Equipe do 'JN' sai na defesa de jornalista vítima de racismo: 'Somos todos Maju'
Publicado em 3 de julho de 2015 17:15
Por Purepeople
Após ser alvo de comentários racistas na página do Facebook do "Jornal Nacional", Maria Júlia Coutinho, apelidada por William Bonner como Maju, ganhou nesta sexta-feira (03) o apoio de Bonner, Renata Vasconcellos e toda a equipe do programa. No vídeo, também publicado na página, os jornalistas disseram em coro: "Somos todos Maju". Para reafirmar o gesto de solidariedade, Renata ainda exibiu um papel em que se lia: "#SomosTodosMaju". Em menos de meia hora, a gravação já ultrapassava 30 mil curtidas. Recentemente, a garota do tempo recebeu elogios do companheiro de trabalho por sua participação no "Programa do Jô". Também nesta sexta, o marido de Fátima Bernardes publicou em sua conta do Instagram uma homenagem a Maria Júlia. "Tá, o tio aprendeu que a gente deve dizer que o tempo 'é firme', quando não tem chuva, nem chuvica, nem chuvona. Mas, no JN, o tempo é sempre bom, com você", escreveu o jornalista, que já se referiu à colega como "uma das novidades mais felizes" do jornal. Tudo com
William Bonner, Renata Vasconcellos e toda a equipe do 'Jornal Nacional' saiu em defesa de Maria Júlia Coutinho após comentários racistas
Toda a equipe do 'Jornal Nacional' participou do vídeo publicado nesta sexta-feira, 3 de julho de 2015, na página do JN, em defesa de Maria Júlia Coutinho
Em menos de meia hora o vídeo contra os comentários racistas à Maria Júlia Coutinho feito pela equipe do JN já tinha mais de 30 mil curtidas
Na noite desta quinta-feira, 2 de julho de 2015, Maria Júlia Coutinho foi alvo de comentários racistas na página do Facebook do JN
Também nesta sexta-feira, 3 de julho de 2015, William Bonner prestou uma homenagem à colega de trabalho em sua conta do Instagram. 'Tá, @majucoutinho , o tio aprendeu que a gente deve dizer que o tempo 'é firme', quando não tem chuva, nem chuvica, nem chuvona. Mas, no JN, o tempo é sempre bom, com você', escreveu
William Bonner compartilhou em sua conta do Instagram os comentários dos seguidores na postagem de homenagem à Maria Júlia Coutinho
Maria Júlia Coutinho foi alvo de comentários racistas na página do Facebook do 'Jornal Nacional'
Veja + após o anúncio

Após ser alvo de comentários racistas na página do Facebook do "Jornal Nacional", Maria Júlia Coutinho, apelidada por William Bonner como Maju, ganhou nesta sexta-feira (03) o apoio de Bonner, Renata Vasconcellos e toda a equipe do programa. No vídeo, também publicado na página, os jornalistas disseram em coro: "Somos todos Maju". Para reafirmar o gesto de solidariedade, Renata ainda exibiu um papel em que se lia: "#SomosTodosMaju". Em menos de meia hora, a gravação já ultrapassava 30 mil curtidas. Recentemente, a garota do tempo recebeu elogios do companheiro de trabalho por sua participação no "Programa do Jô".

Também nesta sexta, o marido de Fátima Bernardes publicou em sua conta do Instagram uma homenagem a Maria Júlia. "Tá, o tio aprendeu que a gente deve dizer que o tempo 'é firme', quando não tem chuva, nem chuvica, nem chuvona. Mas, no JN, o tempo é sempre bom, com você", escreveu o jornalista, que já se referiu à colega como "uma das novidades mais felizes" do jornal.

Tudo começou quando na noite desta quinta-feira (02) foi publicada uma imagem de Maria Júlia com a previsão do tempo na região central do Brasil. Momentos depois, alguns fãs da página escreveram cometários preconceituosos em relação a ela: "Em pleno século 2015, ainda temos preto na TV", disse um. "Só foi ela chegar aqui e o tempo ficou seco igualmente a um carvão em cinzas", disparou outro. Não demorou para alguns seguidores saírem em defesa da jornalista. "Por favor 'Jornal Nacional', Ministério Público, autoridades e William Bonner, tomem as providências necessárias em favor da Maju. Excelente profissional!", defendeu uma internauta. "Negra, linda, inteligente e supercarismática. Ela está aonde deveria estar, pois lutou por isso", elogiou outro.

#SomosTodosMajuCoutinho #SomosTodosMaju

Posted by Jornal Nacional on Sexta, 3 de julho de 2015

Maria Júlia já foi alvo de racismo: 'Não me abalo'

Em recente entrevista ao jornal "O Dia", Maria Júlia fez elogios ao colega de trabalho William Bonner e relembrou o momento da carreria em que foi alvo de preconceito racial. Sua estreia foi na TV Cultura e há dois anos está na Globo, passando por telejornais como o "Hora Um da Notícia", sempre abordando a previsão do tempo.

Apesar de ter sido bem aceita pelo público, a jornalista declarou que já foi vítima de preconceito. "Quando é uma crítica ao meu trabalho, a uma expressão errada, eu procuro responder. Se é uma bobagem, eu não ligo. Mas se a crítica é racista e cerceia meu direito de liberdade, não deixo passar. Mas não me abalo. Gosto do meu cabelo crespo".

(Por: Bruna Rossi)

Sobre
Palavras-chave
Instagram dos famosos Polêmica Famosos brasileiros
Sobre o mesmo tema
Equipe de Yasmin Brunet revela que vídeo de perfume foi tirado do contexto e a defende da acusação de racismo no 'BBB 24'
Equipe de Yasmin Brunet revela que vídeo de perfume foi tirado do contexto e a defende da acusação de racismo no 'BBB 24'
26 de janeiro de 2024
Novela polêmica da Globo com diabo vivo e racismo explícito sai do fundo da gaveta após 40 anos
Novela polêmica da Globo com diabo vivo e racismo explícito sai do fundo da gaveta após 40 anos
20 de maio de 2024
Notícias similares
Novo vídeo pornô? Andressa Urach publica foto com Pistolinha e revela novidade: 'Pela porta dos fundos'
Novo vídeo pornô? Andressa Urach publica foto com Pistolinha e revela novidade: 'Pela porta dos fundos'
15 de janeiro de 2024
'Não passo pano para macho escrot*': Depois de Dado Dolabella, Gagliasso, Loreto e Cauã Reymond são criticados por Luana Piovani
'Não passo pano para macho escrot*': Depois de Dado Dolabella, Gagliasso, Loreto e Cauã Reymond são criticados por Luana Piovani
11 de janeiro de 2024
Últimas Notícias
Últimas Notícias