Home
Últimas
Famosos Brasileiros
Famosos Internacionais
Famosos na praia
Filhos de famosos
Fotos de famosos
Vídeos
Últimos Web Stories
Sertanejo
Namoro
Instagram dos famosos
Principais notícias
Todos os temas
Novelas
Novela Império
Novela A Vida da Gente
Novela Gênesis
Novela Salve-se Quem Puder
Novela Nos Tempos do Imperador
Novela A Viagem
Resumo de novelas
TV
Power Couple
BBB21
Domingão do Faustão
Caldeirão do Huck
Mais Você
Encontro com Fátima
Fantástico
Cinema
Tapete vermelho
Estreias
Oscar
Cannes
Streaming
Festival do Rio
Angelina Jolie
Jennifer Aniston
Brad Pitt
Tom Cruise
Famosos
Bruna Marquezine
Marina Ruy Barbosa
Sasha
Anitta
Grazi Massafera
Ivete Sangalo
Kate Middleton
Meghan Markle
Marilia Mendonça
Gusttavo Lima
Andressa Suita
Sabrina Sato
Larissa Manoela
Juliette
Casamento
Noivas
Looks para casamento
Make para casamento
Penteados para casamento
Beleza & Estilo
Cabelos
Maquiagem
Cuidados com a pele
Moda
Primavera/Verão
Outono/Inverno
Beleza & Estética
Saúde e Bem-estar
Dieta

Mais uma! Diane von Furstenberg não usará mais pele de animais em suas coleções

A conscientização ambiental na indústria da moda vem crescendo! A grife norte-americana Diane von Furstenberg decidiu parar de usar pele de animais em suas coleções e procurar substituir por peles fakes. A iniciativa é praticamente uma tendência no mundo fashion, já que grifes como Versace e Burberry também pararam de explorar animais. A Burberry, inclusive, comprometeu-se a queimar peças de coleções antigas que ficam paradas no estoque.

Depois de a Versace abolir a fabricação de roupas feitas com pele de animal e da Burberry, que além de parar de explorar os bichos, também decidiu que irá se esforçar para suspender a queima de peças de coleções antigas que ficam encalhadas no estoque, a mais nova grife a entrar para a moda sustentável é a DVF - Diane von Furstenberg. Em comunicado oficial, a CEO da marca, Sandra Campos, disse à revista WWD que a mudança será colocada em prática já na coleção de 2019, com a proposta de atender ao desejo do consumidor por uma moda ética. "É hora de fazer esta mudança e ter a responsabilidade de não promover matança de animais em nome da moda".

Grife produzia peças com peles exóticas

De acordo com a WWD, menos de 15% das coleções de outono e inverno da grife, desde 2015, incluíam peles de animais, principalmente em casacos e sobretudos. Mas, por causa do desejo do consumidor pelo consumo de uma moda ética e consciente, a DVF decidiu parar totalmente com o uso de peles exóticas, mohair, angorá e pelo. "Estamos comprometidos em apoiar a mudança para uma indústria de moda mais ética e sustentável, oferecendo ao consumidor alternativas inovadoras e sofisticadas", disse.

Parceria com entidades ajudará na substituição das peles

Com a mudança, a DVG agora é parceira da Sociedade Humana dos Estados Unidos e do PETA (No português, quer dizer "Pessoas pela Ética no Tratamento de Animais"), além do Conselho de Estilistas da América: essas entidades vão colaborar na prática de sustentabilidade e na substituição das peles de animais por peles artificiais, chamadas de fake fur. "Estou muito animada que a tecnologia nos deu uma maneira de sermos igualmente glamourosos com pele falsa", comemorou à WWD.

Osklen também está na tendência de moda sustentável

Entre as grifes brasileiras, a Osklen se aproxima do universo de moda consciente. Recentemente, a marca informou que utiliza couro de animais para aprimorar os acessórios, mas deixou claro que a pele é aderida por meio de descartes. Além disso, no processo de criação das roupas da nova coleção, a marca fez um trabalho desenvolvido com cooperativas, algodão reciclado, fibras de algodão orgânico e pet.

(Por Beatriz Doblas)

Acompanhe também as últimas notícias dos famosos pelo nosso Facebook.