Home
últimas
Famosos Brasileiros
Famosos Internacionais
Famosos na praia
Filhos de famosos
Fotos de famosos
Vídeos
Últimos stories
Sertanejo
Namoro
Instagram dos famosos
Principais notícias
Todos os temas
Novelas
Malhação - Viva a Diferença
Novela Haja Coração
Novela Laços de Família
Novela Flor do Caribe
Novela A Força do Querer
Novela Amor Sem Igual
Novela Salve-se Quem Puder
Novela Nos Tempos do Imperador
Novela Amor de Mãe
Resumo de novelas
TV
A Fazenda 12
Domingão do Faustão
Masterchef Brasil
Caldeirão do Huck
Mais Você
Encontro com Fátima
Fantástico
Cinema
Tapete vermelho
Estreias
Oscar
Cannes
Streaming
Festival do Rio
Angelina Jolie
Jennifer Aniston
Brad Pitt
Tom Cruise
Famosos
Bruna Marquezine
Marina Ruy Barbosa
Sasha
Anitta
Grazi Massafera
Ivete Sangalo
Kate Middleton
Meghan Markle
Marilia Mendonça
Gusttavo Lima
Camila Queiroz
Sabrina Sato
Michel Teló
Juliana Paes
Beleza & Estilo
Cabelos
Make
Moda
Primavera/Verão
Outono/Inverno
Dieta & Saúde
Beleza & Estética

Prevenção à mesa! Saiba alimentos que protegem organismo contra câncer de mama

Associada aos exames clínicos, a alimentação tem papel importante na prevenção da doença. 'Os fatores dietéticos representam cerca de 30% das causas de câncer de mama, sendo somente superado pelo tabaco, como fator de risco prevenível', afirma Larissa Cohen, nutricionista especializada em Nutrição Oncológica e membro da sociedade brasileira da categoria.

A prevenção é um passo importante dentro da conscientização promovida pelo Outubro Rosa e os alimentos são grandes aliados sob essa perspectiva. Em entrevista ao Purepeople, a nutricionista Larissa Cohen, membro da Sociedade Brasileira de Nutrição Oncológica destaca a importância de ter uma alimentação saudável, priorizando alimentos com fibras, frutas, legumes e verduras, como fator preventivo da doença. "Alguns alimentos possuem a capacidade de proteger o organismo evitando danos oxidativos ao DNA e, com isso, prevenindo a replicação errada da célula, ou seja, evitando a formação de câncer, e outros alimentos aumentam o risco de surgimento da doença aumento esse processo oxidativo", explica a especialista.

Cardápio é fator de risco prevenível relevante: 'Cerca de 30%'

Larissa pontua ainda que estudos especializados no tema apontam que o cardápio tem influência considerável. "A literatura científica reconhece que os fatores dietéticos representam cerca de 30% das causas de câncer de mama, sendo somente superado pelo tabaco, como fator de risco prevenível", pondera a nutricionista do InspiraSaúde e do espaço Stella Torreão. A seguir, ela lista alguns alimentos recomendados para prevenção e ainda durante o tratamento do câncer de mama.

Linhaça, sardinha, atum, salmão selvagem, óleo de peixe e arenque

Aliados também contra o inchaço, a semente, os peixes e seus derivados são fontes de ômega 3. "Sabe-se que os ácidos graxos poliinsaturados da série 3, inibem a formação do câncer de mama, assim como as metástases", explica Larissa.

Vegetais alaranjados, frutas cítricas, oleaginosas e verduras verdes escuras

"Entre os micronutrientes mais investigados por sua atuação quimiopreventiva no câncer de mama, destaca-se: as vitaminas antioxidantes, ou seja, a vitamina A (presente nos vegetais de cor laranja), a vitamina C (encontrada nas frutas cítricas) e acido fólico (existente em verduras escuras, como espinafre, couve), bem como o mineral selênio (presente na castanha do Brasil e outras oleaginosas)", detalha a nutricionista, valorizando a ação essencial ainda no combate envelhecimento precoce dos mesmos: "Uma das ações das vitaminas e minerais é a defesa contra os radicais livres (responsáveis por danos ao DNA), regulação da diferenciação celular e, consequentemente, inibição do crescimento de células mamárias cancerígenas".

Cebola, alho, alho-poró e cebolinha

Normalmente usados para dar aquele gostinho especial na comida, esses quatro alimentos auxiliam na prevenção do câncer de mama. "Possivelmente, devido à capacidade de excreção de produtos carcinogênicos", indica Larissa.

Couve, brócolis, couve de bruxelas, couve flor

Tais hortaliças, além de ricas em vitamina A, são fontes de um fitoquímico chamado isotiocianato, que ajuda na prevenção da doença. "De uma forma geral, esse composto atua inibindo o metabolismo oxidativo de vários carcinógenos, que levam a danos no DNA", pondera a nutricionista.

Saiba mais sobre sintomas, tratamentos e causas do câncer de mama

(Por Marilise Gomes)

Acompanhe também as últimas notícias dos famosos pelo nosso Facebook.