Home
últimas
Famosos Brasileiros
Famosos Internacionais
Famosos na praia
Filhos de famosos
Fotos de famosos
Vídeos
Últimos stories
Sertanejo
Namoro
Instagram dos famosos
Principais notícias
Todos os temas
Novelas
Malhação - Viva a Diferença
Novela Totalmente Demais
Novela Êta Mundo Bom!
Novela Novo Mundo
Novela Fina Estampa
As Aventuras de Poliana
Novela Amor Sem Igual
Novela Salve-se Quem Puder
Novela Amor de Mãe
Novela Nos Tempos do Imperador
Resumo de novelas
TV
BBB20
Domingão do Faustão
Masterchef Brasil
Caldeirão do Huck
Mais Você
Encontro com Fátima
Fantástico
Cinema
Tapete vermelho
Estreias
Oscar
Cannes
Festival do Rio
Angelina Jolie
Jennifer Aniston
Brad Pitt
Tom Cruise
Leonardo Dicaprio
Famosos
Bruna Marquezine
Marina Ruy Barbosa
Sasha
Anitta
Grazi Massafera
Ivete Sangalo
Kate Middleton
Meghan Markle
Marilia Mendonça
Gusttavo Lima
Camila Queiroz
Sabrina Sato
Michel Teló
Juliana Paes
Beleza & Estilo
Cabelos
Make
Moda
Primavera/Verão
Outono/Inverno
Dieta & Saúde
Beleza & Estética
Mundo Dellas

Fotógrafo retrata luta de mulheres marginalizadas em 'M': 'Trazer incômodo'

Compartilhe no Facebook
Exposição que traz Luiza Brunet, Juliana Caldas e Maria da Penha pode ser vista no Rio, em São Paulo e em Curitiba

"M" de mulher. E também de Maria, como Maria da Penha – farmacêutica que inspirou a lei homônima que visa coibir a violência doméstica e familiar contra a mulher. Ela é uma das figuras femininas retratadas na exposição fotográfica "M", do artista visual Gabriel Bonfim, que estreou no Rio de Janeiro nesta quarta-feira (14). No registro, ela aparece ao lado de Luiza Brunet, vítima de agressão pelo ex-noivo, o empresário Lírio Parisotto.

Atriz com nanismo e transgênero são retratadas na exposição

Com fotografias em cores e uma videoinstalação artística com 11 telas, a exposição retrata a resistência de mulheres que precisaram lutar por seu espaço na sociedade. Além de Maria da Penha e Luiza, a mostra traz a atriz Juliana Caldasque sofre com preconceito por ter nanismo –, no alto da Pedra bonita, no Rio de Janeiro; a transgênero Melissa Rodrigues, na Escadaria Selarón, na Lapa, também na capital carioca; a Ialorixá Juciara Ribeiro, na igreja da Ordem Terceira de São Francisco, em Salvador, e a blogueira Naiana Ribeiro, que lida com a gordofobia, na praia. "Com um maiô cavado, me despi dos meus próprios preconceitos e me permiti apenas ser. Protagonista da minha própria história, mostrei a minha força e lugar na sociedade", disse ela em postagem no Instagram.

'Meu objetivo é trazer um pouco desse incômodo', diz fotógrafo

Os lugares onde cada uma foi fotografada levam um significado maior aos registros. "Busquei resgatar a história de luta de cada uma das minhas convidadas a partir de onde as fotografei. É como se ao retratá-las ali – nos mais belos e importantes locais no centro dessa sociedade – pudéssemos ressignificar aquele espaço e, assim, como protagonistas de suas próprias histórias, elas retomariam o seu lugar na sociedade que as marginalizou. Meu trabalho tem como objetivo trazer um pouco desse incômodo para que toque as pessoas e as leve a pensar", contou Gabriel Bonfim.

'M' é exibida simultaneamente no Rio, em São Paulo e em Curitiba

Em cartaz no Centro Cultural dos Correios, no Rio de Janeiro, de 14 de março a 22 de abril, a exibição "M" também acontece no Palácio dos Correios, em São Paulo, até 20 de abril e pode ser vista no Museu da Fotografia da Cidade de Curitiba, na capital paranaense, até o dia 10 de junho.

(Por Vanessa Nogueira)

Acompanhe também as últimas notícias dos famosos pelo nosso Facebook.
Sobre o mesmo tema