Home
últimas
Famosos Brasileiros
Famosos Internacionais
Famosos na praia
Filhos de famosos
Fotos de famosos
Vídeos
Namoro
Instagram dos famosos
Principais notícias
Todos os temas
Novelas
Novela A Dona do Pedaço
Novela Bom Sucesso
Novela Éramos Seis
Malhação - Toda Forma de Amar
As Aventuras de Poliana
Novela Topíssima
Novela Amor de Mãe
Resumo de novelas
TV
Domingão do Faustão
Masterchef Brasil
Caldeirão do Huck
Mais Você
Encontro com Fátima
Fantástico
Famosos
Bruna Marquezine
Marina Ruy Barbosa
Sasha
Anitta
Grazi Massafera
Ivete Sangalo
Kate Middleton
Meghan Markle
Marilia Mendonça
Gusttavo Lima
Camila Queiroz
Sabrina Sato
Michel Teló
Juliana Paes
Beleza e estilo PB valendo 27/08/19
Cabelo
Make
Moda
Dieta & Saúde
Beleza & Estética
Especial Arezzo valendo

Depilação robótica promete ser mais eficaz do que outros métodos: 'Mais rápida'

Compartilhe no Facebook
A técnica para retirar os pelos também é feita com laser, mas possui um scanner que mapeia a região para não fazer disparos repetidos. Em entrevista para o Purepeople, a dermatologista Karla Assed esclarece o procedimento estético e revela que o método pode ser mais eficiente do que as outras maneiras de depilar. Além disso, ela oferece poucos riscos e é considerada muito segura

Cera, pinça, linha, laser... São tantos métodos de depilação que fica difícil de escolher um para fazer, mas as novidades oferecidas pela tecnologia não param por ai. A tendência do momento é fazer o procedimento conhecido por ser robótico e, mesmo usando um material parecido, apresenta resultados diferentes da depilação a laser e não deixa a pele flácida como a cera. Em entrevista para o Purepeople, a dermatologista Karla Assed explica como funciona a técnica de retirar os pelos e revela os prós e contras: "É a depilação que é feita por meio de um scanner que demarca a área a ser tratada e faz os disparos em toda essa região de forma homogenia."

Diferença da robótica para outros métodos: 'O laser tem atração pela melanina'

Para entender melhor o procedimento estético, é importante saber como ele é feito e, assim como a técnica de retirar pigmento da sobrancelha, o laser também é usado na depilação robótica. "O laser tem atração pela melanina, que é o pigmento do pelo", esclarece a especialista ao acrescentar: "Tanto a depilação a laser quanto a robótica vão aquecer o folículo piloso e com isso promover um aquecimento do bulge, que são as células germinativas que ficam ao redor do folículo, destruindo o pelo e fazendo com que ele não cresça de novo." A técnica é semelhante com a da fotodepilação, que é conhecida por ser menos dolorida: "A fotodepilação vai ter o mesmo mecanismo, mas promove um aquecimento menor e por isso demora mais para destruir os pelos, tendo mais chances de complicações." A grande diferença entre os três métodos está no material utilizado. "A depilação robótica é realizada com o laser de Nd:YAG, diferentemente da tradicional que utiliza o laser diodo (Light Sheer) e usa um scanner para realizar o procedimento", diferencia a médica ao apontar: "Já a fotodepilação é feita com luz intensa pulsada."

Qual o papel do scanner? 'Faz todo o mapeamento da área'

Além de ser realizada com outro laser, a depilação robótica conta com um utensílio a mais: o scanner. "A ponteira robótica com o scanner é apoiada sobre a área a ser tratada e aciona-se o pedal", desvenda a profissional ao contar o papel do instrumento: "O scanner faz todo o mapeamento da área e vai dando os disparos, que podem ser lineares ou randomizados, dependendo do que o médico selecionou antes." A maneira como esse método de retirar os pelos trabalha é mais eficaz do que os outros: "Vai disparar o laser em toda a área a ser tratada de forma uniforme, sem o risco de dar disparos repetidos na mesma área."

Prós e contras do procedimento: 'Pacientes de qualquer fototipo'

Alguns estilos não são indicados para pessoas negras como é o caso da fotodepilação, mas não há essa restrição para fazer a robótica. "Essa depilação tem excelentes resultados e pode ser feita em pacientes de qualquer fototipo, inclusive negros", comenta Karla, que já apontou a solução para quedas de cabelo, ao revelar as contraindicações do procedimento: "Deve ser evitado em pacientes bronzeados e não é indicado em pacientes que depilaram com cera ou pinça num período menor que 1 mês." Para não correr riscos, a dermatologista recomenda fazer a técnica com um especialista e esclarece o motivo: "A depilação robótica é muito segura, podendo ocorrer eritema e edema perifolicular transitório, o que é desejado. Porém qualquer procedimento a laser pode causar efeitos adversos se não for bem indicado ou feito por profissional não capacitado. Os mais raros são bolhas e Hipo ou hipercromias." Para quem quer testar esse método, a profissional sugere: "Pode-se aplicar um creme de corticoide ou um creme calmante após."

(Por Fernanda Casagrande)

Acompanhe também as últimas notícias dos famosos pelo nosso Facebook.