Home
últimas
Famosos Brasileiros
Famosos Internacionais
Famosos na praia
Filhos de famosos
Fotos de famosos
Vídeos
Namoro
Instagram dos famosos
Principais notícias
Todos os temas
Novelas
Novela A Dona do Pedaço
Novela Bom Sucesso
Novela Éramos Seis
Malhação - Toda Forma de Amar
As Aventuras de Poliana
Novela Topíssima
Novela Amor de Mãe
Resumo de novelas
TV
Domingão do Faustão
Masterchef Brasil
Caldeirão do Huck
Mais Você
Encontro com Fátima
Fantástico
Famosos
Bruna Marquezine
Marina Ruy Barbosa
Sasha
Anitta
Grazi Massafera
Ivete Sangalo
Kate Middleton
Meghan Markle
Marilia Mendonça
Gusttavo Lima
Camila Queiroz
Sabrina Sato
Michel Teló
Juliana Paes
Beleza e estilo PB valendo 27/08/19
Cabelo
Make
Moda
Dieta & Saúde
Beleza & Estética
Especial Arezzo valendo

Bruna Linzmeyer se adapta aos pelos após deixar de depilar axilas: 'Acho sexy'

Capa da revista 'Marie Claire', a atriz afirma que já achou estranho o fato de ter pelos nas axilas, mas hoje em dia seu pensamentoé outro. 'Acho estranho uma mulher não ter pelos. E mais: acho sexy quando uma mulher tem e acho sexy em mim', assegurou Bruna Linzmeyer. A Lourdes Maria da novela 'O Sétimo Guardião' lembra ainda ter perdido contratos publicitários após ter assumido namoro com Priscila Visman

Bruna Linzmeyer decidiu não manter mais as axilas depiladas e defendeu essa liberdade de escolha nas mulheres, em entrevista para a revista "Marie Claire" de janeiro. "Se não falamos sobre elas, não viram uma questão a ser debatida. É aí que quero chegar. Me depilei durante muito tempo. Ter pelos já foi estranho para mim. Hoje, acho estranho uma mulher não os ter", afirmou a namorada de Priscila Visman, com quem trocou beijos na festa de "O Sétimo Guardião". "E mais: acho sexy quando uma mulher tem e acho sexy em mim", completou a intérprete da Lourdes Maria da trama das nove.

Atriz lembrou perda de contratos após assumir relação com a artista visual

Em março de 2017, Bruna foi clicada pela primeira vez com a atual namorada, que é artista visual, e semanas mais tarde acabou sendo vítima de ataques homofóbicos. Para a publicação, a atriz voltou a afirmar que perdeu trabalhos por conta do relacionamento com Priscila no que já chamou de "mundo opressor". "Claro que perdi contratos por me assumir lésbica. E claro que fiquei assustada, principalmente porque tinha um apartamento para pagar e meus pais não são ricos, pelo contrário", declarou, assegurando que se não tivesse assumido o namoro teria ficado doente. "Mas não tive muita escolha. Ou me assumia e vivia a minha vida, ou tinha um câncer, tinha depressão. Adoecia. A minha sorte é que, por outro lado, me posicionar aproximou de mim marcas que pensam como eu, que acreditam que o exercício da liberdade é valioso", completou ela, que irá rodar quatro filmes ao longo de 2019.

Bruna incentivou meninas a assumirem relação com garotas

A Lourdes Maria do folhetim de Aguinaldo Silva disse também que ao assumir a relação com a artista visual acabou incentivado outras garotas a também fazerem o mesmo. "Já ouvi de garotas que conseguiram conversar sobre suas sexualidades com os pais e contar que gostam de outras garotas a partir de uma declaração que fiz", festejou Bruna, uma das participantes do movimento "Ocupa Sapatão". A atriz comentou ainda o seu engajamento ao lado de outras famosas após a denúncia de assédio sexual feita pela figurinista Su Tonani contra José Mayer. "Entendemos que nos unir era tão importante quanto a denúncia da própria Su no jornal. Mulheres devem se amparar e conversar sobre o que atravessa suas vivências. É uma forma de nos fortalecer", explicou.

'Sou livre', declarou Bruna sobre orientação sexual

Em participação no "Amor & Sexo", a atriz reprovou os rótulos de "lésbica" e "sapatão". "Eu acho que é um ato político. Porque eu, como mulher e dentro da caixinha que assumo eventualmente como mulher lésbica, como mulher sapatão... eu não sou só isso. Eu sou uma pessoa livre e, às vezes, nem tão mulher, eu sou o que eu quiser. Mas usar a palavra lésbica, a palavra sapatão, às vezes ainda soa muito mais como incômodo do que a palavra gay, que já está naturalizada. É para a gente poder falar sobre isso. É um ato político nesse sentido", defendeu.

(Por Guilherme Guidorizzi)

Acompanhe também as últimas notícias dos famosos pelo nosso Facebook.