Home
Últimas
Famosos Brasileiros
Famosos Internacionais
Famosos na praia
Filhos de famosos
Fotos de famosos
Vídeos
Sertanejo
Últimos Web Stories
Carnaval
Namoro
Instagram dos famosos
Look de famosos
Principais notícias
Todos os temas
Novelas
Novela Um Lugar ao Sol
Novela Quanto Mais Vida, Melhor
Novela Nos Tempos do Imperador
Novela Verdades Secretas
Novela Verdades Secretas II
Novela Carinha de Anjo
Novela Pantanal
Novela Além da Ilusão
Novela Reis
Resumo de novelas
TV
A Fazenda 13
BBB 22
Masterchef Brasil
Reality Show
Domingão com Huck
Caldeirão
Power Couple Brasil
Mais Você
Encontro com Fátima
Séries
Casamento às Cegas Brasil
Round 6
Cinema
Séries e filmes
Tapete vermelho
Estreias
Oscar
Cannes
Festival do Rio
Angelina Jolie
Jennifer Aniston
Brad Pitt
Tom Cruise
Famosos
Bruna Marquezine
Marina Ruy Barbosa
Virginia Fonseca
Sasha
Anitta
Grazi Massafera
Ivete Sangalo
Kate Middleton
Meghan Markle
Marilia Mendonça
Camila Queiroz
Andressa Suita
Cleo
Sabrina Sato
Larissa Manoela
Paolla Oliveira
BBB 22
Beleza & Estilo
Cabelos
Maquiagem
Cuidados com a pele
Moda
Primavera/Verão
Outono/Inverno
Beleza & Estética
Saúde e Bem-estar
Beleza Madura
Dieta
Astrologia
Coluna É Trend!
Verão 2022

Novela 'Quanto Mais Vida Melhor' terá personagem drag queen de gênero fluido

12 fotos
Veja as fotos!
A novela 'Quanto Mais Vida, Melhor!' apresentará ao público a personagem Chefe, interpretada por Alessandro Brandão. Na história, Chefe é um homem gay que se transveste com frequência. O ator esclareceu que se trata, pela primeira vez, de uma pessoa não binária, de gênero fluido. Aos detalhes!

A novela "Quanto Mais Vida, Melhor", ainda não estreou, mas promete quebrar alguns tabus. Na história, a protagonista Flávia (Valentina Herszage), uma dançarina de pole dance golpista, se envolve em um acidente aéreo com outras três pessoas. Embora tenha vontade de mudar de vida após a experiência de quase morte, a moça acaba voltando a trabalhar na mesma boate de antes, a Pulp Fiction, administrada por ninguém menos que Chefe (Alessandro Brandão).

Em conversa com jornalistas sobre a trama, Alessandro esclareceu que, assim como ele próprio, a personagem será ativista da causa LGBTQIA+, mas virá em uma roupagem nova: "Não só a pegada de revolução, mas de amor", avaliou o artista, explicando que, em geral, minorias trabalhadas em novelas carregam o peso da revolução social e que, dessa vez, a ideia é da positividade, para além disso.

Vale lembrar que a novela das 21h, "Um Lugar ao Sol", segue a mesma linha em relação à inclusão de minorias.

Gênero não binário em destaque na novela

Alessandro, que já trabalhou em personagens LGBTQIA+ anteriormente, avalia que o não binarismo, embora seja um conceito novo, deve ser tratado de maneira leve. "É uma personagem muito bonita, porque a gente se esforçou muito para que realmente fosse uma drag queen, nem homem, nem mulher, como David Bowie. Ele é fluido, um homem gay fluido. É muito importante que a gente tenha outras referências", explicou o ator.

"Ela [Chefe] trata tudo de uma maneira tão verdadeira e sem grandes dramas (...) Já é [um lugar] de aceitação, a fluidez é muito bonita, é de uma importância muito grande, os olhos amorosos. E não é uma personagem feminina, vamos reforçar esse lugar da não binaridade. Essa personagem não é binária, é a coisa mais importante - ele é LGBT, drag queen", definiu Alessandro.

Novela 'Quanto Mais Vida, Melhor' mudou título para mostrar positividade

No mesmo gancho, o autor e o diretor da novela esclareceram que essa positividade em relação aos assuntos também está em outros pontos da história, incluindo o clímax, que é um acidente aéreo. É tudo tratado de modo lúdico, leve.

Os dois concordaram, por exemplo, em não mudar a trama por causa do recente acidente que matou Marília Mendonça. Não só porque a novela já foi toda gravada, mas porque, de acordo com Mauro Wilson, que escreveu os capítulos, "a vida tem roteiros ruins".

Acompanhe também as últimas notícias dos famosos pelo nosso Facebook.