Home
Últimas
Famosos Brasileiros
Famosos Internacionais
Famosos na praia
Filhos de famosos
Fotos de famosos
Vídeos
Últimos Web Stories
Sertanejo
Namoro
Instagram dos famosos
Principais notícias
Todos os temas
Novelas
Novela Império
Novela A Vida da Gente
Novela Gênesis
Novela Salve-se Quem Puder
Novela Nos Tempos do Imperador
Novela A Viagem
Resumo de novelas
TV
Power Couple
BBB21
Domingão do Faustão
Caldeirão do Huck
Mais Você
Encontro com Fátima
Fantástico
Cinema
Tapete vermelho
Estreias
Oscar
Cannes
Streaming
Festival do Rio
Angelina Jolie
Jennifer Aniston
Brad Pitt
Tom Cruise
Famosos
Bruna Marquezine
Marina Ruy Barbosa
Sasha
Anitta
Grazi Massafera
Ivete Sangalo
Kate Middleton
Meghan Markle
Marilia Mendonça
Gusttavo Lima
Andressa Suita
Sabrina Sato
Larissa Manoela
Juliette
Casamento
Noivas
Looks para casamento
Make para casamento
Penteados para casamento
Beleza & Estilo
Cabelos
Maquiagem
Cuidados com a pele
Moda
Primavera/Verão
Outono/Inverno
Beleza & Estética
Saúde e Bem-estar
Dieta

Moda em Milão: grifes apostam em franjas, meias e feminismo no inverno 2019

Franjas, meias e estampas feministas são destaques da Semana de Moda em Milão para o outono e inverno 2019
53 fotos
Iniciar o slideshow
Franjas, meias e estampas feministas são destaques da Semana de Moda em Milão para o outono e inverno 2019
Gucci, Dolce e Gabbana e Grinko inovaram nas passarelas da semana de moda, encerrada nesta segunda-feira (26)

Franjas e meias foram as grandes protagonistas dos desfiles da Semana de Moda em Milão, outono e inverno 2019. Na passarela, grifes como Bluemarine e Roberto Cavalli investiram nas franjas repaginadas com brilho - em vestidos fluídos - ou apenas em detalhes das peças como nas mangas e golas, enquanto a Prada apostou no neon com toque futurista. Já as meias virão em diferentes formas. Soquetes ou em calças, ela promete aparecer de maneira divertida com diferentes cores, texturas e tamanhos. Emilio Pucci e Marco de Vicenzo foram as grifes que deram destaque a moda. No mês passado, Paris levantou a tendência dos quadriculados, transparência e peças de dominó.

Desfile Gucci impressiona com 'criaturas misteriosas'

Precisamos falar da Gucci! A marca conquistou o público com modelos segurando cabeças decapitadas, filhotes de dragões realistas e cobras em um cenário semelhante ao de uma sala de operação, enquanto espectadores assistiam a obra das cadeiras de plástico, como as de uma sala de espera. Outro motivo para a grife estar causando comentários é sua doação de 500 mil dólares, cerca de R$ 1,6 milhões, para a "March for Our Lives Gun Control Rally", uma marcha de estudantes, em Washington, nos Estados Unidos, em prol do controle de armas, após um ex-aluno de uma escola da Flórida matar 17 pessoas em ataque a tiros. "Eu estou muito comovido com a coragem desses estudantes. O meu amor está com eles e estará também no dia 24 de março (dia da marcha)", disse Alessandro Michele, diretor criativo.

Drones e filhotes de cachorro roubam a cena

A inovação esteve muito presente nos desfiles. No domingo (25), a Dolce e Gabbana, grife queridinha de Grazi Massafera, Marina Ruy Barbosa e Neymar, fotografado usando conjunto animal print de R$ 7 mil, surpreendeu ao substituir modelos por drones para exibir a nova coleção de bolsas outono e inverno. Gigi Hadid apareceu inúmeras vezes na passarela. Apostando na tendência dos looks felpudos, a loira levou consigo para a pista um filhote de buldogue inglês, roubando a cena do show no desfile da Tod's, na sexta-feira (23).

Designer russo alerta em desfile: 'Pare a violência contra a mulher'

No mesmo dia, a Grinko chamou atenção ao fazer um desfile de peças em moletom com protesto pedindo o fim da agressão contra as mulheres. "Pare a violência contra a mulher", dizia a estampa dos looks. Em recentes premiações como British Academy Film Awards e o Globo de Ouro 2018, as famosas aderiram ao movimento Time's Up e investiram na cor preto como protesto contra o abuso sexual, assédio sexual em Hollywood e desigualdade de gênero.

Modelos encarnam ex-primeira dama e Marilyn Monroe por Moschino

Na Prada, a modelo Anok Yai fez história ao ser a segunda mulher negra a abrir um desfile da marca, realizado na quinta-feira (22). A primeira vez foi em 1997, com Naomi Campbell. A marca trouxe um clima futurista para a passarela com looks com plástico e tule com cartela de cores fluorescente. No mesmo dia, a Moschino também deu o que falar ao transformar as modelos em Jacqueline Kennedy e Marilyn Monroes. Looks em linhas retas, muito usados pela ex-primeira dama dos EUA, ganhou sensualidade com brilho e cetim, recordando o estilo usado pela estrela de cinema de Hollywood.

(Por Rahabe Barros)

Acompanhe também as últimas notícias dos famosos pelo nosso Facebook.