Home
últimas
Famosos Brasileiros
Famosos Internacionais
Famosos na praia
Filhos de famosos
Fotos de famosos
Vídeos
Namoro
Instagram dos famosos
Principais notícias
Todos os temas
Novelas
Novela Amor de Mãe
Novela Éramos Seis
Novela Salve-se Quem Puder
Malhação - Toda Forma de Amar
As Aventuras de Poliana
Novela Amor Sem Igual
Novela Nos Tempos do Imperador
Resumo de novelas
TV
BBB20
Domingão do Faustão
Masterchef Brasil
Caldeirão do Huck
Mais Você
Encontro com Fátima
Fantástico
Cinema
Tapete vermelho
Estreias
Oscar
Cannes
Festival do Rio
Angelina Jolie
Jennifer Aniston
Brad Pitt
Tom Cruise
Leonardo Dicaprio
Famosos
Bruna Marquezine
Marina Ruy Barbosa
Sasha
Anitta
Grazi Massafera
Ivete Sangalo
Kate Middleton
Meghan Markle
Marilia Mendonça
Gusttavo Lima
Camila Queiroz
Sabrina Sato
Michel Teló
Juliana Paes
Beleza & Estilo
Cabelos
Make
Moda
Primavera/Verão
Outono/Inverno
Dieta & Saúde
Beleza & Estética
Mundo Dellas

Juliana Lohmann avalia cenas de machismo e agressão contra mulher em novela

Compartilhe no Facebook
Intérprete da Cindy da novela 'Amor Sem Igual', Juliana Lohmann aborda com sua personagem, uma garota de programa, o machismo e a agressão contra a mulher. 'Para mim é interessante vivenciar esse tipo de situação na TV, porque abre essa reflexão', afirma ao Purepeople. Atriz descarta ingenuidade de Cindy e comemora retorno à TV após período se dedicando ao teatro e TV

Juliana Lohmann cresceu na frente das câmeras e, atualmente, volta a viver uma garota de programa, dessa vez na novela "Amor Sem Igual". Com Cindy, a atriz comemora poder levantar não só a questão da prostituição como a da agressão contra a mulher. "A agressão do Bernardo (Heitor Martinez) vem do machismo que acredita que o mundo gira em torno das vontades masculinas. Para mim é interessante vivenciar esse tipo de situação na TV, porque abre essa reflexão, aponta para a noção de que a agressão contra a mulher, seja na circunstância que for, está completamente errada e deve ser extinta o quanto antes", afirma ao Purepeople.

'Garota de programa é dona do seu corpo', opina Juliana

"Somos um dos países com a maior taxa de feminicídio no mundo e isso precisa mudar urgentemente", completa Juliana, engajada em causas sociais. Na história, Cindy é uma das garotas do cabaré de Olympia (Françoise Forton) e assim como Sthefany Brito, intérprete da também prostituta Donatella, descarta julgar sua personagem. "O fato de uma mulher ser garota de programa não significa que o homem pode agredi-la e fazer o que bem entende. É uma profissão desvalorizada, como se fosse menos digna do que qualquer outra. Ela é dona de seu corpo e tem liberdade para fazer o que bem entender e isso precisa ser respeitado em todos os aspectos", exige.

'Cindy parece ser ingênua, mas não é', afirma atriz

E a atriz é enfática ao definir sua Cindy, prestes a receber convite para se envolver em um roubo. "Ela é sem dúvida bastante ambiciosa, vem de um lugar mais humilde e, apesar do esforço, parece não ter a mesma desenvoltura que as outras, muito menos o mesmo amor próprio. A Cindy é bastante bem resolvida com a profissão e não tem questões em expor isso à ninguém. Parece ser ingênua e um tanto quanto bobinha, mas, muitas águas vão rolar...", adianta. "Existe uma ingenuidade maior nela, mas, aos poucos, no decorrer da trama, outras camadas vão se revelar", conta.

Juliana se inspirou em cantora para viver Cindy: 'Sexy symbol'

Interpretando pela segunda vez uma garota de programa na TV, deu vida a uma prostituta na série "Mandrake", aos 16 anos, Juliana diz ter se inspirado na atriz e cantora Mae West. "Além de ser sexy symbol, surpreendia à todos com sua irreverência e independência, suas falas ousadas e tiradas sinceras", explica. "Além disso, assisti alguns filmes mais específicos", completa ela, que já havia feito outro papel ousado na série "As Canalhas", e precisou retomar as aulas de tecido. "A (professora) Karla Klemente, nossa coreógrafa ajudou bastante a encontrar o corpo da personagem", diz

'Me sinto mais madura e segura', afirma Juliana

"Amor Sem Igual" marca a volta dos papéis fixos de Juliana após quatro anos. A atriz aproveitou o período para dar outros voos, no cinema e pesquisa teatral. "Fiz oito longas-metragens e, no teatro, fiz trabalhos como atriz, produtora e assistente de direção. Voltar à TV agora, mais madura e segura da minha caminhada artística, me parece fazer parte de um fluxo natural das coisas. Me sinto aberta e mais segura da minha trajetória", festeja.

(Por Guilherme Guidorizzi)

Acompanhe também as últimas notícias dos famosos pelo nosso Facebook.