Diversidade e moda sustentável marcam a semana de moda paulistana
Publicado em 24 de outubro de 2018 16:00
Por Purepeople
Muito além da aparência, o São Paulo Fashion Week discute, nessa edição, temas como a sustentabilidade na cadeia produtiva, a representatividade e diversidade dentro e fora das passarelas. A semana já começou marcada por manifestos pela liberdade e novas formas de praticar a sustentabilidade na moda. Confira tudo o que está rolando nesta edição e fique por dentro!
Diversidade e sustentabilidade na passarela do SPFW: beijaço no desfile de Ronaldo Fraga
Diversidade e sustentabilidade na passarela do SPFW: a top model Lea T. no desfile de Ronaldo Fraga
Diversidade e sustentabilidade na passarela do SPFW: desfile de Ronaldo Fraga se baseou na cultura judaica
Célio Dias é o nome por trás da LED e trabalha com tons vibrantes, moda sem gênero e pegada sustentavél, além de um artesanal contemporâneo
As cores vibrantes e a pegada artesanal fazem parte do DNA da marca
Para esta temporada a LED se inspirou num nordeste descontruído
Karine Fouvry apostou no crochê em desfile que tem referências africanas
A Borana, também do projeto top 5, foi outra das marcas que investiram no crochê
Amir Slama trouxe uma pegada tropical para o seu beachwear
Diversidade e sustentabilidade na passarela do SPFW: Laura Neiva com pegada tropical do desfile da PatBo
Veja + após o anúncio

A diversidade nos castings dos desfiles -- uma das abordagens de Rihanna na NY Fashion Week, por exemplo -- e também no público das semanas de moda está cada vez mais evidente. Nos desfiles o movimento pode ser conferido em passarelas das marcas mais conservadoras até as mais vanguardistas. A representatividade não é tema novo para o mundo da moda (nem para o mundo, ponto), mas ainda precisa ser reforçada para que "pegue" em todas as esferas da vida cotidiana. O tema foi abordado, por exemplo, pelo designer mineiro Ronaldo Fraga. Fraga se inspirou na cidade de Tel Aviv (Israel) e na cultura judaica para criar uma coleção que trazia peixes e estrelas bordados nos looks. Diverso, o casting contou com a modelo Lea T., pessoas de diferentes idades, etnias e gêneros. O desfile ainda contou com manifestações de viés político, como um homem portanto no braço, como tipóia, uma bandeira do Brasil, representando o momento político do país e teve, ainda, beijaço (incluindo beijo gay). O show foi finalizado com os convidados ao redor de uma mesa para um banquete típico. "É muito emocionante e interessante observar como Ronaldo manda suas mensagens de maneira criativa e sem agredir ninguém", acredita o consultor de moda Arlindo Grund, presente na fila A do desfile.

Sustentabilidade e política

Além do Estufa, outro grupo de novos talentos faz parte do line-up da semana paulistana. O projeto Top 5, uma parceria do São Paulo Fashion Week com o Sebrae, leva novos talentos de todos os cantos do país para a maior semana de moda do país e tem foco em uma cadeia produtiva sustentável para pensar o futuro da moda. Nesta edição a mineira LED, do designer Célio Dias, se destacou pela proposta sem gênero e sustentável que sua grife propõe. "O desfile trouxe o nordeste como inspiração e teve o objetivo de falar de representatividade e desmistificar a figura do 'cabra macho'", conta Célio. A marca, que nasceu sem gênero ("um assunto já ultrapassado", acredita Célio) trabalha com cores vibrantes desde o início e, segundo Célio, busca traçar um mix de tecnologia com artesanato, sobretudo com o crochê. "Entendo que consegui dar uma cara contemporânea para esse trabalho que, muitas vezes, é considerado vintage. Célio, que se destacou na semana de moda também por usar uma t-shirt com o dizer "Ele não" para sua entrada final na passarela, conta que o posicionamento "em prol da humanidade e da empatia", está no DNA da marca que consegue crescer levantando essa bandeira. "Não é simplesmente uma questão política, mas humana", diz. Em alta nesta temporada, o crochê também apareceu na coleção da designer Karine Fouvry, que apostou em um desfile todo artesanal com looks em off white que remetem, também, ao nordeste e, sobretudo, à contribuição africana na cultura nordestina.

Tropicalismo

A pegada tropical vem quente para o próximo verão. Veterano no mundo do beachwear, Amir Slama foi dos designers que apostaram nos babados, na latinidade, e nas estampas de flores e folhas. Outra que apostou nessa vibe foi a designer Patricia Bonaldi. Com uma atmosfera cheia de feminilidade, babados e borogodó, a marca apresentou os vestidos estampados pelos quais é famosa, além de uma recente linha de beachwear.

Palavras-chave
Moda Beleza Semana de moda Tendência
Sobre o mesmo tema
'BBB 24': esses 6 participantes ativaram o modo 'planta' em 2 semanas de reality e ainda não mostraram a que vieram
'BBB 24': esses 6 participantes ativaram o modo 'planta' em 2 semanas de reality e ainda não mostraram a que vieram
22 de janeiro de 2024
'BBB 24': Volta do Poder Curinga e emparedado pelo Anjo marcam a dinâmica da semana. Saiba mais!
'BBB 24': Volta do Poder Curinga e emparedado pelo Anjo marcam a dinâmica da semana. Saiba mais!
15 de fevereiro de 2024
Notícias similares
'Parece camisinha de chocolate': Gkay escolhe vestido de látex marrom para evento de moda em Paris e divide opiniões. Fotos!
'Parece camisinha de chocolate': Gkay escolhe vestido de látex marrom para evento de moda em Paris e divide opiniões. Fotos!
24 de junho de 2024
Anabela está na moda! Veja as melhores opções da sandália do momento
Anabela está na moda! Veja as melhores opções da sandália do momento
19 de junho de 2024
Últimas Notícias
Quase ninguém sabe, mas Aracy da Top Therm tem uma história linda de amor e é MUITO mais do que a 'voz da marca'
Quase ninguém sabe, mas Aracy da Top Therm tem uma história linda de amor e é MUITO mais do que a 'voz da marca'
15 de julho de 2024
Eliana é assassina de Egídio em 'Renascer'? Nova esposa do vilão faz jogo de sedução para despistar intenção de crime
Eliana é assassina de Egídio em 'Renascer'? Nova esposa do vilão faz jogo de sedução para despistar intenção de crime
15 de julho de 2024
Últimas Notícias