade de deixar a chapinha e o secador de lado, além dos retoques das escovas de alisamento. Um dos motivos é que, depois da transição, essas técnicas não farão mais parte da rotina capilar, e finalizadores e linhas específicas para cachos entrarão nos cuidados. "Muitas pessoas que têm alisamento ficam presas a algumas regras. Tem menina que quando vai à praia não entra no mar porque o cabelo vai cachear e molhado vai ficar diferente. Passar pela transição é uma liberdade corporal. A pessoa não fica mais refém da chapinha, do secador, do alisamento".

4 - Descobrir o próprio cabelo

Para quem alisa ou faz relaxamento no cabelo há anos, desde criança, talvez nem saiba o real formato dos cachos. E descobri-los, claro, é um dos maiores motivos para apostar na transição. "Muitas delas vieram desde pequenas com a mãe alisando o cabelo por preguiça de pentear ou de cuidar como deve ser cuidado. Muitas meninas não têm ideia de como é a curvatura do cacho delas, às vezes nem conhecem o próprio cabelo. É uma descoberta".

5 – Deixar a vergonha de lado

Um dos motivos que podem te fazer apostar na transição capilar é deixar de ter vergonha do cabelo, afinal, o processo amadurece e empodera! "Acontece bastante das pessoas que convivem com alguém que está passando por transição capilar falar: 'Você era melhor com cabelo alisado'. Isso não é coisa que se diz a ninguém, e dizem. As meninas passam muito por isso. Na fase do big chop, que elas cortam o cabelo curtinho, é bem pesado também".

(Apuração de Patrick Monteiro e texto de Beatriz Doblas)

Acompanhe também as últimas notícias dos famosos pelo nosso Facebook.