Home
Últimas
Famosos Brasileiros
Famosos Internacionais
Famosos na praia
Filhos de famosos
Fotos de famosos
Vídeos
Sertanejo
Últimos Web Stories
Carnaval
Namoro
Instagram dos famosos
Look de famosos
Principais notícias
Todos os temas
Novelas
Novela Um Lugar ao Sol
Novela Quanto Mais Vida, Melhor
Novela Nos Tempos do Imperador
Novela Verdades Secretas
Novela Verdades Secretas II
Novela Carinha de Anjo
Novela Pantanal
Novela Além da Ilusão
Novela Reis
Resumo de novelas
TV
A Fazenda 13
BBB22
Masterchef Brasil
Reality Show
Domingão com Huck
Caldeirão
Mais Você
Encontro com Fátima
Fantástico
Séries
Casamento às Cegas Brasil
Round 6
Cinema
Séries e filmes
Tapete vermelho
Estreias
Oscar
Cannes
Festival do Rio
Angelina Jolie
Jennifer Aniston
Brad Pitt
Tom Cruise
Famosos
Bruna Marquezine
Marina Ruy Barbosa
Virginia Fonseca
Sasha
Anitta
Grazi Massafera
Ivete Sangalo
Kate Middleton
Meghan Markle
Marilia Mendonça
Camila Queiroz
Andressa Suita
Cleo
Sabrina Sato
Larissa Manoela
Paolla Oliveira
Casamento
Noivas
Looks para casamento
Make para casamento
Penteados para casamento
Beleza & Estilo
Cabelos
Maquiagem
Cuidados com a pele
Moda
Primavera/Verão
Outono/Inverno
Beleza & Estética
Saúde e Bem-estar
Beleza Madura
Dieta
Astrologia
Coluna É Trend!

Caso Daniella Perez: o que já se sabe sobre série que abordará assassinato da atriz e luta por justiça

A morte de Daniella Perez, filha de Gloria Perez, completará 30 anos em 2022. O caso que chocou o país ganhará uma série, produzida pela HBO, e será lançada no ano que vem. Confira tudo o que já sabemos sobre a produção.

Em 1992 o país se chocava com um crime comovente: o assassinato de Daniella Perez, filha de Gloria Perez, na época com 22 anos. Em 2022, a história completará 30 anos e ganhará uma série documental, produzida pela HBO. Com cinco capítulos, a produção contará com depoimentos de pessoas próximas a atriz, inclusive da mãe.

Segundo a colunista Patrícia Kogut, nomes como Claudia Raia, Fabio Assunção, Raul Gazolla, Cristiana Oliveira, Mauricio Mattar, Wolf Maya e Eri Johnson, além de advogados e autoridades envolvidas no caso. Gloria, que explicou que continuou que continuar trabalhando após a morte da filha a manteve viva, também falará no documentário.

Outro depoimento importante será o da produtora e assessora artística Marcela Nunes. Na época fã da atriz, a irmã do jogador Amaury Nunes foi a última pessoa a ter contato com a filha de Gloria Perez, no dia do assassinato ao ir aos estúdios tietar a artista.

Série abordará detalhes do crime de Daniella Perez, feminicídio e mais temas

A direção da série é de Tatiana Issa e Guto Barra. Nas redes sociais, Tatiana vem compartilhando momentos das gravações e revelou um motivo especial para a produção: justiça por Daniella. "Essa série é uma declaração de amor à Gloria Perez, uma mulher guerreira, uma mãe que nunca desistiu de lutar pela justiça da filha assassinada de forma tão brutal", escreveu a diretora.

Além disso, Tatiana explicou que a produção também abordará pontos importantes, como feminicídio, culpabilização da vítima e a participação da mídia no caso. "Uma mulher que conseguiu mudar uma lei no país pela sua força e dor imensurável. Essa série trata de tópicos importantes como feminicídio, a culpabilização da vítima, do circo midiático, dos detalhes do crime, etc... mas sobretudo conta a história da luta de uma mãe, que mesmo depois de 30 anos, continua lutando como uma leoa".

Daniella Perez foi morta em 1992, aos 22 anos
Daniella Perez foi morta em 1992, aos 22 anos

Crime de Daniella Perez chocou o Brasil: Guilherme de Pádua planejou morte da atriz

Em 1992, Daniella Perez protagonizava a novela "De Corpo e Alma" ao lado de Guilherme de Pádua, de 23 anos. Segundo depoimentos, o ator assediou a atriz com o objetivo de se beneficiar do relacionamento entre os dois, já que a jovem era filha da autora da trama.

Em dezembro do mesmo ano, após receber os capítulos da última semana do mês, Guilherme percebeu que não aparecia em dois. Temendo estar perdendo espaço na trama por causa de Daniella, o artista começou a pressionar a jovem para que ela pedisse mais espaço a ele para a mãe.

No dia 28, Guilherme e Daniella gravaram as últimas cenas do casal no estúdio. Ao terminar, o ator voltou ao seu apartamento para buscar lençol, travesseiro e a esposa, Paula Thomaz, de 19 anos, na época grávida de 4 meses.

Os dois retornaram aos estúdios e Guilherme terminou de gravar suas cenas do dia. No final, o ator esperou Daniella sair das gravações e, quando a atriz parou em um posto de gasolina, ele a fechou com o carro. Quando Daniella saiu para cobrar explicações, Guilherme deu um soco e a deixou desacordada.

Em seguida, ele a colocou no carro que a esposa estava dirigindo e conduziu o veículo de Daniella até um terreno baldio da Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio. Lá, Daniella foi morta com 18 estocadas que atingiram o pulmão, o coração e o pescoço. Moradores da região que estranharam a movimentação dos carros em um local abandonado ligaram para a polícia. Um deles, anotou as placas dos carros, que levaram os investigadores até Guilherme.

Guilherme foi condenado a 19 anos de prisão por homicídio qualificado, de motivo torpe e impossibilidade de defesa da vítima. Já Paula foi condenada a 16 anos. Ambos saíram da cadeia mais cedo, em 1999.

Em 1992, Daniella tinha um relacionamento com Raul Gazolla
Em 1992, Daniella tinha um relacionamento com Raul Gazolla

Gloria Perez muda a lei: autora e viúvo da atriz ganham processo contra Guilherme de Pádua e Paula Thomaz

Após a morte da filha, Gloria Perez conseguiu mais de 1 milhão de assinaturas para mudar a Lei dos Crimes Hediondos. Com isso, o homicídio hediondo, praticado por motivo torpe ou fútil, ou cometido com crueldade, passou a ser inafiançável. E será ao redor dessa mudança na Constituição que a série da HBO contará a história.

Em 2016, Gloria Perez e Raul Gazolla ganharam um processo por danos morais contra Guilherme e Paula Thomaz. Os dois foram indenizados em cerca de R$ 480 mil. Além disso, o ex-casal (que se separou durante o tempo na prisão) teve que arcar com as despesas do sepultamento e funeral de Daniela, no valor de cinco salários mínimos, além das custas processuais e honorários dos advogados.

Tatiana Issa compartilha momentos dos bastidores nas redes sociais
Tatiana Issa compartilha momentos dos bastidores nas redes sociais

Como estão Guilherme de Pádua e Paula Thomaz atualmente

Depois que saiu da prisão, Guilherme de Pádua se casou mais duas vezes e começou a trabalhar em uma igreja evangélica em Belo Horizonte. Atualmente, ele é pastor no mesmo local. Recentemente, o nome do ex-ator ficou entre os mais comentados das redes sociais após surgir em manifestações de apoio ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Na ocasião, Guilherme fez um vídeo como resposta para quem o criticou. "Muita gente me perguntando como posso apoiar o Bolsonaro sendo quem eu sou, porque segundo eles, Bolsonaro é muito rígido, e eu ficaria pra sempre na cadeia ou muito mais tempo do que fiquei. Quando se trata de política, povo, sociedade, não posso ver só os meus interesses. Tenho parentes. Vou ter talvez filhos, netos. Eu tenho pai, mãe, primos, tios. Eu quero o melhor para a sociedade. Preciso escolher um político que não seja corrupto, que não roube o dinheiro do povo, porque isso, sim, aumenta a violência".

Já Paula se formou em Direito após a prisão e se casou com um advogado. No ano passado, uma notícia envolvendo a filha mais nova de Paula revoltou Gloria Perez. A menina de seis anos faz parte de uma agência de talentos protagonizando campanhas publicitárias e anúncios de marcas infantis.

Gloria Perez reagiu de maneira negativa à notícia e Paula abriu uma queixa-crime contra a autora. Até o início deste ano o inquérito seguia em fase de diligências e não havia virado um processo.

Acompanhe também as últimas notícias dos famosos pelo nosso Facebook.