Home
Últimas
Famosos Brasileiros
Famosos Internacionais
Famosos na praia
Filhos de famosos
Fotos de famosos
Namoro
Sertanejo
Últimos Web Stories
Famosos do esporte
Instagram dos famosos
Gravidez das famosas
Look de famosos
Principais notícias
Todos os temas
Novelas
Novela Pantanal
Novela Cara & Coragem
Novela Além da Ilusão
Novela Mar do Sertão
Novela Carinha de Anjo
Novela Poliana Moça
Novela Reis
Novela A Favorita
Resumo de novelas
Novela Será Isso Amor?
Novelas Mexicanas
Novelas Turcas
TV
A Fazenda 2022
Ilha Record
Masterchef Brasil
BBB 23
Reality Show
De Férias com o Ex
Casamento às Cegas
Domingão com Huck
Caldeirão
Mais Você
Encontro
Séries
Pacto Brutal
Filme 365 Dias
Cinema
Séries e filmes
Tapete vermelho
Estreias
Oscar
Cannes
Festival do Rio
Angelina Jolie
Jennifer Aniston
Brad Pitt
Tom Cruise
Famosos
Bruna Marquezine
Marina Ruy Barbosa
Virginia Fonseca
Sasha
Anitta
Grazi Massafera
Ivete Sangalo
Kate Middleton
Paolla Oliveira
Wanessa
Viviane Araujo
Marilia Mendonça
Jade Picon
Andressa Suita
Sabrina Sato
Larissa Manoela
Casamento
Noivas
Looks para casamento
Make para casamento
Penteados para casamento
Inverno
Beleza & Estilo
Cabelos
Maquiagem
Cuidados com a pele
Moda
Primavera/Verão
Outono/Inverno
Beleza & Estética
Saúde e Bem-estar
Beleza Madura
Dieta
Astrologia
Coluna É Trend!
Home Lucas Veloso

Lucas Veloso supera morte do pai, Shaolin, ao gravar 'Velho Chico':'Sinto perto'

Lucas Veloso supera morte do pai, Shaolin, ao gravar 'Velho Chico':'Sinto perto'
Ator estreia na novela da Globo e diz que trabalho o ajuda a lidar com a perda do pai, vítima de uma parada cardiorepiratória em janeiro

Lucas Veloso, filho do humorista Shaolin, fez sua primeira aparição na novela "Velho Chico" no capítulo de quarta-feira (12). A poucos meses de completar 20 anos, o estreante na TV Globo ainda aprende a lidar com a morte do pai, ocorrida em janeiro deste ano, e afirma que o atual trabalho o ajuda a superar a perda. O humorista, que morreu dois meses depois de Lucas conseguir o papel na trama, ficou orgulhoso com ao saber da conquista do filho na época.

"Ficou muito feliz, muito contente de saber disso e me ajudava, eu lia o texto perto e ele me dava uns toques de como eu interpretava, porque nesse quesito, alegria, ele tem doutorado. Sempre buscava o auxílio dele para poder melhorar mais, e a opinião dele e da minha mãe sempre pesaram muito", disse em entrevista ao "Uol".

Laudiceia, viúva do humorista, disse que, mesmo debilitado, Shaolin sempre incentivou o filho e chegou a dirigir a peça de humor do jovem ator. Com todo o apoio do pai, Lucas afirma, entretanto, que conquistou o papel em "Velho Chico" por seu próprio mérito, e não às custas do nome do pai, muito querido pela classe artística como se pôde ver nas manifestações de carinho nas redes sociais e no velório. Ao saber que a direção buscava atores nordestinos, não pensou duas vezes e enviou vídeos de seus trabalhos, conquistando o papel.

'Sinto ele perto sempre', declara ator sobre o pai

Na trama, Lucas vive um estudante de agronomia apaixonado por sua melhor amiga, Olívia (Giullia Buscacio), filha de Santo (Domingos Montagner), mas é meio atrapalhado na conquista. Seguir o caminho do humor é uma maneira de estar perto do pai: "Procurei ficar com o que ele deixou de melhor, esquecer que dói a ida dele, mas pegar essa parcela boa de alegria e levar para a frente, usar como gás. Sinto ele perto sempre, e alma de artista não morre nunca".

O artista conta ainda que o período de composição do seu personagem foi um pouco dolorido. "Na época, foi difícil para mim porque eu ainda estava em processo de criação, mas acho que ele no meu lugar daria uma respirada e continuaria o trabalho", disse na entrevista.

Ator brinca ao comparar sua vida amorosa à do personagem: 'Uma porcaria'

Apaixonado por Olívia, Lucas, nome do personagem do ator na trama, vive uma relação bem próxima da moça, mas que não sai da zona da amizade. "Ela o vê como um irmão, porque na hora que ela precisa de alguém para conversar, uma companhia, ele está perto dela para ajudar em tudo", resumiu.

O estudante de agronomia ainda tem uma adoração pelo pai da moça, Santo, a quem considera um herói: "Foi o cara que fundou a cooperativa, teve garra no início e fez os pequenos produtores trabalharem mais, fez crescer aquela cidadezinha. Ele é apaixonado por aquela família".

O artista também já sofreu por amor, assim como o seu personagem, e minimiza as experiências com bom humor: "Acho que todo mundo já passou por isso. A vida amorosa de um humorista é sempre uma porcaria, porque sempre que a gente vai se declarar para uma pessoa ela dá uma risada da nossa cara, acha que é brincadeira. Já aconteceu muito comigo, mas a gente acaba levando na esportiva e não se machucando muito".

(Por Pedro Paulo Moura)

Acompanhe também as últimas notícias dos famosos pelo nosso Facebook.