Home
últimas
Famosos Brasileiros
Famosos Internacionais
Famosos na praia
Filhos de famosos
Fotos de famosos
Vídeos
Últimos stories
Sertanejo
Namoro
Instagram dos famosos
Principais notícias
Todos os temas
Novelas
Malhação - Viva a Diferença
Novela Totalmente Demais
Novela Êta Mundo Bom!
Novela Novo Mundo
Novela Fina Estampa
As Aventuras de Poliana
Novela Amor Sem Igual
Novela Salve-se Quem Puder
Novela Amor de Mãe
Novela Nos Tempos do Imperador
Resumo de novelas
TV
BBB20
Domingão do Faustão
Masterchef Brasil
Caldeirão do Huck
Mais Você
Encontro com Fátima
Fantástico
Cinema
Tapete vermelho
Estreias
Oscar
Cannes
Festival do Rio
Angelina Jolie
Jennifer Aniston
Brad Pitt
Tom Cruise
Leonardo Dicaprio
Famosos
Bruna Marquezine
Marina Ruy Barbosa
Sasha
Anitta
Grazi Massafera
Ivete Sangalo
Kate Middleton
Meghan Markle
Marilia Mendonça
Gusttavo Lima
Camila Queiroz
Sabrina Sato
Michel Teló
Juliana Paes
Beleza & Estilo
Cabelos
Make
Moda
Primavera/Verão
Outono/Inverno
Dieta & Saúde
Beleza & Estética

Em último desfile de carnaval, Quitéria Chagas usa fantasia com 1,5m de cabelo

Compartilhe no Facebook
Após 20 anos na Marquês de Sapucaí, Quitéria Chagas cruzou o Sambódromo do Rio pela última vez, nesta sexta-feira de carnaval (21). A rainha de bateria do Império Serrano usou uma fantasia com um metro e meio só de cabelo e não conteve a emoção ao anunciar a aposentadoria. 'Aqui e agora na Sapucaí está passando um filme na minha cabeça', afirmou, citando ainda que desfilou com dores após romper ligamento do joelho em acidente

Quitéria Chagas não conteve a emoção ao cruzar a Marquês de Sapucaí pela última vez. Há duas décadas no samba, a rainha de bateria da Império Serrano se despediu do cargo e da folia já na manhã deste sábado de carnaval (22). "Estou muito emocionada. Aqui e agora na Sapucaí está passando um filme na minha cabeça. Sei das dificuldades do Império e estou vindo com um espírito de superação", afirmou. A tradicional agremiação da Serrinha (Zona Norte do Rio) foi rebaixada em 2019, ano no qual Quitéria desfilou com fantasia feita com penas albinas.

Quitéria desfilou com dores no joelho após acidente

A ex-assistente de palco de Gugu Liberato, morto em novembro após acidente doméstico, acrescentou: "Quero dar de tudo e fazer o meu melhor. Não quero decepcionar a comunidade". A Império encerrou os desfiles da primeira noite da Série A - neste sábado, mais escolas desfilam pelo sambódromo. Já aposentada, contou que sofreu uma lesão no ligamento do joelho. "Sofri o acidente no fim do mês passado, mas escondi isso porque não queria que ninguém se preocupasse comigo. Falei 'eu vou' e consegui", acrescentou com lágrimas nos olhos em entrevista para a TV Globo. A cabeça da fantasia da musa tinha um metro e meio só de cabelo.

Quitéria representou defensora do direito feminino no desfile

No enredo "Lugar de mulher é onde ela quiser" de Júnior Pernambucano, Quitéria representou a Mulher Diaba, referência à professora defensora do direito feminino Leolinda Daltro, que viveu no século XX. "Ela foi muito questionadora e militante. O machismo ainda é forte demais na nossa sociedade. Porém a mulher não se cala, ela se posiciona. E eu já nasci com essa questão do empoderamento, aprendi com a minha mãe", afirmou a rainha, que ao longo do seu reinado, em 2018 cruzou a Sapucaí representando uma chinesa. Enquanto Quitéria se despede, em São Paulo, Viviane Araujo desfilou pelo 16º ano seguido representando a luxúria na Mancha Verde.

Império teve problemas no desfile. Saiba!

Tentando voltar ao Grupo Especial, onde não é campeã desde 1982, a verde e branca fez uma homenagem às mulheres. Dona Ivone Lara (morta em 2018), Neide Coimbra (ex-presidente da escola) e tia Maria do Jongo também foram lembradas, mas a agremiação sofreu com problemas. As baianas desfilaram sem as saias e os integrantes precisaram correr um pouco para não fazer a Império estourar o tempo máximo de desfile (55 minutos) - os dois problemas podem lhe custar pontos na apuração. Neste sábado, passam pela avenida Acadêmicos do Sossego, Inocentes de Belford Roxo, Unidos de Bangu, Acadêmicos de Santa Cruz, Imperatriz Leopoldinense (outra escola rebaixada em 2019), Unidos de Padre Miguel e Império da Tijuca. Na Quarta-feira de Cinzas acontece a apuração e somente uma, das 14, subirá para o Especial em 2022, enquanto as duas últimas cairão para a Série B.

(Por Guilherme Guidorizzi)

Acompanhe também as últimas notícias dos famosos pelo nosso Facebook.