Home
últimas
Famosos Brasileiros
Famosos Internacionais
Famosos na praia
Filhos de famosos
Fotos de famosos
Vídeos
Namoro
Instagram dos famosos
Principais notícias
Todos os temas
Novelas
Novela A Dona do Pedaço
Novela Bom Sucesso
Novela Órfãos da Terra
Malhação - Toda Forma de Amar
As Aventuras de Poliana
Novela Topíssima
Novela Éramos Seis
Resumo de novelas
TV
Domingão do Faustão
The Voice Brasil
Caldeirão do Huck
Mais Você
Encontro com Fátima
Fantástico
Famosos
Bruna Marquezine
Marina Ruy Barbosa
Sasha
Anitta
Grazi Massafera
Ivete Sangalo
Kate Middleton
Meghan Markle
Marilia Mendonça
Gusttavo Lima
Camila Queiroz
Sabrina Sato
Michel Teló
Juliana Paes
Beleza e estilo PB valendo 27/08/19
Cabelo
Make
Moda
Dieta & Saúde
Beleza & Estética
Especial Arezzo valendo

Demi Lovato e Miley Cyrus vão à marcha crítica ao mercado de armas dos EUA

Compartilhe no Facebook
O protesto é uma iniciativa de estudantes norte-americanos frente aos constantes massacres nas escolas

Neste sábado (24), um protesto organizado por estudantes em Washington, nos Estados Unidos, reuniu uma série de famosos. A bandeira principal da March For Our Lives (em português, A Marcha Pelas Nossas Vidas) é uma regularização mais adequada ao mercado de armas nos Estados Unidos, por conta dos frequentes massacres em escolas causados por estudantes armados. Demi Lovato foi uma das artistas a se apresentarem no palco. "Oi, pessoal! Obrigada por me convidarem. Estou muito animada de estar aqui com todos vocês, dividindo nossas vozes para que elas possam ser ouvidas juntas", disse a cantora, cujo tratamento por vício em álcool foi falado abertamente por ela em entrevista.

Miley Cyrus leva irmãs e mãe a evento: 'Heroínas'

Outra jovem artista que deixou clara sua posição contrária à atual política de armas nos EUA foi Miley Cyrus. Ela foi com as irmãs, Noah e Brandi, e a mãe, Tish, à marcha. "Cercada por heroínas. Me sinto sortuda por presenciando esse momento da história com aquelas que eu amo", afirmou Miley, que desmentiu rumores de gravidez na web recentemente. No palco, ela cantou o hit "The Climb" e, no Twitter, falou sobre a escolha da música. "Essa letra significa muito para mim, agora mais do que nunca! Eu nunca vou desistir, nem os milhões que marcham com a gente hoje", afirmou a noiva de Liam Hemsworth. Ariana Grande, que se apresentou ao lado de Miley em um evento beneficente após atentado em Manchester, na Inglaterra, também foi ao protesto em Washington.

Marcha teve ainda Kim Kardashian, Paul McCartney e George Clooney

No Twitter, Kim Kardashian afirmou ter ido ao evento com o marido, Kanye West, e a filha mais velha, North. "Nós fomos em solidariedade aos sobreviventes da violência armada e aos estudantes que estão leis mais seguras sobre o porte de armas", escreveu a empresária, que mostrou o rosto da caçula, Chicago, em postagem recente na web. O veterano Paul McCartney também se posicionou: na marcha, usou uma camiseta preta com os dizeres "Nós podemos dar fim à violência com armas". Acompanhado pela mulher, Amal, George Clooney não só foi ao evento como doou meio milhão de dólares. "Em nome dos nossos filhos Ella e Alexander, estamos doando 500 mil dólares para ajudar nesse transformador evento. A vida dos nossos filhos depende disso", escreveu em comunicado, citando os gêmeos do casal, nascidos em junho de 2017.

(Por Marilise Gomes)

Acompanhe também as últimas notícias dos famosos pelo nosso Facebook.