Home
últimas
Famosos Brasileiros
Famosos Internacionais
Famosos na praia
Filhos de famosos
Fotos de famosos
Vídeos
Namoro
Instagram dos famosos
Principais notícias
Todos os temas
Novelas
Novela A Dona do Pedaço
Novela Bom Sucesso
Novela Órfãos da Terra
Malhação - Toda Forma de Amar
As Aventuras de Poliana
Novela Topíssima
Novela Jezabel
Resumo de novelas
TV
Domingão do Faustão
The Voice Brasil
Caldeirão do Huck
Mais Você
Encontro com Fátima
Fantástico
Famosos
Bruna Marquezine
Marina Ruy Barbosa
Sasha
Anitta
Grazi Massafera
Ivete Sangalo
Kate Middleton
Meghan Markle
Marilia Mendonça
Gusttavo Lima
Camila Queiroz
Sabrina Sato
Michel Teló
Juliana Paes
Beleza & Estilo 2
Cabelos
Make
Moda
Dieta & Saúde
Beleza & Estética
Especial Arezzo valendo

Bruna Marquezine não se vê como sex symbol: 'Eu sou muito além disso'

Compartilhe no Facebook
'Essa é uma parcela muito pequena minha, mas que eu gosto e valorizo, principalmente no meu trabalho, e gosto de usar nos momentos em que faz sentido', explicou a atriz à revista 'GQ' de Portugal. Em entrevista, a artista ainda rejeitou atrelarem seu sucesso por ter namorado com Neymar: 'As pessoas que fazem esse tipo de comentários normalmente querem justificar a incapacidade delas, de não terem conseguido conquistar o que desejam'

Bruna Marquezine usou seu perfil do Stories do Instagram nesta sexta-feira (18) para compartilhar com seus fãs trechos de sua entrevista para a "GQ" de Portugal, revista que a premiou como It Girl do ano em 2018. Em trechos divulgados, a atriz comentou sobre falta de amor próprio, política nas redes sociais e também sobre o fim da relação com Neymar, com quem não pensa em reatar namoro. Além disso, ela avaliou o rótulo de sex symbol e revelou já ter sofrido assédio em ambiente de trabalho. "Quantas coisas eu tinha deixado passar e quanto essas coisas me feriram, sem que eu percebesse. Principalmente neste meio. Num set de gravação, normalmente a maioria dos profissionais são homens, então eu já me senti muitas vezes assediada sem perceber. Houve coisas que já me traumatizaram e hoje eu sei que é assédio", disse.

Atriz não se vê como sex symbol

No ranking como uma das mulheres mais sexy do ano passado, a artista disse o título de sex symbol é "engraçado" e que não se vê dessa forma. "Eu acho forte. Até porque não é um título que eu escolhi ou que eu busquei. Foi algo que surgiu naturalmente, e é um olhar externo, não é o meu olhar. Não me sinto obrigada a manter essa imagem de sex symbol, até porque eu não me considero um. Eu acho que toda a mulher tem um lado sensual, e que pode ser explorado de diversas maneiras, e é óbvio que eu exploro o meu quando eu desejo, e gosto de ter esse lado sensual, mas eu não acho que eu seja só isso. Eu sou muito além disso. Essa é uma parcela muito pequena minha, mas que eu gosto e valorizo, principalmente no meu trabalho, e gosto de usar nos momentos em que faz sentido", explicou.

'Eu já sofri muito por falta de amor próprio'

A carioca também recordou seu discurso no qual admitiu aos seguidores do Instagram já ter sofrido com depressão por distúrbio de imagem. Na conversa, ela ainda analisou a postura de algumas mulheres jovens que cometem atos apenas para agradar homens e que acham o controle masculino uma expressão de amor. "Eu tento ser um exemplo bom, porque eu entendo que há uma repercussão grande e que gera nas meninas que me acompanham algo muito poderoso. Eu acho que a melhor maneira de eu ajudar é dividindo as minhas experiências, demonstrando as minhas fraquezas. Uma figura perfeita, forte, sempre bonita, sem problemas não ajuda ninguém em nada, e atrapalha. Eu já sofri muito por falta de amor próprio, autoestima baixa, e tudo isso por causa de uma comparação que eu fazia, porque eu me comparava com outras pessoas. Mesmo fazendo parte desse meio e sabendo que 90 % da beleza que a gente vê sai com a água e sabão, eu me comparava e sofria muito", relembrou.

Marquezine rejeita comentários de sucesso por namoro com Neymar. Veja!

Separada de Neymar desde outubro do ano passado, Bruna, que teve aparência comparada à de outras famosas neste verão, sente o machismo e o preconceito por atrelarem seu sucesso por conta do namoro vivido com o atacante do PSG. "Acho que o mundo é muito machista ainda. Existe uma coisa que eu acho muito curiosa: as pessoas que fazem esse tipo de comentários são pessoas que normalmente querem justificar a incapacidade delas, de não terem conseguido conquistar o que desejam, desmerecendo os outros. E isso pode ser feito através de um comentário machista, dizendo que o sucesso de uma mulher vem de um relacionamento com um homem famoso, ou de várias outras formas, porque você conhece as pessoas certas, ou porque é amigo de tal pessoa, mas nunca pelo seu talento ou mérito", disparou.

(Por Rahabe Barros)

Acompanhe também as últimas notícias dos famosos pelo nosso Facebook.