Home
Últimas
Famosos Brasileiros
Famosos Internacionais
Famosos na praia
Filhos de famosos
Fotos de famosos
Vídeos
Sertanejo
Últimos Web Stories
Carnaval
Namoro
Instagram dos famosos
Look de famosos
Principais notícias
Todos os temas
Novelas
Novela Um Lugar ao Sol
Novela Quanto Mais Vida, Melhor
Novela Nos Tempos do Imperador
Novela Verdades Secretas
Novela Verdades Secretas II
Novela Carinha de Anjo
Novela Pantanal
Novela Além da Ilusão
Novela Reis
Resumo de novelas
TV
A Fazenda 13
BBB22
Masterchef Brasil
Reality Show
Domingão com Huck
Caldeirão
Mais Você
Encontro com Fátima
Fantástico
Séries
Casamento às Cegas Brasil
Round 6
Cinema
Séries e filmes
Tapete vermelho
Estreias
Oscar
Cannes
Festival do Rio
Angelina Jolie
Jennifer Aniston
Brad Pitt
Tom Cruise
Famosos
Bruna Marquezine
Marina Ruy Barbosa
Virginia Fonseca
Sasha
Anitta
Grazi Massafera
Ivete Sangalo
Kate Middleton
Meghan Markle
Marilia Mendonça
Camila Queiroz
Andressa Suita
Cleo
Sabrina Sato
Larissa Manoela
Paolla Oliveira
Casamento
Noivas
Looks para casamento
Make para casamento
Penteados para casamento
Beleza & Estilo
Cabelos
Maquiagem
Cuidados com a pele
Moda
Primavera/Verão
Outono/Inverno
Beleza & Estética
Saúde e Bem-estar
Beleza Madura
Dieta
Astrologia
Coluna É Trend!

Henrique Fogaça explica demissão de 200 funcionários e pede: 'Não se desesperem'

Henrique Fogaça fechou restaurante no Rio de Janeiro e demitiu 200 funcionários. Segundo o empresário, ele fez uma redução no quadro de funcionários efetivos, considerando a reabertura do estabelecimento com a flexibilização da quarentena. 'Quando voltar a funcionar, obviamente terão menos pessoas trabalhando nos restaurantes, até pelas normas sanitárias', pontuou

Henrique Fogaça precisou fechar seu restaurante em um shopping do Rio de Janeiro por causa da pandemia do novo coronavírus, doença com a qual alguns famosos já foram diagnosticados, e demitiu 200 funcionários. O estabelecimento estava instalado no Village Mall, na Barra da Tijuca, Zona Oeste da cidade. O empresário, porém, pediu para as pessoas não se desesperarem. "Os nossos restaurantes já estão fechados. Foi um desabafo meu porque está todo mundo muito tenso", esclareceu o jurado do "MasterChef Brasil" ao "Uol".

Henrique Fogaça afirma que 'tudo vai se arrumar aos poucos'

Mesmo diante a crise, Fogaça mantém o otimismo. "Gente sem trabalhar. Gostaria de falar para vocês que estamos esperando as autoridades falarem, 'abram tal dia', para voltarmos a trabalhar. E ver como vai ser a formatação da volta ao trabalho com o shopping. Não se desesperem. Tudo vai se arrumar aos poucos. Foi uma forma de desabafo e um pouco de raiva de tudo o que estamos vivendo. Todo mundo tem o mesmo sentimento. Fiquem tranquilos", disse.

Empresário faz redução no quadro de funcionários efetivos

Por meio da assessoria de imprensa, Henrique explicou que fez uma redução no quadro de funcionários efetivos, considerando a reabertura do restaurante com a flexibilização da quarentena. "Quando voltar a funcionar, obviamente terão menos pessoas trabalhando nos restaurantes, até pelas normas sanitárias. Os restaurantes terão que ter espaçamento de mesas, redução de lugares e a recontratação vai ser na medida que cresçam as necessidades", falou.

Chef revela prejuízo por fechamento de restaurante

O prejuízo estimado por Fogaça por conta do fechamento dos bares e restaurantes é de R$ 500 mil. "Um mês você segura; dois meses você vai pro buraco. Só nesses quatro meses, estamos com meio milhão de prejuízo. É complicado: o shopping é tipo um sócio seu, participa com 8% de faturamento do grupo, tem que pagar ajuda de fundo, etc. Shopping explora e suga tudo", relatou anteriormente em conversa no Canal do Datena.

Jurado do 'MasterChef' avalia reabertura de estabelecimento

A esperança de Henrique é a possível reabertura dos estabelecimentos em São Paulo no próximo dia 15. "Vão ter mesas com distanciamento. Tenho 100 lugares, vou abrigar 50 pessoas. Será uma nova forma de trabalho", pontuou. Além de Fogaça, Matheus e Kauan demitiram 15 funcionários devido à pandemia, assim como Naiara Azevedo, que dispensou 140 pessoas de sua equipe. Já Wesley Safadão reduziu salários de músicos para mantê-los contratados.

(Por Patrícia Dias)

Acompanhe também as últimas notícias dos famosos pelo nosso Facebook.