Mulheres unidas! No Dia do Amigo, veja como valorizar suas amizades femininas
Publicado em 20 de julho de 2018 11:32
Por Marilise Gomes | Beleza & Estilo
Ama escrever sobre beleza, estilo, TV e astrologia. Curiosa, sabe que a autenticidade é segredo para o melhor look do dia.
Nesta sexta-feira (20), data em que o Dia do Amigo é comemorado no Brasil, o Purepeople aborda com mulheres ativas no feminismo - Vicky Régia, editora da Capitolina, e Bruna de Lara, dona da página "Livre de Abuso", ex-integrante do coletivo "Não me Kahlo" e coautora de"#MeuAmigoSecreto - questões relacionadas às amizades femininas, como a necessidade do fim da rivalidade entre as mulheres e a prática da sororidade.
É importante estimular a ideia de que as mulheres juntas são, sim, mais fortes
Tente se comparar menos e valorizar o que você e outras mulheres têm de melhor e único
Mulheres engajadas no feminismo inspiram e incentivam a fortalecer laços importantes
É importante aceitar a diversidade de personalidades e corpos
'Ficar se comparando com outras meninas é uma forma de tentar se sentir superior quando, na verdade, a gente se sente é completamente perdida, sem autoconfiança. Isso é prejudicial pra todas as mulheres', explica Bruna de Lara, dona da página 'Livre de Abuso'
'Apoiem umas às outras. Às vezes um pequeno 'eu já passei por isso, tudo bem se sentir assim, você não está sozinha' já faz uma diferença enorme da vida de uma mulher que está passando por dificuldades, completou Bruna
Veja + após o anúncio

Quantas amigas você tem? Já achou que era rival de alguma mulher? Com palavras como empoderamento e sororidade cada vez mais em voga no cenário atual, a importância de estimular amizades femininas se faz mais presente. Por isso, no Dia do Amigo, comemorado nesta sexta-feira (19), o Purepeople conversa com mulheres engajadas no feminismo para te inspirar e incentivar a fortalecer esses laços tão importantes. "Desde pequenas, as mulheres são muito incentivadas a essa questão da rivalidade feminina, a ver a outra não como uma companheira, uma amiga, mas como uma rival. Sempre foi ensinado para gente que, como a mulher sempre esteve em desvantagem ao homem, sempre só teria uma espaço para uma e não para todas nós. Crescemos ouvindo que a outra ganhasse, não ia ter espaço para nós. E isso não pode estar mais longe da verdade", opina Vicky Régia, editora da Capitolina e coautora dos livros "Capitolina - O poder das Garotas" e "Capitolina - O mundo é das garotas".

Comparações devem ser evitadas: 'A gente se coloca para baixo'

Outro passo para fortalecer os laços com mulheres ao redor é aceitar a diversidade de personalidades e corpos, que vem se refletindo até nas passarelas. Então, que tal tentar se comparar menos e valorizar o que você e outras mulheres têm de melhor e único? "Ficar se comparando com outras meninas é uma forma de tentar se sentir superior quando, na verdade, a gente se sente é completamente perdida, sem autoconfiança. Isso é prejudicial pra todas as mulheres. Fazendo essas comparações e esses julgamentos uma sobre as outras, a gente se coloca pra baixo e coloca as outras pra baixo. No fundo, todo mundo sai perdendo. Falar mal da coleguinha por causa da roupa dela, do jeito que ela fala ou qualquer coisa do tipo não vai te fazer uma pessoa melhor ou mais segura – muito pelo contrário", pondera Bruna de Lara, dona da página "Livre de Abuso", ex-integrante do coletivo "Não me Kahlo" e coautora de"#MeuAmigoSecreto: feminismo além das redes".

Empatia é palavra-chave: 'Só nós, mulheres, sabemos o que passamos'

A prática de se colocar no lugar de outra mulher para tentar entender suas perspectivas também é fundamental. "Só nós, mulheres, sabemos o que é passar por certas situações, como os assédios na rua, no trabalho e na escola; a constante interrupção dos homens quando tentamos falar sobre alguma coisa que nos diz respeito ou sobre política; a violência que sofremos em relacionamentos íntimos; as dificuldades de viver plenamente nossa sexualidade, segundo nossos desejos, em uma sociedade que nos divide entre santas e putas. Apoiem umas às outras. Às vezes um pequeno "eu já passei por isso, tudo bem se sentir assim, você não está sozinha" já faz uma diferença enorme da vida de uma mulher que está passando por dificuldades", diz Bruna. Vicky acrescenta ainda a importância de levar a questão para a infância e a adolescência. "Converso muito em escolas, com ensino fundamental e médio e trago essas questões através de palestras, estimular as adolescentes a entenderem esse mundo ainda desigual para mulheres, pessoas negras e LGBT, mas que ainda tem solução. E estimular essa ideia de que as mulheres juntas são, sim, mais fortes. É muito importante trabalhar essas noções com as crianças e adolescentes desde muito cedo", afirma.

(Por Marilise Gomes)

Palavras-chave
Mulher Principais notícias Entrevista
Sobre o mesmo tema
'BBB 24': Vanessa Lopes reclama que não tem amigas mulheres, diz que está na xepa por falta de amizades e web reage: 'Sonsa'
'BBB 24': Vanessa Lopes reclama que não tem amigas mulheres, diz que está na xepa por falta de amizades e web reage: 'Sonsa'
16 de janeiro de 2024
6 cirurgias em um dia e 30 injeções de ácido hialurônico: mulher com os maiores lábios do mundo choca web e recebe alerta de médicos
6 cirurgias em um dia e 30 injeções de ácido hialurônico: mulher com os maiores lábios do mundo choca web e recebe alerta de médicos
8 de maio de 2024
Notícias similares
Ana Hickmann 'domina' comentários de nova foto de Edu Guedes em dia especial: 'Depois de tudo que ela passou'
Ana Hickmann 'domina' comentários de nova foto de Edu Guedes em dia especial: 'Depois de tudo que ela passou'
8 de março de 2024
Caso tio Paulo: aos prantos, sobrinha que levou idoso morto a banco faz apelo em entrevista na TV
Caso tio Paulo: aos prantos, sobrinha que levou idoso morto a banco faz apelo em entrevista na TV
5 de maio de 2024
Últimas Notícias
Eva é atriz! Filha de Angélica e Luciano Huck estreia no teatro e apresentadora vibra: 'Talentosa'
Eva é atriz! Filha de Angélica e Luciano Huck estreia no teatro e apresentadora vibra: 'Talentosa'
16 de junho de 2024
Vai começar a caminhar? Saiba como escolher o headphone certo para atividades físicas ao ar livre
Vai começar a caminhar? Saiba como escolher o headphone certo para atividades físicas ao ar livre
16 de junho de 2024
Últimas Notícias