Home
últimas
Famosos Brasileiros
Famosos Internacionais
Famosos na praia
Filhos de famosos
Fotos de famosos
Vídeos
Namoro
Instagram dos famosos
Principais notícias
Todos os temas
Novelas
Novela A Dona do Pedaço
Novela Órfãos da Terra
Novela Verão 90
Malhação - Toda Forma de Amar
As Aventuras de Poliana
Novela Topíssima
Novela Jezabel
Novela Bom Sucesso
Resumo de novelas
TV
Domingão do Faustão
BBB19
Mais Você
Encontro com Fátima
Caldeirão do Huck
Fantástico
Cinema
Tapete vermelho
Estreias
Oscar
Cannes
Festival do Rio
Angelina Jolie
Jennifer Aniston
Brad Pitt
Tom Cruise
Leonardo Dicaprio
Famosos
Bruna Marquezine
Marina Ruy Barbosa
Sasha
Anitta
Grazi Massafera
Ivete Sangalo
Kate Middleton
Meghan Markle
Marilia Mendonça
Gusttavo Lima
Camila Queiroz
Sabrina Sato
Michel Teló
Juliana Paes
Cabelos
Make
Moda
Dieta & Saúde
Beleza & Estética

Preta Gil desabafa sobre racismo sofrido por Daniel Alves: 'Não sou macaca'

Preta Gil usou o seu perfil do Facebook, na madrugada desta terça-feira (29), para mostrar a sua indignação com a situação do Brasil e do mundo. A cantora elogiou todos que entraram na campanha #somostodosmacacos em apoio ao jogador Daniel Alves, vítima de racismo durante um jogo do campeonato espanhol. Mas deixa clara a sua opinião: "Não sou macaca, sou negra com muito orgulho! Racismo é crime, cadeia neles!

Veja também

Preta também citou os casos de DG, bailarino do "Esquenta" encontrado morto em uma favela do Rio, e de Bernardo, menino de 11 anos encontrado enterrado em um matagal no Rio Grande do Sul e que traz como suspeitos do crime o pai e a madrasta do garoto.

Leia na íntegra o desabafo da cantora:

"Resolvi escrever para não engasgar, ter insônia ou uma úlcera. Nem sei se vou publicar isso, mas se estiverem lendo é porque mudei de idéia. Estou aqui na minha vida, trabalhando, fazendo mil coisas ao mesmo tempo mas estou ligada no que se passa no mundo real e virtual. Estou triste pela guerra no Rio e pelas vítimas, sejam elas policiais, negros, brancos, ricos ou pobres. Ninguém merece viver com medo. Estou chocada com o caso do menino Bernardo; enojada. Fiquei orgulhosa com a atitude do Daniel Alves, ele deu uma banana para o preconceito e mostrou que de macaco não tem nada. Ele foi muito humano. Estou vendo o movimento da banana e respeito quem aderiu, pois, tenho certeza que foi de coração. Mas não sou macaca, eu tenho minha própria opinião, sou negra com muito orgulho! Racismo é crime, cadeia neles!

Nesses 40 anos de vida, já vi e vivi o bastante pra saber quem sou e ter consciência das minhas atitudes. Não preciso me explicar e nem me justificar para ninguém. Quem me conhece, me conhece! Estou vendo as montagens na minha foto com Carol e Fe sendo modificada com vários dizeres. Uns engraçados, uns irônicos e outros bem violentos. Não me surpreendo, pois, respeito o individualismo intelectual e até mesmo o modismo. Opinião cada um tem a sua. No mundo de hoje, está difícil dizer quem está certo e quem está errado, cada um defende seu ponto de vista e vamos em frente. Hoje, li no Face opiniões diversas sobre o caso do DG e o movimento da banana. Poucas concordei e muitas me assustaram. Muito Preconceito, racismo e ignorância mascarados e justificados como "opinião". Minha gente, o grande barato da vida é aprender, evoluir, transformar, amar... Nem tudo é do jeito que pensamos, nem tudo é do jeito que lemos. Estou cansada! É tanto ódio, julgamento, tanta sentença precipitada. Estou realmente assustada, o ser humano é tão nojento e cruel que estou quase querendo ser macaco agora".

Acompanhe também as últimas notícias dos famosos pelo nosso Facebook.