Sabrina Sato não beija na boca há 5 meses: 'Não consigo pegar e não ter romance'

Compartilhe no Facebook
Apresentadora revela que não ficou com ninguém após o término de seu namoro com João Vicente de Castro e avisa: 'Amor, só depois do carnaval'

Considerada uma das mulheres mais bonitas do Brasil, Sabrina Sato está solteira. Solteiríssima, aliás. A apresentadora garante que está sem beijar na boca desde maio deste ano, quando terminou seu namoro com João Vicente de Castro. O motivo não é a falta de pretendentes, é claro.

"As pessoas perguntam: 'Você tá pegando alguém?' Não, não tô. Estou me curtindo. Minhas amigas falam: 'Aproveita!'. Eu não sou assim. Na hora que aparecer alguém, eu fico. Não consigo ser tão pragmática, pegar várias pessoas por dia e não ter romance. Eu gosto de romance. Amor, só depois do carnaval (risos)", disse Sabrina em conversa com a revista "Contigo". Em setembro, a apresentadora já tinha declarado, em outra entrevista, que não curte sexo casual.

Sabrina Sato revela ser tímida para paquerar: 'Me mandam, mas não me pedem nudes'

Apesar de ter o costume de ousar em seus looks e ter assumido que adora andar nua, Sabrina Sato admite que no fundo não é assim tão desenvolta. "Acho que é muito do Japão isso: usar a moda para soltar um lado que geralmente é reprimido. Mas na verdade eu sou uma moça de família, tímida", contou ela na São Paulo Fashion Week 2015.

E até na hora da paquera a artista se disse mais recatada. "Sou 'das antigas'", garantiu, avisando que não entrou na onda dos 'nudes', gíria usadas para fotos de nus trocadas pelas redes sociais. "As pessoas me mandam, mas ninguém me pede nudes", contou aos risos. E revelou, gargalhando: "Se juntar a faixa etária das mensagens que eu recebo no Whatsapp e no Facebook dá 20 aninhos". "Eu sou uma Susana Vieira", completou, referindo-se à atriz de 73 anos.

Sempre conectada com a moda e uma apaixonada por sapatos - "Tenho mais de 200 pares. É nas compras que me divirto, que curo a fossa" -, Sabrina garantiu que para conquistá-la não é preciso ser um expert no assunto. "A maioria dos bofes aparecem na nossa vida usando aquelas bermudas bem surradas de futebol! A gente tem que pegar o bofe e ensinar! Pra mim não importa se o cara tem estilo ou não, depois eu dou um jeito! O importante é ter um bom coração", justificou com bom humor.

(Por Mariana Mastrangelo)

Acompanhe também as últimas notícias dos famosos pelo nosso Facebook.
Comentários