Home
últimas
Famosos Brasileiros
Famosos Internacionais
Famosos na praia
Filhos de famosos
Fotos de famosos
Vídeos
Namoro
Instagram dos famosos
Principais notícias
Todos os temas
Novelas
Novela A Dona do Pedaço
Novela Órfãos da Terra
Novela Verão 90
Malhação - Toda Forma de Amar
As Aventuras de Poliana
Novela Topíssima
Novela Jezabel
Resumo de novelas
TV
Domingão do Faustão
BBB19
Mais Você
Encontro com Fátima
Caldeirão do Huck
Fantástico
Famosos
Bruna Marquezine
Marina Ruy Barbosa
Sasha
Anitta
Grazi Massafera
Ivete Sangalo
Giovanna Antonelli
Meghan Markle
Chay Suede
Letícia Colin
Camila Queiroz
Sabrina Sato
Michel Teló
Juliana Paes
Cabelos
Make
Moda
Dieta & Saúde
Beleza & Estética

Fabio Porchat consola filho de Lúcio Mauro durante velório: 'Era genial'. Fotos!

Fabio Porchat consolou Lúcio Mauro Filho no velório de Lúcio Mauro: 'Era um gênio'
29 fotos
Iniciar o slideshow
Fabio Porchat consolou Lúcio Mauro Filho no velório de Lúcio Mauro: 'Era um gênio'
Lúcio Mauro foi velado no Theatro Municipal no centro do Rio nesta segunda-feira (13). 'Ele fez do humor a sua vida e a nossa também, como comediante. Hoje todo mundo é gênio, mas ele é mesmo um gênio', frisou Fabio Porchat. Leandro Hassum, Heloisa Perissé e Evandro Mesquita também passaram pelo velório do humorista, morto aos 92 anos no final de semana. Comediante ficou conhecido por viver personagens como Fernandinho, DaJúlia e Aldemar Vigário

Lúcio Mauro Filho foi consolado por amigos e fãs no velório de seu pai, o humorista Lúcio Mauro, no Theatro Municipal, no centro do Rio. O artista morreu aos 92 anos após passar quase quatro meses internado, na noite deste sábado (11). Vítima de um AVC (Acidente Vascular Cerebral) em 2016, o humorista foi velado pela diretora Cininha de Paula, por Evandro Mesquita, e pelo comediante José Santa Cruz, com quem contracenou na TV, e Leandro Hassum. Fabio Porchat foi outro a passar pelo velório e recordou a trajetória de Lúcio Mauro em conversa com a imprensa. "Ele fez do humor a sua vida e a nossa também, como comediante. Hoje todo mundo é gênio, mas ele é mesmo um gênio, mas ele é mesmo um gênio, da mesma época de CHico Anysio e Ronald Golias. Ele estava sofrendo e fico tranquilo por vê-lo descansar", disse.

Veja também

'Legado lindo e especial', destacou Lúcio Mauro Filho

Sobrinha de Chico Anysio (1931-2012), Cininha lembrou a parceria com o comediante em programas do tio. "Foram nove anos trabalhando com o Lúcio na 'Escolinha' e outros dois anos fazendo o Da Júlia, no quadro do Alberto Roberto, do 'Chico Anysio Show'. Quando estreei essa nova geração da 'Escolinha', fiz questão de colocá-lo para abrir o programa. Ele interpretou um faxineiro que vivia um ex-aluno do professor Raimundo", disse Cininha, emocionada. O filho mais famoso de cinco que o ator teve destacou a longevidade da carreira do pai, velado também pelos netos. "É um legado muito lindo e especial de um homem que viveu uma vida plena. A gente comenta que não foi uma tragédia, um homem de 92 anos ter trabalhado até os 89", frisou Lúcio Mauro Filho, intérprete do personagem do pai na atual versão da "Escolinha".

Recorde a carreira de Lúcio Mauro

Natural de Belém do Pará, Lúcio de Barros Barbalho iniciou a carreira no teatro estudantil e chegou a trabalhar na companhia teatral de Mário Salaberry, com quem sofreu um sério acidente de carro enquanto viajavam para o Rio de Janeiro. Foi no seu estado natal que o humorista estreou na TV. Em seguida, se mudou para o Rio e foi contratado pela extinta TV Rio e, em seguida, pela TV Tupi. Nesse período, acumulou diversos cargos: diretor, ator, jurado, humorista e apresentador. A chegada na Globo se deu em 1966. No programa "Balança Mas Não Cai" (1968) interpretou o Fernandinho, marido de Ofélia, a que abria a boca só quando tinha certeza, mas falava os maiores absurdos. O papel primeiro foi vivido por Sonia Mamede (morta em 1990) e, décadas depois, no "Zorra Total" (1999) por Cláudia Rodrigues, atualmente se recuperando de um período de internação. Em parceria com Chico Anysio, fez dois tipos marcantes: DaJúlia, no "Chico City" (1973) e "Chico Anysio Show" (1982) e Aldemar Vigário, ao lado de outros humoristas como Agildo Ribeiro, morto no ano passado, nas diferentes fases da "Escolinha do Professor Raimundo". Entre outros trabalhos destaque para o de Chico Xavier no "Caso Verdade" (1983), papéis no cinema e passagens pelo teatro.

(Por Guilherme Guidorizzi)

Acompanhe também as últimas notícias dos famosos pelo nosso Facebook.