Home
últimas
Famosos Brasileiros
Famosos Internacionais
Famosos na praia
Filhos de famosos
Fotos de famosos
Vídeos
Namoro
Instagram dos famosos
Principais notícias
Todos os temas
Novelas
Novela A Dona do Pedaço
Novela Órfãos da Terra
Novela Verão 90
Malhação - Toda Forma de Amar
As Aventuras de Poliana
Novela Topíssima
Novela Jezabel
Resumo de novelas
TV
Domingão do Faustão
BBB19
Mais Você
Encontro com Fátima
Caldeirão do Huck
Fantástico
Cinema
Tapete vermelho
Estreias
Oscar
Cannes
Festival do Rio
Angelina Jolie
Jennifer Aniston
Brad Pitt
Tom Cruise
Leonardo Dicaprio
Famosos
Bruna Marquezine
Marina Ruy Barbosa
Sasha
Anitta
Grazi Massafera
Ivete Sangalo
Giovanna Antonelli
Meghan Markle
Chay Suede
Letícia Colin
Camila Queiroz
Sabrina Sato
Michel Teló
Juliana Paes
Cabelos
Make
Moda
Dieta & Saúde
Beleza & Estética

'O Outro Lado do Paraíso': Samuel é acusado de assédio sexual por Renato

Demitido, médico diz ter recebido cantadas do diretor do hospital

Renato (Rafael Cardoso) tentará dar a volta por cima ao ser demitido por seu superior, Samuel (Eriberto Leão), na novela "O Outro Lado do Paraíso". Expulso do hospital pelo psiquiatra, o vilão afirma ter sofrido assédio sexual e alega estar sendo desligado de seu cargo por ter se recusado a viver um relacionamento amoroso com o homossexual que namora Cido (Rafael Zulu). As informações foram adiantadas pela colunista Carla Bittencourt, do jornal "Extra".

Veja também

Renato é demitido por dar alta à Beth

Tudo começa quando Clara (Bianca Bin), desesperada por o médico afirmar que Beth (Gloria Pires), recém operada por transplantar um rim para Adriana (Julia Dalavia), pode morrer em pouco tempo. A milionária, então, pede para o ex-noivo - desmascarado no altar durante a cerimônia de casamento dos dois - dar alta à sua mãe para que ele passe o que podem ser seus últimos dias de vida em casa. Sem pensar duas vezes e sem ao menos examinar e levar em consideração o grave estado de saúde da paciente, Renato assina o documento liberando Beth da internação hospitalar. O caso, no entanto, é descoberto por Samuel, que se revolta e, após questionar o médico Aguiar (Claudio Mendes), decide demitir o Renato por sua negligência.

'Eu nunca cantaria um verme como você', diz Samuel

Revoltado com a decisão de Samuel, Renato usa a artimanha de caráter reprovável de acusá-lo de assédio sexual. "Tá me demitindo porque é gay. Eu sei que sou gostoso. E não cedi às tuas cantadas", declara o mau-caráter casado com Fabiana (Fernanda Rodrigues), derrotada no tribunal em processo contra Clara. "Eu nunca cantaria um verme como você. Está se aproveitando do fato de eu ser gay para me acusar. É o que homens do seu tipo fazem, quando acuados. Em vez de enfrentar a situação, em vez de aceitarem o erro, inventam uma história que nunca existiu", afirma o psiquiatra e diretor do hospital. "O doutor Aguiar, aqui presente, é testemunha de que sua demissão não é fruto de uma cantada mal dada", completa antes de gritar para Renato se retirar do local.

(Por Carol Borges)

Acompanhe também as últimas notícias dos famosos pelo nosso Facebook.