Home
últimas
Famosos Brasileiros
Famosos Internacionais
Famosos na praia
Filhos de famosos
Fotos de famosos
Vídeos
Namoro
Instagram dos famosos
Principais notícias
Todos os temas
Novelas
Novela A Dona do Pedaço
Novela Bom Sucesso
Novela Éramos Seis
Malhação - Toda Forma de Amar
As Aventuras de Poliana
Novela Topíssima
Novela Amor de Mãe
Resumo de novelas
TV
Domingão do Faustão
Masterchef Brasil
Caldeirão do Huck
Mais Você
Encontro com Fátima
Fantástico
Famosos
Bruna Marquezine
Marina Ruy Barbosa
Sasha
Anitta
Grazi Massafera
Ivete Sangalo
Kate Middleton
Meghan Markle
Marilia Mendonça
Gusttavo Lima
Camila Queiroz
Sabrina Sato
Michel Teló
Juliana Paes
Beleza e estilo PB valendo 27/08/19
Cabelo
Make
Moda
Dieta & Saúde
Beleza & Estética
Especial Arezzo valendo

Parada LGBT: Daniela Mercury é ovacionada ao beijar mulher. 'Sem censura!'

Compartilhe no Facebook
A Parada, que teve Fernanda Lima, grávida de uma menina, como madrinha, contou com apresentações de Mel C, que relembrou hits das Spice Girls, Lexa, Luisa Sonza, IZA, Fantine, entre outros. Bruna Linzmeyer também marcou presença e usou a sua rede social para pedir o engajamento de todos por um país livre: 'Obrigada a vocês que mantêm esse caminho aberto pras que virão. O futuro é livre, é lindo e também é nosso!'

Aconteceu neste domingo (23) mais uma Parada LGBT em São Paulo. A Avenida Paulista ficou lotada e colorida por cerca de 3 milhões de pessoas que foram pedir respeito e liberdade para amar. Uma das artistas mais emblemáticas e presente sempre em grandes eventos do público LGBT, Daniela Mercury foi acompanhada da mulher, Malu Verçosa, com quem trocou beijos antes de se apresentar no camarote Pride. "Ela veio e me beijou muito. Te amo, Malu! Sem censura!", vibrou a artista, que já completou bodas de madeira com a mulher.

Mel C se junta a Fernanda Lima em cima do trio

Estrela internacional, Mel C arrebatou o público ao cantar Wannabe, hit das Spice Girls. Depois de sua apresentação, a estrela curtiu os outros shows de cima de um trio elétrico. Grávida de uma menina, Fernanda Lima foi a madrinha da Parada deste ano. A artista usou o seu Instagram para afirmar que enquanto existir preconceito, haverá luta. "A luta contra o preconceito continua e nós vamos não vamos parar, até que a mudança de fato aconteça", frisou a mulher de Rodrigo Hilbert.

Parada foi marcada por protestos políticos

A Parada LGBT deste domingo teve como um de seus alvos o Presidente da República Jair Bolsonaro. Em vários discursos ele foi citado, inclusive o grito de guerra "Ele Não", que se popularizou durante a campanha eleitoral de 2018. Uma das mais animadas e emocionadas com a participação no evento, Luisa Sonza, elogiada por Bruna Marquezine em foto de biquíni, falou: "Vocês têm um carinho enorme por mim e pela minha carreira. Eu devo tudo a vocês. E tudo o que eu puder fazer com a minha voz pra ajudar todos vocês, pra nos ajudar porque nós estamos juntos nessa, eu vou fazer. Amo você, se divirtam, usam camisinha e viva o amor! E 'Ele Não'!". Karol Conka, Lexa, Maria Casadevall e vários outros famosos marcaram presença no evento.

'O futuro é livre'

Em sua rede social, Bruna Linzmeyer, que já afirmou que é livre quando o assunto é a sua sexualidade, garantiu que está lutando para viver em um mundo também livre. "Eu estou, e possivelmente estamos aqui hoje pra que ninguém, nunca mais, deixe de amar alguém, nem deixe de viver uma vida de amor. Obrigada a todos que escaparam de uma vida normativa. Obrigada por terem feito caminho pra que a gente chegasse até aqui. Obrigada a vocês que mantêm esse caminho aberto pras que virão. O futuro é livre, é lindo e também é nosso!", vibrou a artista, que optou por parar de depilar as axilas. Bruna agradeceu ainda pela coragem de todos os que também se mostraram livres: "Eu preciso e quero agradecer a todos que fizeram os caminhos até aqui e eu quero agradecer a cada sapatão que tá aqui agora, que lutou e teve muita coragem pra estar aqui agora. Aqui agora, é aqui nesse mundo, livre, amando quem quiser amar. Presente fisicamente ou em memória (sim, muitas de nos ainda morrem por amarem uma mulher). Só foi possível pra mim encontrar esse amor imenso, livre, doce e divertido que tenho no peito porque a gente existe. Porque quando tava doendo muito e eu tava morrendo de medo, eu encontrei num pertencimento sapatão carinho e coragem. Eu só to aqui hoje porque eu não to sozinha. A gente não tá sozinha. Vocês estão comigo, eu to com vocês".

Acompanhe também as últimas notícias dos famosos pelo nosso Facebook.