Home
últimas
Famosos Brasileiros
Famosos Internacionais
Famosos na praia
Filhos de famosos
Fotos de famosos
Vídeos
Namoro
Instagram dos famosos
Principais notícias
Todos os temas
Novelas
Novela O Sétimo Guardião
Novela O Tempo Não Para
Novela Espelho da Vida
Malhação - Vidas Brasileiras
As Aventuras de Poliana
Resumo de novelas
Novela Jesus
Novela Verão 90
Novela Órfãos da Terra
TV
Domingão do Faustão
BBB19
Mais Você
Encontro com Fátima
Caldeirão do Huck
Fantástico
Cinema
Tapete vermelho
Estreias
Oscar
Cannes
Festival do Rio
Angelina Jolie
Jennifer Aniston
Brad Pitt
Tom Cruise
Leonardo Dicaprio
Famosos
Bruna Marquezine
Marina Ruy Barbosa
Sasha
Anitta
Grazi Massafera
Ivete Sangalo
Giovanna Antonelli
Meghan Markle
Chay Suede
Letícia Colin
Camila Queiroz
Sabrina Sato
Michel Teló
Juliana Paes
Cabelos
Make
Moda
Dieta & Saúde
Beleza & Estética

Dado Dolabella prestará depoimento sobre suposta agressão: 'Não devo nada'

O caso envolvendo a suposta agressão de Dado Dolabella a um produtor de "Vitória", próxima novela da Record, ganhou um novo episódio. O profissional do canal registrou uma queixa contra o ator na 42ª DP (Recreio dos Bandeirantes) por lesão corporal e ameaça. A confusão teria acontecido durante as gravações do folhetim ocorridas recentemente na ilha de Curaçao, no Caribe.

Veja também

Em seu relato, o produtor Carlos Henrique Andrade de Araújo afirma que Dado se aborreceu com uma integrante da equipe da novela porque não havia café nos bastidores. Irritado, o ator xingou a produção e a mulher começou a chorar. Carlos foi, então, acalmá-la e Dado não gostou dessa postura. O produtor teria sido empurrado em uma escada e, por causa disso, torcido o pé.

"A vítima foi ouvida e encaminhada para exame de corpo de delito. Convocamos agora a mulher que teria chorado após a ofensa de Dado e outras pessoas que estavam no local. Posteriormente, vamos chamar o ator também", informa ao Purepeople o delegado Marcos Cipriano, responsável pelo caso. Questionado, o titular da 42ª DP disse que a vítima não apresentava ferimentos visíveis ao prestar a queixa.

Outra versão

Em entrevista ao Purepeople, Dado já havia negado a agressão e classificado a notícia como "intriga da oposição". Com a informação de que a polícia irá convocá-lo, o ator conversou novamente com nossa reportagem.

"Que coisa maluca! Não recebi nenhuma notificação, mas, se for chamado, vou com certeza. Não devo nada a ninguém e não teve nada disso. Quem não deve, não teme", minimiza o ator. "Não sei se ele (o produtor) quer mídia ou ser mandado embora. Se quer sair da Record. Só sei que está querendo problema para a vida dele". Procurada, a Record disse que não irá se pronunciar sobre o caso.

Segundo o delegado Marcos Cipriano, se for comprovado que não houve agressão, Dado poderá abrir um processo contra o produtor por difamação. Mas, se a conclusão for que ele realmente empurrou o profissional, o artista responderá pelo crime de lesão corporal.

Gravações

Em "Vitória", novela escrita por Cristiane Fridmann, Dado integra o triângulo amoroso principal da história. Seu personagem disputa o amor da mocinha, vivida por Thaís Melchior, com Artur (Bruno Ferrari), um jovem cadeirante.

Segundo o ator, as gravações em Curaçao foram ótimas. "Nunca tive um ambiente de trabalho tão legal em toda a minha vida. Nunca tive uma equipe de novela tão comprometida com o trabalho. Há pessoas talentosíssimas em todos os setores da novela", elogia.

Histórico de confusões

Caso se confirme, o novo episódio entrará para o histórico de confusões que Dado possui. Uma das polêmicas mais antigas aconteceu em 2003, quando ele brigou com João Gordo durante a gravação "Gordo a Go-Go", na MTV. O apresentador ironizou o CD que Dado lançava na época e, assim, se iniciou uma briga, com direito a empurrões, insultos e quebra quebra no cenário.

A confusão mais conhecida, no entanto, envolve Luana Piovani, de quem ele foi noivo. Em 2008, a atriz estreava uma peça e, na montagem, ficava com os seios de fora. Dado teria ficado com ciúmes e brigou com a noiva. A camareira Esmeralda de Souza Honório tentou defender Luana e acabou tendo o braço imobilizado após ser empurrada por Dado.

Após muitas idas e vindas na Justiça, o STJ manteve a condenação do ator a nove meses de prisão pela agressão à Luana, tendo como base a Lei Maria da Penha. Dado, no entanto, não irá cumprir pena. A agressão aconteceu em 2008 e a pena prescreveu em quatro anos, ou seja, em 2012. Já para Esmeralda, ele terá que indenizá-la em R$ 40 mil, mais correção monetária.

O histórico conta ainda com uma confusão com a modelo Viviane Sarahyba, com quem Dado se casou após o romance com Luana Piovani. Ela o processou na Justiça por supostas agressões físicas que sofria no período em que ficou com o ator. Ele, no entanto, foi absolvido da acusação pela Justiça. "A verdade demora e não é tão polêmica quanto a mentira, mas vem à tona", comemorou Dado na época da decisão.

(Por Anderson Dezan)

Acompanhe também as últimas notícias dos famosos pelo nosso Facebook.