Home
últimas
Famosos Brasileiros
Famosos Internacionais
Famosos na praia
Filhos de famosos
Fotos de famosos
Instagram dos famosos
Aniversário dos famosos
Principais notícias
Namoro
Todos os temas
Novelas
Novela A Lei do Amor
Novela Rock Story
Novela Sol Nascente
Malhação
Série Nada Será Como Antes
Série Supermax
Novela A Terra Prometida
Novela Escrava Mãe
Novela Cúmplices de um Resgate
Resumo de novelas
Novela À Flor da Pele
TV
Tamanho Família
Domingão do Faustão
Mais Você
Fantástico
Encontro com Fátima
Programa Xuxa Meneghel
Caldeirão do Huck
Beleza & Estilo
Look dos famosos
Boa forma
Bem-estar
Cabelo
Quem vestiu melhor?
Cinema
Tapete vermelho
Estreias
Oscar
Cannes
Festival do Rio
Angelina Jolie
Jennifer Aniston
Brad Pitt
Tom Cruise
Leonardo Dicaprio
Famosos
Bruna Marquezine
Grazi Massafera
Marina Ruy Barbosa
Anitta
Bruno Gagliasso
Ivete Sangalo
Lucas Lucco
Giovanna Antonelli
Camila Queiroz
Alinne Moraes
Sabrina Sato
Caio Castro
Paolla Oliveira
Juliana Paes
Vídeos

'Amor à Vida': Paloma (Paolla Oliveira) proíbe Bruno de ver Paulinha

A disputa entre Paloma (Paolla Oliveira) e Bruno (Malvino Salvador) para ficar com Paulinha (Klara Castanho) em "Amor à Vida" vai pegar fogo! Mas ainda demora um pouco para esquentar. No capítulo do dia 6 de julho, achando que o então ex-noivo roubou sua filha ainda bebê, a pediatra cuida da recuperação da menina em sua casa e proíbe o corretor de entrar em seu prédio para ver a criança. E, revoltada, a médica avisa que não vai devolver a filha para ele.

Após receber alta do hospital, Paulinha vai para a casa de Paloma e fica aos cuidados da enfermeira Ciça (Neusa Maria Faro), que controla sua medicação e alimentação. Acostumada a ter suas vontades atendidas, a menina reclama de tudo e sente falta de Bruno, mas a ex-noiva de seu pai omite o fato de que não pretende permitir que ele a visite. Ao sair para ir ao San Magno, a moça recomenda à Ciça: "Se o Bruno aparecer, ele não pode subir (...) E não deixa a Paulinha saber que ele veio". A funcionária garante que vai transmitir a ordem aos porteiros.

No hospital, Paloma se reúne com a diretoria e já chega pedindo que alguma atitude seja tomada para esclarecer o suposto roubo da criança e identificar os responsáveis pelo falso registro dela como sendo filha de Luana (Gabriela Duarte). "Eu quero saber que providências vocês estão tomando. Eu tenho que agir rápido. O Bruno não vai se conformar, eu preciso estar preparada", diz, na cena. Félix (Mateus Solano), preocupado em ser descoberto, tenta argumentar e amenizar a situação: "Ainda acho que um acordo com o ex-noivo corretor seria o melhor caminho". Mas sua irmã está irredutível. "Acordo? Ele se recusa a reconhecer que sou mãe da Paulinha. Ele quer a menina de volta. Já avisei que não vou entregar", afirma a pediatra.

Pressionando o pai, o irmão e Lutero (Ary Fontoura), Paloma consegue fazer com que eles convoquem Glauce (Leona Cavalli) para responder perguntas sobre o parto de Luana, que era sua paciente. Mas a obstetra apenas confirma o que está relatado no prontuário, que naquele parto nasceram gêmeos, mas só Paulinha sobreviveu. Enquanto isso, a convalescente dá trabalho à enfermeira, se recusando a seguir a dieta, e nem desconfia que seu pai está prestes a tentar lhe visitar.

Barrado na portaria, Bruno argumenta com Ciça e os porteiros, mas não consegue entrar. Indignado depois de ter pedido por Deus para lhe deixarem ver a filha, ele liga para Paloma e pede: "Paloma,eu sei que dissemos coisas horríveis um para o outro. Mas a Paulinha não pode ficar no meio dessa guerra. Eu tenho certeza que ela já tá sentindo minha falta. Me deixa subir". Enquanto está comprando roupas para Paulinha, a médica responde: "Bruno, você roubou a Paulinha de mim, quer mais o quê? Ela tem que se acostumar que você não faz mais parte da vida dela. Que você não é o pai dela". E, sem disposição para ouvir mais argumentos do ex, ela desliga o telefone na cara dele.

Desesperado, Bruno ainda tenta entrar à força no elevador, mas é contido pelos seguranças, que o seguram em uma gravata. "Me larga! Eu quero ver minha filha! Vocês não tem o direito! Me larga!", o pai esbraveja antes de ser colocado para fora do prédio. Na calçada, ele ainda implora, aos prantos: "Me deixem ver minha filha! Minha filha! Minha filha!".

(Por Samyta Nunes)

Acompanhe também as últimas notícias dos famosos pelo nosso Facebook.
Comentários