Home
últimas
Famosos Brasileiros
Famosos Internacionais
Famosos na praia
Filhos de famosos
Fotos de famosos
Vídeos
Namoro
Instagram dos famosos
Principais notícias
Todos os temas
Novelas
Novela O Sétimo Guardião
Novela O Tempo Não Para
Novela Espelho da Vida
Malhação - Vidas Brasileiras
As Aventuras de Poliana
Resumo de novelas
Novela Jesus
Novela Verão 90
Novela Órfãos da Terra
TV
Domingão do Faustão
Mais Você
Encontro com Fátima
Caldeirão do Huck
Fantástico
Cinema
Tapete vermelho
Estreias
Oscar
Cannes
Festival do Rio
Angelina Jolie
Jennifer Aniston
Brad Pitt
Tom Cruise
Leonardo Dicaprio
Famosos
Bruna Marquezine
Marina Ruy Barbosa
Sasha
Anitta
Grazi Massafera
Ivete Sangalo
Giovanna Antonelli
Meghan Markle
Chay Suede
Letícia Colin
Camila Queiroz
Sabrina Sato
Michel Teló
Juliana Paes
Cabelos
Make
Moda
Dieta & Saúde
Beleza & Estética

Autora de 'O Rico e Lázaro' lamenta audiência abaixo de 'Carinha de Anjo'

Compartilhe no Facebook
Paula Richard também atribuiu baixos índices à saída da Record TV na TV a cabo em São Paulo

O "apagão" de SBT, RedeTV! e Record TV das operadoras de TV a cabo em São Paulo foi fator determinante para que a novela "O Rico e Lázaro" ficasse atrás de "Carinha de Anjo" na disputa pela audiência. Pelo menos essa é a opinião de Paula Richard, autora do folhetim, que chega ao fim dia 20 sem repetir os índices elevados de "Os Dez Mandamentos" - a trama chegou a 31 de pico com a abertura do Mar Vermelho. "Havia muita expectativa por parte da direção, produção, toda equipe e elenco em relação à novela. Todos viam falar comigo empolgados pelo texto e a produção e direção foram de uma qualidade incrível! Cenários, figurinos, efeitos especiais, atuações... Tudo para arrebentar. Mas aí, na segunda semana, veio a Simba", lamenta, ao Purepeople.

Veja também

'Globo finalmente emplacou sucesso', alfineta

A Simba é a empresa formada pelas três emissoras para negociar a transmissão do sinal com as operadoras. "Perdemos 30% de audiência com o corte do sinal e o SBT perdeu menos, creio que 10%. Isso porque a Record tem um público maior usando a TV a cabo. Além disso, a Globo, depois de muitas novelas que ficaram abaixo de sua média, finalmente emplaca um sucesso ('A Força do Querer')", afirma. "Uma pena porque tivemos atuações extraordinárias, cenas e sequências lindíssimas", lamenta. "Carinha" já tinha seu público consolidado e "Rico" estava apenas começando. A partir daí, não havia mais como usar a média da audiência para parâmetro", acrescenta. Nessa reta final, a trama bíblica vai exibir as mortes de Joana (Milena Toscano) e Belsazar (Marcelo Arnal) e o sofrimento de Malca (Mariza Marchetti) por dar à luz filho morto.

'Novela segura o público pelo chifre!'

Paula frisa, contudo, que "O Rico" consegue aumentar a audiência da Record. "Apesar disso, ela recebe e sobe em média 4 pontos, indo num crescente até o último minuto. Segura o público pelo chifre!", diverte-se, negando qualquer insatisfação por parte da emissora. "Em nenhum momento! Pelo contrário, o Edgar Miranda (diretor) e eu só recebemos elogios da direção. O retorno que recebemos é maravilhoso", garante. A trama será substituída por "Apocalipse", que terá no enredo traição entre irmãos.

'Crítica de quem não assiste não levo a sério'

Paula critica ainda o que chama de preconceito com tramas inspiradas na Bíblia. "Muita gente não vê, mas fala mal só por falar. Toda novela tem defeitos e acompanhei de perto as críticas de quem assiste. Mas, crítica de quem não assiste, realmente não dá pra levar a sério!", dispara a autora. "Acompanho os comentários de quem assiste e é altamente gratificante! Alguns têm críticas, que levo em consideração, até porque uma novela é feita para o publico e é o julgamento dele que conta", indica. Sem férias, vai assinar uma minissérie e a substituta de "Apocalipse", folhetim que marca o retorno de Bia Seidl à teledramaturgia.

(Por Guilherme Guidorizzi)

Acompanhe também as últimas notícias dos famosos pelo nosso Facebook.