No 'Pânico', Ana Paula questiona contrato do 'BBB16': 'Punição ao provocador'

Compartilhe no Facebook
Jornalista disse que 'discorda' de parte da cláusula que a fez sair do jogo: 'Se a pessoa fizer você perder as estribeiras para chegar ao ponto de dar nela, ela também estará eliminada'

Após ser expulsa do "BBB16" por bater em Renan, Ana Paula questionou um suposto termo do contrato que assinou com a TV Globo em conversa registrada pelo programa "Pânico na Band", exibida na noite deste domingo (6). A jornalista contou que uma das cláusulas do vínculo com a emissora estabelece a punição tanto para o agressor quanto para o eventual provocador ao longo do reality.

"Eu assinei um contrato escrito: se a pessoa fizer você perder as estribeiras para chegar ao ponto de dar nela, ela também estará eliminada", explicou a ex-sister, caracterizada como "desequilibrada" por Pedro Bial. A frase sugere que a mineira também queria uma punição para Adélia, visto que a advogada jogou bebida alcoólica em sua cabeça, minutos antes da desavença com Renan.

Sobre suas impressões ao deixar a programação Ana foi direta: "Durante a minha vida as pessoas ficavam com medo de se comprometer. Brasileiros tem raiva de pessoas que nasceram bem", disparou. A loira ressaltou ainda que não levará nada para o lado pessoal. "É tudo um jogo. Aquilo tava me enchendo. Chegou um tempo que eu não aguentava mais nada", garantiu.

Ana Paula foi desclassificada da atração depois de descumprir uma das regras do reality ao dar dois tapas no rosto de Renan durante a Festa Trem Expresso, na madrugada do último sábado (5).

Jornalista comenta expulsão no 'Fantástico'

Ana Paula voltou à telinha na noite de domingo (06), no "Fantástico". Durante a entrevista, ela admitiu que nunca imaginou ser expulsa. "Jamais passou pela cabeça", afirmou. A jornalista, que já tinha falado sobre a agressão à Renan após sair da casa, voltou a dizer que o desfecho não poderia ser outro. "Eu estava no limite da razão, os tapas no Renan não podiam ser diferentes. Infelizmente eu sou desse jeito mesmo, mas na casa eu já estava exacerbada, o que me prejudica".

A mineira também assumiu a situação que enfrenta na Justiça ao jornal "Extra": "O acidente de carro foi um dia na chuva. Esses processos que você citou, estão todos interligados. Realmente, eu errei, pois dirigi e tinha bebido. Mas isso já foi dado como encerrado pelo juizado especial!".

(Por Patrícia Dias)

Acompanhe também as últimas notícias dos famosos pelo nosso Facebook.
Comentários
Por favor desabilite seu bloqueador de anúncio (Adblock) para poder ver todos os comentários e publicar.
Stefanny Lorranne Ramos

Se fosse assim então ela já deveria ter saído a muito tempo.