Home
últimas
Famosos Brasileiros
Famosos Internacionais
Famosos na praia
Filhos de famosos
Fotos de famosos
Vídeos
Namoro
Instagram dos famosos
Principais notícias
Todos os temas
Novelas
Novela Amor de Mãe
Novela Éramos Seis
Novela Salve-se Quem Puder
Malhação - Toda Forma de Amar
As Aventuras de Poliana
Novela Amor Sem Igual
Resumo de novelas
TV
BBB20
Domingão do Faustão
Masterchef Brasil
Caldeirão do Huck
Mais Você
Encontro com Fátima
Fantástico
Cinema
Tapete vermelho
Estreias
Oscar
Cannes
Festival do Rio
Angelina Jolie
Jennifer Aniston
Brad Pitt
Tom Cruise
Leonardo Dicaprio
Famosos
Bruna Marquezine
Marina Ruy Barbosa
Sasha
Anitta
Grazi Massafera
Ivete Sangalo
Kate Middleton
Meghan Markle
Marilia Mendonça
Gusttavo Lima
Camila Queiroz
Sabrina Sato
Michel Teló
Juliana Paes
Beleza & Estilo
Cabelos
Make
Moda
Dieta & Saúde
Beleza & Estética
Carnaval

Daniel Alves reage contra racismo e ganha elogio da presidente Dilma Rousseff

Daniel Alves desabafou em entrevista ao 'La Marca': 'Há 11 anos convivo com isso na Espanha. Temos que rir desses retardados'. Durante o jogo deste domingo, 27 de abril de 2014, um torcedor jogou uma banana no brasileiro
23 fotos
Iniciar o slideshow
Daniel Alves desabafou em entrevista ao 'La Marca': 'Há 11 anos convivo com isso na Espanha. Temos que rir desses retardados'. Durante o jogo deste domingo, 27 de abril de 2014, um torcedor jogou uma banana no brasileiro

A imagem saiu dos campos e ganhou destaque no mundo todo. Um torcedor jogou uma banana no gramado quando Daniel Alves, aos 35 minutos do segundo tempo, ia bater um escanteio, durante a vitória de 3 a 2 do Barcelona sobre o Villarreal, pelo campeonato espanhol, neste domingo (27).

O jogador do Barcelona reagiu de forma surpreendente com a situação racista. Ele comeu a banana e, ainda mastigando a fruta, deu continuidade ao jogo. Em entrevista ao "Marca", desabafou: "Há 11 anos convivo com isso na Espanha. Temos que rir desses retardados".

O lateral também postou o vídeo da cena nas suas redes sociais debochando sobre o ocorrido: "Meu pai sempre me falava: filho, come banana que evita cãibra (risos). Como adivinharam isso? hahaha #somosmaisqueisso #ficaadica".

Neymar, amigo pessoal e companheiro de equipe de Daniel, logo se solidarizou na Internet. O atacante postou uma foto nas redes sociais segurando uma banana ao lado do filho. O menino também segura uma banana, só que de pelúcia, na imagem.

"Somos todos iguais, somos todos macacos. Racismo não!!! We are all monkeys, we are all the same. Say no to racism!! É uma vergonha que em 2014 exista o preconceito. Tá na hora da gente dizer um chega pra isso! A forma de me expressar para ajudar que um dia isso acabe de uma vez por todas é fazer como o @danid2ois fez hj !! Se você pensa assim também, tire uma foto comendo uma banana e vamos usar o que eles têm contra a gente a nosso favor. #somostodosmacacos #weareallmonkeys #somostodosmonos", escreveu Neymar, lançando a campanha na web.

O movimento logo ganhou inúmeras imagens no Instagram e Twitter, incluindo a participação de famosos como Luciano Huck, Angélica, Michel Teló, Ivete Sangalo, Leticia Spiller e Claudia Leitte. "Genial a atitude do Daniel Alves. Presença de espírito. Desprezo por quem cultiva qualquer tipo de sentimento racista", escreveu Huck. Marcelo Falcão não posou com a fruta, mas elogiou a atitude do atleta: "Daniel Alves tirou muita onda e deu a maior lição nos seres mais desprezíveis do universo comendo aquela banana!".

Namorada de Daniel, a atriz Thaíssa Carvalho também deixou a sua mensagem: "Admirável como sempre. Orgulho. Porém, é muito triste ver que nos dias de hoje isso ainda acontece".

Nesta segunda-feira (28), a presidente Dilma Rousseff comentou, através do Twitter, sobre a reação do lateral direito do Barcelona e jogador da Seleção Brasileira ao ato de racismo. "O jogador Daniel Alves deu uma resposta ousada e forte ao racismo no esporte. Diante de uma atitude que infelizmente tem se tornado comum nos estádios, Daniel Alves teve atitude. Vamos mostrar que nossa força, no futebol e na vida, vem da nossa diversidade étnica e dela nos orgulhamos. #CopaSemRacismo".

Racismo recorrente

Esta não foi a primeira vez que acontece uma atitude racista contra o brasileiro. Uma casca de banana foi atirada no gramado do estádio Cornella El Prat, do Espanyol, no dia 30 de março, em uma vitória do Barcelona. Na época, a imprensa local afirmou que os alvos seriam Daniel e Neymar.

No dia 13 de abril, Neymar passou por momento constrangedor. Ao chegar no Camp Nou, estádio do Barcelona, na Espanha, o atacante foi recepcionado com insultos racistas vindos de torcedores irritados com uma derrota.

Acompanhe também as últimas notícias dos famosos pelo nosso Facebook.