Home
Últimas
Famosos Brasileiros
Famosos Internacionais
Famosos na praia
Filhos de famosos
Fotos de famosos
Vídeos
Namoro
Sertanejo
Últimos Web Stories
Carnaval
Famosos do esporte
Instagram dos famosos
Gravidez das famosas
Look de famosos
Principais notícias
Todos os temas
Novelas
Novela Pantanal
Novela Cara & Coragem
Novela Quanto Mais Vida, Melhor
Novela Além da Ilusão
Novela Carinha de Anjo
Novela Poliana Moça
Novela Reis
Novela A Favorita
Resumo de novelas
TV
Power Couple Brasil
Masterchef Brasil
A Fazenda
BBB 23
Reality Show
Domingão com Huck
Caldeirão
Mais Você
Encontro com Fátima
Séries
Filme 365 Dias
Cinema
Séries e filmes
Tapete vermelho
Estreias
Oscar
Cannes
Festival do Rio
Angelina Jolie
Jennifer Aniston
Brad Pitt
Tom Cruise
Famosos
Bruna Marquezine
Marina Ruy Barbosa
Virginia Fonseca
Sasha
Anitta
Grazi Massafera
Ivete Sangalo
Kate Middleton
Paolla Oliveira
Wanessa
Meghan Markle
Marilia Mendonça
Jade Picon
Andressa Suita
Sabrina Sato
Larissa Manoela
Casamento
Noivas
Looks para casamento
Make para casamento
Penteados para casamento
Beleza & Estilo
Cabelos
Maquiagem
Cuidados com a pele
Moda
Primavera/Verão
Outono/Inverno
Beleza & Estética
Saúde e Bem-estar
Beleza Madura
Dieta
Astrologia
Coluna É Trend!

Crescimento no setor têxtil: confecção e moda têm aumento de empreendedorismo e expert detalha

9 fotos
Veja as fotos!
Eduardo Cristian, CEO da empresa de consultoria e cursos para empreendedores do setor têxtil e de confecções, explica crescimento da produção. Confira!

Apesar de ter impactado diretamente o funcionamento do comércio, o período da pandemia também impulsionou o aparecimento de empreendedores no ramo da confecção e da moda. Diversos fatores nacionais e internacionais contribuíram para o recorde de microempreendedores individuais nesse ramo.

Segundo Eduardo Cristian, CEO da empresa Costurando Sucesso, voltada a cursos e mentorias para empreendedores do ramo têxtil e de confecções, a cada dez novos MEIs nos últimos anos, nove estão ligados à moda, um aumento de 16,5% comparado com 2018 e 2019.

"O primeiro motivo é por conta do impacto dos produtos chineses e dos países concorrentes, pois de cada dez peças vendidas no Brasil, três eram importadas e isso não está acontecendo mais. Então houve um aumento na demanda de consumo interno", explica. A China teve sua produção impactada pelo coronavírus, além do dólar encarecer os importados.

Eduardo Cristian aponta aquecimento do setor têxtil

Outros fatores que também causaram impacto no segmento, tanto na falta de matéria-prima, quanto no aumento dela e dos insumos, além da alta do dólar, foram a inflação e o aumento da demanda.

"Por conta disso, houve um gargalo na mão de obra, já que nós estávamos com ela no limite. Esse crescimento de demanda repentino fez com que muitas empresas voltassem a contratar costureiras para aumentar o seu quadro de produção", relata.

Eduardo acredita que, a partir de projeções do setor, esse efeito de crescimento de empreendedores no ramo dure até 2025. O mercado continuará aquecido, mas as pessoas que quiserem entrar nesse mercado precisam estar preparadas e capacitadas para aproveitar o momento.

"Por isso estamos focados em gerar conteúdos baseados na gestão de profissionais e gestão de liderança para capacitar empresários que consigam aproveitar esse momento positivo do mercado", comenta.

Acompanhe também as últimas notícias dos famosos pelo nosso Facebook.