Home
últimas
Famosos Brasileiros
Famosos Internacionais
Famosos na praia
Filhos de famosos
Fotos de famosos
Vídeos
Namoro
Instagram dos famosos
Principais notícias
Todos os temas
Novelas
Novela O Sétimo Guardião
Novela O Tempo Não Para
Novela Espelho da Vida
Malhação - Vidas Brasileiras
As Aventuras de Poliana
Resumo de novelas
Novela Jesus
Novela Verão 90
Novela Órfãos da Terra
TV
Domingão do Faustão
Mais Você
Encontro com Fátima
Caldeirão do Huck
Fantástico
Cinema
Tapete vermelho
Estreias
Oscar
Cannes
Festival do Rio
Angelina Jolie
Jennifer Aniston
Brad Pitt
Tom Cruise
Leonardo Dicaprio
Famosos
Bruna Marquezine
Marina Ruy Barbosa
Sasha
Anitta
Grazi Massafera
Ivete Sangalo
Giovanna Antonelli
Meghan Markle
Chay Suede
Letícia Colin
Camila Queiroz
Sabrina Sato
Michel Teló
Juliana Paes
Cabelos
Make
Moda
Dieta & Saúde
Beleza & Estética

Bianca Bin já viveu drama de violência doméstica na família: 'Não foi em casa'

Em conversa com o Purepeople, atriz revela: 'Me chamam de feminista radical'

Os fãs da atriz Bianca Bin podem preparar o coração, pois a artista vai sofrer bastante na pele de Clara, protagonista da novela "O Outro Lado do Paraíso". Na trama que também mostrará o drama de Ester (Juliana Caldas), rejeitada pela mãe por ter nanismo, Calara, uma professora doce e romântica será vítima de violência psicológica por parte do marido, Gael, interpretado por Sergio Guizé. Ao Purepeople, a atriz falou dos desafios de fazer este trabalho. "É profundo viver uma mulher que é agredida, mas ao mesmo tempo, eu sei que é importante por conta da função social da novela. Me sinto honrada por contar a história das mulheres que são vítimas desses homens. Tantas que já até morreram. É um tema que mexe comigo e que é distante da minha realidade. É difícil distanciar a Bianca feminista, da Clara, a menina ingênua".

Veja também

'Não conseguia ver imagens desse tipo de violência'

Em outro momento da entrevista, a artista que passou uma temporada na Argentina para acompanhar o marido, revelou que já viveu uma situação de agressão em sua família. "Tive histórico de violência doméstica na família, mas não na minha casa, graças a Deus. Pra você ter uma ideia, eu não conseguia ver imagens desse tipo de violência. Uma vez eu gravei uma cena de violência e no dia seguinte não consegui comer carne. É muito difícil isso pra mim".

'Me chamam de feminista radical'

Sem medo de rótulos, Bianca, já elogiada pelo colega de profissão Rainer Cadete, explica que já foi chamada de feminista radical: "A mulher nunca tem que se ofuscar em prol do amor. A mulher que está em um relacionamento abusivo não percebe isso. Eu sou muitas vezes chamada de feminista radical. Mas não me importo com isso. Porque radical me lembra raiz e temos que mexer na raiz do problema".

Nanismo também será abordado na trama

Um outro drama na novela será protagonizado por Sophia, vivida por Marieta Severo. Bastante cruel, ela terá uma péssima relação com a filha caçula por ela ter nanismo. "A pergunta vai ser: que mulher é essa?. É muito importante a gente falar deste tema, do nanismo. Li muita coisa, pesquisei muito e vi que esta situação é real. Tem muita gente, muita mãe, que rejeita o filho, sim. É muito triste".

(Por Carmen Lúcia)

Acompanhe também as últimas notícias dos famosos pelo nosso Facebook.