Home
últimas
Famosos Brasileiros
Famosos Internacionais
Famosos na praia
Filhos de famosos
Fotos de famosos
Vídeos
Namoro
Instagram dos famosos
Principais notícias
Todos os temas
Novelas
Novela A Dona do Pedaço
Novela Bom Sucesso
Novela Órfãos da Terra
Malhação - Toda Forma de Amar
As Aventuras de Poliana
Novela Topíssima
Novela Éramos Seis
Resumo de novelas
TV
Domingão do Faustão
The Voice Brasil
Caldeirão do Huck
Mais Você
Encontro com Fátima
Fantástico
Famosos
Bruna Marquezine
Marina Ruy Barbosa
Sasha
Anitta
Grazi Massafera
Ivete Sangalo
Kate Middleton
Meghan Markle
Marilia Mendonça
Gusttavo Lima
Camila Queiroz
Sabrina Sato
Michel Teló
Juliana Paes
Beleza e estilo PB valendo 27/08/19
Cabelo
Make
Moda
Dieta & Saúde
Beleza & Estética
Especial Arezzo valendo

Cunhado é absolvido e Ana Hickmann comemora julgamento: '3 a 0. Legítima defesa'

Compartilhe no Facebook
Gustavo Corraa, cunhado de Ana Hickmann, foi absolvido pela Justiça por ter matado Rodrigo Augusto de Pádua em um hotel em Belo Horizonte. No Instagram, a apresentadora do 'Hoje em Dia', da RecordTV, agradeceu: 'Legítima defesa. Decisão dos desembargadores. Obrigada por todos que oraram, por todos que torceram, obrigada por cada mensagem de apoio e carinho'

Cunhado de Ana Hickmann, Gustavo Correa foi absolvido pelo Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG). A decisão foi tomada nesta terça-feira (10). Segundo a juíza do 2º Tribunal do Júri de Belo Horizonte, Âmalin Aziz Sant'Ana, o empresário agiu em legítima defesa. Gustavo matou Rodrigo Augusto de Pádua após o rapaz atirar contra a mulher, Giovana Oliveira, assessora da apresentadora, dentro de um hotel no bairro Belvedere, na capital mineira, onde Ana sofreu um atentado em maio de 2016. "Meu Deus, muito obrigada! 3 a 0. Legítima defesa. Mais uma vez a justiça foi feita. Decisão dos desembargadores. Obrigada por todos que oraram, por todos que torceram, obrigada por cada mensagem de apoio e carinho", agradeceu Hickmann no Instagram.

Cunhado de Ana Hickmann é absolvido da acusação de homicídio

Em abril de 2018, Gustavo foi absolvido da acusação de homicídio doloso. Para o promotor Francisco Santiago, como Rodrigo foi morto com três tiros na nuca, houve excesso de legítima defesa e se configura um crime de homicídio. A juíza, por sua vez, considerou a luta corporal entre Gustavo e Rodrigo, sem que o fã largasse a arma, a tensão do réu e a ausência de fatos que comprovem que o cunhado de Ana estaria no controle da situação quando atirou: "Se o acusado Gustavo efetuou um ou três tiros, tal questão é resolvida com o conhecimento pacífico e indiscutível de que a legítima defesa não se mede objetivamente, pois, a pessoa que luta por sua vida, desfere tantos tiros quanto sua emoção no momento, ou mesmo seu instinto de preservação, demonstram ser necessários. Nenhum de nós, em momento de contenda física incessante, como comprovado, consegue ter discernimento se se está efetuando os disparos estritamente necessários para resguardar sua vida, ou não".

Empresário se pronuncia nas redes sociais: 'Faria tudo de novo'

Sem se conformar com a acusação de homicídio doloso, Gustavo se pronunciou nas redes sociais. "Pessoal, queria agradecer muito o apoio de todos: mensagens, Instagram, Whatsapp, telefonemas e tudo o mais. Não consigo atender todo mundo. Graças a deus, muita gente me apoiando. Acredito que não poderia ter sido diferente, todo mundo se coloca no meu lugar nessa situação bizarra e absurda. Não me arrependo de nada do que fiz e faria tudo de novo. São três decisões favoráveis a meu respeito contra a decisão do promotor, que insiste em me incriminar. Esse episodio não acabou, mas já temos céu azul pela frente. De novo, agradeço o apoio de todo mundo e assim que possível respondo todas as mensagens. Beijo e segue o jogo da vida", comentou na ocasião.

(Por Patrícia Dias)

Acompanhe também as últimas notícias dos famosos pelo nosso Facebook.