Home
últimas
Famosos Brasileiros
Famosos Internacionais
Famosos na praia
Filhos de famosos
Fotos de famosos
Vídeos
Namoro
Instagram dos famosos
Principais notícias
Todos os temas
Novelas
Novela A Dona do Pedaço
Novela Bom Sucesso
Novela Éramos Seis
Malhação - Toda Forma de Amar
As Aventuras de Poliana
Novela Topíssima
Novela Amor de Mãe
Resumo de novelas
TV
Domingão do Faustão
Masterchef Brasil
Caldeirão do Huck
Mais Você
Encontro com Fátima
Fantástico
Famosos
Bruna Marquezine
Marina Ruy Barbosa
Sasha
Anitta
Grazi Massafera
Ivete Sangalo
Kate Middleton
Meghan Markle
Marilia Mendonça
Gusttavo Lima
Camila Queiroz
Sabrina Sato
Michel Teló
Juliana Paes
Beleza e estilo PB valendo 27/08/19
Cabelo
Make
Moda
Dieta & Saúde
Beleza & Estética
Especial Arezzo valendo

Estilo depois dos 40: dicas para manter a elegância sem deixar de ser você mesma

Compartilhe no Facebook
Manter um estilo próprio e ainda estar na moda não é das tarefas mais simples do mundo. Especialmente depois dos 40 anos, quando pipocam as dúvidas sobre o que usar e se é apropriado, ou não. Nessa fase da vida (e em nenhuma fase!) nada é proibido e tudo uma questão de equilíbrio. Por isso temos algumas dicas para quem quer manter a elegância, mas não quer ficar de fora das tendências.

Quando passamos de uma certa idade (quase sempre, dos 30 anos, já conferiu as nossas dicas?) não estamos mais interessadas em consumir todas as últimas tendências da moda. Uma mulher de 40 anos ou mais fica mais elegante quando encontra seu estilo próprio e usa as peças que estão na moda para atualizá-lo. Mas é nessa idade que começam a surgir mais dúvidas sobre o que é, ou não, apropriado no look. A gente já adianta que não existe nada que não seja apropriado. Tudo depende do estilo de quem usa e tudo é uma questão de equilíbrio, como mostram as mulheres (podres de chics!) da nossa galeria. Confira algumas dicas de como se manter na moda sem perder a elegância depois dos 40 anos.

Encontre seu estilo

Se você ainda tem dúvidas sobre qual o seu estilo, busque aquilo que você gosta. Parece fácil quando dito assim, mas na hora de sair às compras nem sempre isso fica tão claro. Por isso vale a pena folhear revistas de moda, seguir perfis especializados no Instagram e procurar por sites (como este que vos fala!) que tenham looks em diversos estilos. Assim você vai avaliando o que te agrada e o que jamais usaria, para depois montar o quebra-cabeças do seu look. Só depois de chegar a alguma conclusão é que vale à pena compraralgo, já que assim as aquisições serão mais certeiras.

Conheça a si mesma e ao seu corpo

Na hora de se vestir, não é só estilo que importa, mas também quem é você! Pense bem no seu estilo de vida. Além disso, se encare no espelho e visualize o que gosta mais em si mesma. São os seus pontos fortes que deverão ser valorizados na hora de se vestir. Vale, também, pensar no que não gosta e quer disfarçar na hora de construir um look. As calças de cintura alta, por exemplo, alongam a silhueta. Já os decotes profundos ficam ótimos em quem tem um colo bonito.

Aposte em poucas e boas peças

Uma vez que você já conhece o próprio corpo e o próprio estilo, fica muito mais fácil sair para comprar roupas. Daí que vale a pena descartar tudo o que você não gosta ou não te valoriza (mesmo que esteja em alta) e manter no guarda-roupa apenas aquilo com o que você se sente linda. Se o estilo for casual, por exemplo, aposte em bons pares de jeans que deixem tudo no lugar (já viu os modelos que estão na liquidação?). Já as mais clássicas devem investir em peças de alfaiataria, que estão em alta deixam qualquer look mais elegante.

Aposte no hi lo na hora de construir o look

Quando falamos em hi lo por aqui não significa, necessariamente, um mix de peças caras e baratas. A mistura, aqui, é de elementos mais clássicos e atemporais (aqueles, aliás, que valem os investimentos mais altos) com outras peças que fazem parte das últimas tendências. Esse truque é o mais usado pelas famosas mais bem vestidas do mundo para manter a elegância até no visual mais fashionista. Essa equação, no entanto, depende do estilo de quem vai vestir. Se você é fashionista e ama a última moda, o ideal é se manter fiel à própria vontade e apenas pontuar o look com elementos clássicos, como um par de scarpins, por exemplo. Já se você é uma mulher mais clássica e gosta de manter o visual mais contido, pode incluir uma ou duas peças mais moderninhas, para rejuvenescer o visual.

Não tenha medo de usar nada!

Quando bater aquela dúvida sobre o fato de alguma peça ser ou não apropriada à sua idade, se pergunte se você ama aquele item. É essa a resposta que você precisa para incluir, ou não, aquele elemento no seu visual. Nunca deixe de usar nada (nem mesmo um short curto, por exemplo!) por restrições de faixa etária. O segredo é experimentar a peça. Se sentiu linda? Pode colocar para jogo!

(por Deborah Couto)

 

Acompanhe também as últimas notícias dos famosos pelo nosso Facebook.