Home
Últimas
Famosos Brasileiros
Famosos Internacionais
Famosos na praia
Filhos de famosos
Fotos de famosos
Vídeos
Últimos Web Stories
Sertanejo
Namoro
Instagram dos famosos
Principais notícias
Todos os temas
Novelas
Novela Império
Novela Gênesis
Novela A Vida da Gente
Novela Pega Pega
Novela Nos Tempos do Imperador
Novela A Viagem
Resumo de novelas
TV
Power Couple
Ilha Record
Domingão do Faustão
Caldeirão do Huck
Mais Você
Encontro com Fátima
Fantástico
Cinema
Tapete vermelho
Estreias
Oscar
Cannes
Streaming
Festival do Rio
Angelina Jolie
Jennifer Aniston
Brad Pitt
Tom Cruise
Famosos
Bruna Marquezine
Marina Ruy Barbosa
Sasha
Anitta
Grazi Massafera
Ivete Sangalo
Kate Middleton
Meghan Markle
Marilia Mendonça
Gusttavo Lima
Andressa Suita
Sabrina Sato
Larissa Manoela
Juliette
Casamento
Noivas
Looks para casamento
Make para casamento
Penteados para casamento
Beleza & Estilo
Cabelos
Maquiagem
Cuidados com a pele
Moda
Primavera/Verão
Outono/Inverno
Beleza & Estética
Saúde e Bem-estar
Beleza Madura
Dieta

'Deus Salve o Rei': deposto, Rodolfo é obrigado pelo irmão a deixar Montemor

Afonso (Romulo Estrela) ordena que o irmão, Rodolfo (Johnny Massaro), seja exilado como castigo nos próximos capítulos da novela 'Deus Salve o Rei', segundo o colunista de TV Daniel Castro nesta quinta-feira, 26 de abril de 2018
8 fotos
Iniciar o slideshow
Na novela das sete, depois de fugir da prisão com a ajuda de Catarina (Bruna Marquezine) e impedir a morte da mulher, Amália (Marina Ruy Barbosa), Afonso (Romulo Estrela) tira o irmão, Rodolfo (Johnny Massaro), do trono de Montemor. 'Não o reconheço como rei, Afonso! Eu sou o verdadeiro rei e voltarei ao trono!', ameaça o tirano, encaminhado para castelo de seu primo nas colinas de Albertoni

Rodolfo (Johnny Massaro) vai escapar da morte, mas não de um castigo por determinação de seu irmão nos próximos capítulos da novela "Deus Salve o Rei". Dias após assumir o trono de Montemor no lugar do tirano, Afonso (Romulo Estrela) resolve encaminhar o antigo rei para o exílio em palácio de parentes. "(O marido de Catarina (Bruna Marquezine) deverá ser levado) para o castelo de nosso primo, o Conde Hipólito, nas colinas de Albertoni. Ele deve partir o quanto antes", determina o marido de Amália (Marina Ruy Barbosa). As cenas irão ao ar a partir do dia 9 na trama das sete e quem informa é o colunista de TV Daniel Castro nesta quinta-feira (26).

Romero apoia Afonso contra Rodolfo

Antes de derrotar o irmão, Afonso vai enfrentar uma verdadeira odisseia. Primeiro, o neto de Crisélia (Rosamaria Murtinho) consegue fugir da prisão com a ajuda da cunhada. Depois ainda na fuga onde Cássio (Caio Blat) perde a vida, avista um foco de incêndio na floresta e impede a morte da mulher e do filho de criação, Levi (Tobias Carreires), em atentado provocado pela rainha má. Só então o futuro rei consegue partir para o reino e conseguir derrubar o irmão. Quem acaba sendo fundamental para o plano, finalmente, dar certo, é Romero (Marcello Airoldi). O novo líder do exército se rebela contra Rodolfo e ganha o apoio de seus homens.

'Afonso é invejoso', dispara Rodolfo

O ex-marido de Lucrécia (Tatá Werneck) fica revoltado com a traição e joga uma taça contra a parede. "Malditos! Esses plebeus ingratos não reconhecem tudo o que fiz por eles! Isso é culpa de Afonso! Ele tem inveja de mim", esbraveja ele, que a essa altura vai tentar uma reconciliação com a noviça. "Não me alegra vê-lo assim. E eu realmente lamento que tudo tenha que terminar dessa maneira", diz o marido da plebeia, sem convencer o irmão: "Hipócrita! Você planejou isso tudo, desde o início... Convenceu o povo a se virar contra mim!". O novo rei rebate a fala do tirano. "O que fez o povo se virar contra você foi você mesmo. Pare de culpar os outros pelos seus erros!", recorda. Rodolfo então questiona sobre seu futuro. "E o que você fará comigo? Serei enviado à pedreira? Serei enforcado?", pergunta citando a punição que deu ao irmão quando ele tentou lhe sequestrar.

Rodolfo ameaça irmão: 'Isto não ficará assim!'

Em um primeiro momento, o marido de Amália não revela o castigo. "Posso lhe garantir que serei justo", adianta. "Não o reconheço como rei, Afonso! Eu sou o verdadeiro rei e voltarei ao trono!", retruca o marido de Catarina, a ser mandada por ele para a masmorra, tirando o irmão do sério. "Chega! É o fim! Não me obrigue a tomar uma medida extrema! Guardas! Levem o príncipe aos seus aposentos. E não permitam que ele saia de lá, até a minha ordem", manda. "Isto não ficará assim, Afonso!", responde em tom de ameaça. Só três capítulos depois o novo rei anuncia a punição ao irmão. "Então vossa majestade já decidiu o que fará com vosso irmão?", quer saber Petrônio (Leandro Daniel). "Rodolfo será exilado", revela o soberano. "Não existe uma opção, digamos, menos drástica, majestade?", pondera Orlando (Daniel Warren), E é aí que o novo rei lembra as outras punições cabíveis. "As leis de Montemor determinam que a punição para um rei deposto seja a forca ou a prisão ou o exílio. Eu jamais puniria Rodolfo com a morte ou o mandaria para definhar na pedreira, como ele fez comigo. Mesmo depois de todos seus erros. Ele ainda é meu irmão. Transmitam minha decisão a ele imediatamente", finaliza.

(Por Guilherme Guidorizzi)

Acompanhe também as últimas notícias dos famosos pelo nosso Facebook.