Home
últimas
Famosos Brasileiros
Famosos Internacionais
Famosos na praia
Filhos de famosos
Fotos de famosos
Vídeos
Namoro
Instagram dos famosos
Principais notícias
Todos os temas
Novelas
Novela Amor de Mãe
Novela Bom Sucesso
Novela Éramos Seis
Malhação - Toda Forma de Amar
As Aventuras de Poliana
Novela Topíssima
Resumo de novelas
TV
Domingão do Faustão
Masterchef Brasil
Caldeirão do Huck
Mais Você
Encontro com Fátima
Fantástico
Famosos
Bruna Marquezine
Marina Ruy Barbosa
Sasha
Anitta
Grazi Massafera
Ivete Sangalo
Kate Middleton
Meghan Markle
Marilia Mendonça
Gusttavo Lima
Camila Queiroz
Sabrina Sato
Michel Teló
Juliana Paes
Beleza e estilo PB valendo 27/08/19
Cabelo
Make
Moda
Dieta & Saúde
Beleza & Estética
Especial Arezzo valendo

Justiça nega recurso e Dado Dolabella terá que indenizar camareira em R$ 40 mil

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou o recurso apresentado pela defesa de Dado Dolabella referente ao caso da indenização que o ator terá que pagar à camareira Esmeralda de Souza Honório. A decisão do ministro João Otávio de Noronha foi divulgada nesta segunda-feira (23). Esmeralda acusa o ator de tê-la agredido em 2008, quando tentou evitar uma briga entre Dado e a então namorada Luana Piovani.

A defesa do ator recorreu ao Tribunal em Brasília para tentar abaixar o valor da indenização: R$ 40 mil determinados pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, em janeiro deste ano. A quantia foi estipulada após os juízes reconhecerem a responsabilidade de Dado no caso e avaliarem o abalo psicológico sofrido pela camareira, que ficou impedida de realizar suas atividades habituais por mais de 30 dias, em razão da agressão.

Para o ministro João Otávio de Noronha, o valor de R$ 40 mil até poderia ser revisto pelo STJ, mas na hipótese de a indenização ser irrisória ou exorbitante, o que, segundo ele, não se aplica ao caso envolvendo Dado e Esmeralda.

"Observa-se que o valor indenizatório foi fixado com moderação, visto que não concorreu para o enriquecimento indevido da vítima e porque foi observada a proporcionalidade entre a gravidade da ofensa, o grau de culpa e o porte socioeconômico do causador do dano", concluiu o ministro na decisão.

Procurado por Purepeople, o advogado de Dado Dolabella, Michel Asseff Filho, comentou que pretende recorrer. "Essa foi uma decisão num agravo. Ainda estamos estudando os próximos passos. Mas, por enquanto, prefiro não anunciá-los na imprensa antes de fazer junto à Justiça. De qualquer forma, no nosso entendimento, esse valor não se justifica para o dano que foi apresentado", disse ele.

A briga entre Dado Dolabella e Luana Piovani ocorreu em 2008 durante uma festa, após a estreia de um monólogo da atriz. Na época, chegou a ser veiculado na imprensa que o ator teria ficado com ciúmes da namorada, que exibiu os seios durante a encenação de "Pássaro da noite". Esmeralda de Souza Honório tentou defender Luana e acabou tendo o braço imobilizado após ser empurrada por Dado.

Quando os R$ 40 mil foram determinados pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, Luana Piovani usou seu Twitter para comentar a decisão judicial. "Não vai nem doer no bolso", escreveu ela. "Pelo menos a gente sente um leve cheiro de Justiça".

(Por Anderson Dezan)

Acompanhe também as últimas notícias dos famosos pelo nosso Facebook.