Home
Últimas
Famosos Brasileiros
Famosos Internacionais
Famosos na praia
Filhos de famosos
Fotos de famosos
Vídeos
Últimos Web Stories
Sertanejo
Namoro
Instagram dos famosos
Principais notícias
Todos os temas
Novelas
Novela Império
Novela Gênesis
Novela A Vida da Gente
Novela Pega Pega
Novela Nos Tempos do Imperador
Novela A Viagem
Resumo de novelas
TV
Power Couple
Ilha Record
Domingão do Faustão
Caldeirão do Huck
Mais Você
Encontro com Fátima
Fantástico
Cinema
Tapete vermelho
Estreias
Oscar
Cannes
Streaming
Festival do Rio
Angelina Jolie
Jennifer Aniston
Brad Pitt
Tom Cruise
Famosos
Bruna Marquezine
Marina Ruy Barbosa
Sasha
Anitta
Grazi Massafera
Ivete Sangalo
Kate Middleton
Meghan Markle
Marilia Mendonça
Gusttavo Lima
Andressa Suita
Sabrina Sato
Larissa Manoela
Juliette
Casamento
Noivas
Looks para casamento
Make para casamento
Penteados para casamento
Beleza & Estilo
Cabelos
Maquiagem
Cuidados com a pele
Moda
Primavera/Verão
Outono/Inverno
Beleza & Estética
Saúde e Bem-estar
Beleza Madura
Dieta

'Deus Salve o Rei': Catarina responsabiliza Rodolfo por atentado contra Augusto

A princesa de Artena lembrará de ameaça feita pelo rei de Montemor contra seu pai e o acusará de ter ordenado o ataque

Depois que uma flecha atingiu o peito do rei Augusto (Marco Nanini), Catarina (Bruna Marquezine) falará que Rodolfo (Johnny Massaro) foi o mandante do atentado em reunião da cúpula nos próximos capítulos da novela "Deus Salve o Rei". A princesa de Artena, que se relacionará com o irmão de Afonso (Romulo Estrela), descobrirá que a arma do crime é do exército de Montemor e cortará o fornecimento de água do reino como punição. As informações são do colunista Daniel Castro do site "Notícias da TV" e irá ao ar no dia 3.

Rodolfo ameaça Augusto

Rodolfo pedirá a aprovação de todos os monarcas de Cália para inundar a aldeia dos Eranitas com a intenção de favorecer o reino de Montemor no abastecimento de água, mas contará com a oposição de Augusto. Além de ficar contra a proposta, o rei de Artena convencerá os soberanos de Cália a não aceitarem o projeto e será ameaçado pelo rei de Montemor na frente de todos.

Rodolfo se torna suspeito. 'De onde tirou a coragem?'

A princesa aproveitará a ameaça de Rodolfo para colocá-lo como principal suspeito da tentativa de assassinato de seu pai e o acusará na frente de todos durante uma reunião da cúpula. "De onde tirou a coragem, que nunca antes ninguém viu, para mandar matar meu pai?", questionará Catarina. "Mas que tipo de brincadeira é esta?! Por que razão eu desejaria a morte do rei?", retrucará Rodolfo, que se reconciliará com Lucrécia (Tatá Werneck). "Porque foi ele que arruinou seus planos de inundar a aldeia dos Eranitas para resolver os problemas de água de Montemor! Todos os soberanos aqui presentes ouviram suas ameaças a meu pai. Vai negá-las agora?", apontará a filha de Augusto. Surpreso com a reação da princesa, o rei de Montemor não conseguirá responder e se defender das acusações.

Catarina descobre que a arma do crime é do exército de Montemor. 'Acredita em mim agora?'

A princesa ficará responsável por tomar todas as decisões do reino e aproveitará para prejudicar Montemor de todas as maneiras. Depois de ser afrontada por Afonso, Catarina irá demitir o comandante do exército de Artena ao achar que ele não conseguiu oferecer a segurança necessária para o rei e mandará todos os soldados procurarem qualquer evidência que levasse ao assassino. Demétrio (Tarcísio Filho) entregará a flecha que atingiu o peito de Augusto e contará para Catarina que pertence ao exército de Montemor. "De que serve a arma, sem o assassino? Qualquer pessoa poderia ter disparado essa besta", falará a princesa. "Esta é uma besta feita de carvalho, vê? Só há um exército na Cália que usa esse tipo de madeira em sua confecção, alteza", informará o braço direito do rei. "O exército de Montemor, estou certa?", presumirá. "E então? O senhor acredita em mim agora? Ou ainda tem alguma dúvida de que tudo foi encomendado por Rodolfo? Eu sempre soube que não se podia confiar em Montemor!", falará a princesa. "O meu desejo é tão somente que se faça justiça. E que Rodolfo pague por seu crime", continuará. "Vossa alteza sabe que teríamos poucas chances numa investida contra Montemor", alertará Demétrio. "Existem outras formas de debelar um inimigo. E, neste caso específico, não precisaremos mover um único soldado. Para atingir Montemor como nenhum outro exército seria capaz, basta que cortemos o fornecimento de água", ordenará Catarina. "Alteza, isso seria um massacre de inocentes, o povo de Montemor passaria sede, fome, perderia suas plantações, seu gado, pense bem!", pedirá o conselheiro real. "Quem deveria ter pensado bem era Rodolfo, antes de ter feito o que fez. Bom, esta é minha ordem: cortem a água de Montemor", resistirá a princesa sem imaginar que Rodolfo declarará guerra a Artena depois dessa atitude.

(Por Fernanda Casagrande)

Acompanhe também as últimas notícias dos famosos pelo nosso Facebook.