Home
Últimas
Famosos Brasileiros
Famosos Internacionais
Famosos na praia
Filhos de famosos
Fotos de famosos
Namoro
Sertanejo
Últimos Web Stories
Famosos do esporte
Instagram dos famosos
Gravidez das famosas
Look de famosos
Principais notícias
Todos os temas
Novelas
Novela Pantanal
Novela Cara & Coragem
Novela Além da Ilusão
Novela Mar do Sertão
Novela O Cravo e a Rosa
Novela Poliana Moça
Novela Reis
Novela A Favorita
Resumo de novelas
Novela Será Isso Amor?
Novelas Mexicanas
Novelas Turcas
TV
A Fazenda 2022
Ilha Record
Masterchef Brasil
BBB 23
Reality Show
De Férias com o Ex
Casamento às Cegas
Domingão com Huck
Caldeirão
Mais Você
Encontro
Séries
Pacto Brutal
Filme 365 Dias
Cinema
Séries e filmes
Tapete vermelho
Estreias
Oscar
Cannes
Festival do Rio
Angelina Jolie
Jennifer Aniston
Brad Pitt
Tom Cruise
Famosos
Bruna Marquezine
Marina Ruy Barbosa
Virginia Fonseca
Sasha
Anitta
Grazi Massafera
Ivete Sangalo
Kate Middleton
Paolla Oliveira
Wanessa
Viviane Araujo
Marilia Mendonça
Jade Picon
Andressa Suita
Sabrina Sato
Larissa Manoela
Casamento
Noivas
Looks para casamento
Make para casamento
Penteados para casamento
Inverno
Beleza & Estilo
Cabelos
Maquiagem
Cuidados com a pele
Moda
Primavera/Verão
Outono/Inverno
Beleza & Estética
Saúde e Bem-estar
Beleza Madura
Dieta
Astrologia
Coluna É Trend!
Home Mallu Magalhães

Mallu Magalhães gera polêmica na web após comentário sobre racismo reverso na TV

Mallu Magalhães gera polêmica na web após comentário sobre racismo reverso na TV
No 'Encontro', a cantora dedicou a música 'Você Não Presta' a 'quem é preconceituoso e diz que branco não pode tocar samba'

Depois de Nicette Bruno ser elogiada pelo comentário contra homofobia no "Encontro com Fátima Bernardes", Mallu Magalhães causou polêmica nas redes sociais depois de sua participação no matinal, nesta sexta-feira (23). Isso porque a cantora fez um comentário sobre racismo reverso antes de cantar sua nova música de trabalho, "Você Não Presta", do álbum "Vem". "Essa também é para quem é preconceituoso e diz que branco não pode tocar samba", disse. No Twitter, o nome da cantora chegou a ficar em primeiro lugar nos Trending Topics e os internautas a criticaram pela declaração. "Mallu Magalhães falando de preconceito contra brancos. O mundo tá indo por água abaixo mesmo", disse um. "Mallu Magalhães defendendo racismo reverso em rede nacional. Sai da minha MPB agora", comentou outro. "Avisa lá a Mallu Magalhães que o samba tem cor e é negro e isso não é preconceito. É um fato. Brancos podem tocar, só precisam respeitar", ponderou um terceiro.

Comentário da cantora divide opiniões

Outros, no entanto, demonstram apoio à mãe de Luiza, de um ano, fruto do casamento com Marcelo Camelo. "O que a Mallu Magalhães falou é simples: Qualquer raça, etnia, cor, etc pode tocar/vestir/cantar o que bem entender", defendeu um usuário da rede social. "Palmas para a Mallu Magalhães. Ultimamente tudo é 'apropriação cultural'. Somos todos iguais", afirmou outro. "Povo super problematizou o que a Mallu Magalhães disse. Ela não disse que era racismo reverso, disse que tem gente que julga brancos por cantarem samba", explicou um terceiro internauta.

Artista esclarece polêmica com o clipe 'Você Não Presta'

No palco do programa de Fátima Bernardes, que assumiu ter aprendido a cozinhar tarde, Mallu ainda esclareceu a polêmica com o clipe de "Você Não Presta", que foi acusado de racismo por utilizar bailarinos negros. Segundo os internautas, o vídeo reforça a "hiperssexualização" dos negros. "Foi o extremo oposto da mensagem. Quando fiz o clipe, a minha ideia era um clipe de dança e convite para todos. Nenhum momento eu considerei a cor de ninguém na seleção de casting. Assim, nem reparei qual era o número de pessoas e que cor elas eram. Fiquei muito chocada mesmo. Um grupo de pessoas negras se sentiu ofendida, disse que eu estava usando o corpo negro para adornar o meu clipe. Não foi mesmo essa intenção. Gerou essa polêmica, mas a resultante disso foi muito interessante, porque foi um espaço de discussão e debate."

'Foi um momento de educação', diz Mallu

Assim como Ana Hikari, que lidou com o racismo desde a infância, Mallu disse que ficou aberta ao debate sobre o assunto depois da repercussão de seu novo trabalho na internet. "Foi um momento de educação. Até para mim. Hoje eu olho o clipe com outros olhos, sinceramente. Eu continuo com a minha opinião de achar que é um convite. Claro, não foi minha intenção, mas o debate que se ascendeu... A gente aprende também que não consegue prever a ferida dos outros. Nunca imaginei que alguém, por sua história, pudesse ressignificar. Me entreguei ao debate."

(Por Tatiana Mariano)

Acompanhe também as últimas notícias dos famosos pelo nosso Facebook.