Home
últimas
Famosos Brasileiros
Famosos Internacionais
Famosos na praia
Filhos de famosos
Fotos de famosos
Vídeos
Namoro
Instagram dos famosos
Principais notícias
Todos os temas
Novelas
Novela O Sétimo Guardião
Novela O Tempo Não Para
Novela Espelho da Vida
Malhação - Vidas Brasileiras
As Aventuras de Poliana
Novela Jesus
Resumo de novelas
Verão 90
TV
Domingão do Faustão
Mais Você
Encontro com Fátima
Caldeirão do Huck
Fantástico
Cinema
Tapete vermelho
Estreias
Oscar
Cannes
Festival do Rio
Angelina Jolie
Jennifer Aniston
Brad Pitt
Tom Cruise
Leonardo Dicaprio
Famosos
Bruna Marquezine
Marina Ruy Barbosa
Sasha
Anitta
Grazi Massafera
Ivete Sangalo
Giovanna Antonelli
Meghan Markle
Chay Suede
Letícia Colin
Camila Queiroz
Sabrina Sato
Michel Teló
Juliana Paes
Cabelos
Make
Moda
Dieta & Saúde
Beleza & Estética

Vilão gay de Mateus Solano em 'Amor à Vida' ganha apelido: 'Felixciano'

Mateus Solano encara o seu primeiro vilão na TV na próxima novela das nove da Globo, "Amor à Vida". Além de ambicioso e sem escrúpulos, Félix diferencia-se da maioria dos vilões que estamos acostumados a ver: é gay enrustido. Pela prévia que foi exibida na entrevista de lançamento da trama, já deu para perceber que o humor é um forte traço do personagem, por isso não vai apenas despertar ódio em quem o assiste, mas também arrancar gargalhadas. Em conversa com o Purepeople, o ator conta que essa "figura" já ganhou um apelido antes mesmo do primeiro capítulo ir ao ar: "Felixciano".

Veja também

Para quem estreou no horário nobre se desdobrando em dois, na pele de Jorge e Miguel em "Viver a Vida", interpretar o antagonista de uma trama das nove pode não parecer tão desafiador. Porém, Mateus Solano explica que agora a responsabilidade é ainda maior: "Quando eu fiz os gêmeos, ainda era desconhecido para o grande público. Era bastante cansativo, eu gravava o dobro de horas por semana, mas não tinha a expectativa das pessoas para me ver fazendo aqueles personagens, como haveria se fosse, por exemplo, o Fábio Assunção. Agora é diferente, já me conhecem e estão esperando para ver como será o vilão que vou fazer. O próprio Walcyr Carrasco quando me deu o papel, disse: 'Quero ver o que você faz com esse personagem'".

Quem assistiu ao compacto das primeiras cenas do folhetim exibido na coletiva de imprensa já tem uma ideia do que esperar. Numa das cenas, Félix está conversando com um dos médicos do Hospital San Magno, onde é administrador e filho do dono, e é tocado no ombro por Jacques (Julio Rocha). Depois que o bonitão sai da sala, comenta consigo mesmo: "Nossa, que mãos hábeis... Eu queria ter uma apendicite agora!". O comentário é permeado por uma leve afetação, dando um tom cômico ao vilão, e foi motivo de muitas risadas na plateia. Intérprete de Pilar, a mãe de Félix na trama, Susana Vieira comentou de maneira bem-humorada a relação dos dois e a sexualidade do "filho" na ficção: "Qual é a mãe que não gosta de gay?! Toda mãe apoia o filho gay, gente!!! (risos)"

Mas Solano pouco revela sobre esse tópico. "Prefiro não falar agora dessa questão da homossexualidade dele porque vai ser muito melhor o público ir descobrindo as coisas no desenrolar da história. O fato é que ele tem na mulher e no filho uma forma de mostrar que é um homem de bem e correto. Se orgulha em dizer que tem uma família de comercial de margarina, afinal acha que precisa dessa imagem para conseguir seus objetivos", explica o ator. E, em tom de brincadeira, entrega a piada que corre internamente nos bastidores: "Entre as gravações, já o chamam de Felixciano". O apelido mescla o nome do vilão com o do deputado Marco Feliciano, que ganhou projeção nacional após fazer declarações consideradas homofóbicas.

Na pesquisa para compor o personagem, Mateus conta onde está buscando referências: "Tenho lido muito sobre nazismo, Maquiavel e sedução. O nazismo é uma inspiração interessante (...) Mas não gostaria de comparar o Félix a Hitler não, acho muito forte. É só uma referência de amor ao poder". Ainda sobre comparações, o ator evita traçar qualquer paralelo com outros antagonistas do horário, e declara que não pensa em competir com a Carminha (Adriana Esteves) de "Avenida Brasil". "Nem quero fazer essa comparação com o trabalho da maravilhosa Adriana, imagina... ", elogia.

Carismático, Solano ainda aproveita para criar um suspense em torno de Félix, dizendo que já no primeiro capítulo o mau-caráter vai aprontar uma grande maldade. "Mas vocês só vão saber quando assistirem à novela no dia 20 de maio! Não vão perder, não é?", ele convoca, aos risos. Além do vilão, "Amor à Vida" tem também um casal gay que mantém uma relação estável e pretende ter um filho.

(Por Samyta Nunes)

Acompanhe também as últimas notícias dos famosos pelo nosso Facebook.