Home
Últimas
Famosos Brasileiros
Famosos Internacionais
Famosos na praia
Filhos de famosos
Fotos de famosos
Namoro
Sertanejo
Últimos Web Stories
Famosos do esporte
Instagram dos famosos
Gravidez das famosas
Look de famosos
Principais notícias
Todos os temas
Novelas
Novela Pantanal
Novela Cara & Coragem
Novela Além da Ilusão
Novela Carinha de Anjo
Novela Poliana Moça
Novela Reis
Novela A Favorita
Resumo de novelas
TV
Power Couple Brasil
Masterchef Brasil
A Fazenda
BBB 23
Reality Show
Domingão com Huck
Caldeirão
Mais Você
Encontro com Fátima
Séries
Filme 365 Dias
Casamento às Cegas Brasil
Cinema
Séries e filmes
Tapete vermelho
Estreias
Oscar
Cannes
Festival do Rio
Angelina Jolie
Jennifer Aniston
Brad Pitt
Tom Cruise
Famosos
Bruna Marquezine
Marina Ruy Barbosa
Virginia Fonseca
Sasha
Anitta
Grazi Massafera
Ivete Sangalo
Kate Middleton
Paolla Oliveira
Wanessa
Meghan Markle
Marilia Mendonça
Jade Picon
Andressa Suita
Sabrina Sato
Larissa Manoela
Casamento
Noivas
Looks para casamento
Make para casamento
Penteados para casamento
Inverno
Beleza & Estilo
Cabelos
Maquiagem
Cuidados com a pele
Moda
Primavera/Verão
Outono/Inverno
Beleza & Estética
Saúde e Bem-estar
Beleza Madura
Dieta
Astrologia
Coluna É Trend!
Home Últimas Notícias

Conrado e Aleksandro: entenda em detalhes o acidente que matou cantor e mais 5 pessoas

Conrado e Aleksandro: entenda em detalhes o acidente que matou cantor e mais 5 pessoas
11 fotos
O acidente com o ônibus da dupla Conrado e Aleksandro deixou 6 pessoas mortas e 2 em estado grave. Confira detalhes sobre a fatalidade.

O acidente com o ônibus da dupla Conrado e Aleksandro aconteceu na manhã deste sábado (07) e deixou 6 pessoas mortas; entre elas, o cantor Aleksandro. João Vitor Soares, conhecido artisticamente como Conrado, está entre os 11 feridos e segue internado em estado grave. A seguir, entenda em detalhes a tragédia.

O ACIDENTE DE CONRADO E ALEKSANDRO

A dupla se apresentou em Tijucas do Sul, no Paraná, na noite da sexta-feira (06). Logo após a apresentação, a equipe pegou o ônibus rumo a São Pedro, em São Paulo, onde eles fariam um show já no dia seguinte. A viagem duraria cerca de 8 horas.

O acidente ocorreu por volta das 10h30 de sábado (07), na altura de Miracatu, cidade de São Paulo localizada a cerca de 300 km do destino final. O motorista perdeu o controle do veículo e o ônibus tombou no canteiro de uma rodovia. A principal hipótese analisada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) é a de que o estouro do pneu dianteiro esquerdo tenha causado a fatalidade.

O capitão do Corpo de Bombeiros declarou, em entrevista à TV Tribuna, que um dos presentes no acidente relatou um barulho de explosão antes do tombamento. "Durante o deslocamento, a pessoa ouviu um barulho bem forte, como se fosse uma explosão e, naquele momento, o ônibus perdeu o controle e tombou", disse Rodrigo Carvalho.

Das seis vítimas fatais do acidente, cinco delas estavam presas às ferragens do ônibus. A sexta estava do lado de fora do veículo, mas ainda não se tem confirmação de que ela foi arremessada.

QUEM SÃO AS VÍTIMAS FATAIS DO ACIDENTE DO ÔNIBUS DE CONRADO E ALEKSANDRO?

O cantor Aleksandro foi o primeiro nome divulgado entre as vítimas fatais do acidente. A morte do intérprete foi confirmada por volta das 14h15. O artista, de 34 anos, deixa uma esposa e um casal de filhos, ainda pequenos.

As outras vítimas fatais do acidente são: o guitarrista Wisley Aliston Roberto Novais, o tecladista Marzio Allan Anibal, o baterista Roger Aleixo Calgnoto, o roadie Giovani Gabriel Lopes dos Santos e o técnico de iluminação Gabriel Fukuda.

ACIDENTE DE CONRADO E ALEKSANDRO: AINDA HÁ VÍTIMAS INTERNADAS EM ESTADO GRAVE

O veículo transportava 19 pessoas. 9 delas tiveram ferimentos leves e foram atendidas em prontos-socorros das proximidades; apenas 2 não apresentaram lesões. O cantor Conrado e o músico Júlio César Bugoli estão em estado grave e precisaram ser submetidos a intervenções cirúrgicas.

Conrado está internado na UTI do Hospital Regional de Registro, em São Paulo. Ele foi submetido a cirurgias na bacia e para conter os sangramentos provocados pelo acidente. Segundo boletim médico divulgado pela equipe da dupla, o estado é grave, porém, estável. Já Júlio César, operou para tratar fraturas no crânio e para corrigir problemas nos membros inferiores.

ACIDENTE DE CONRADO E ALEKSANDRO: MOTORISTA FOI FLAGRADO EM ALTA VELOCIDADE

Às 9h47 da manhã daquele sábado (hora que aparece no painel do cinegrafista), menos de 45 minutos antes do acidente, um motorista que estava na mesma rodovia que o ônibus de Conrado e Aleksandro filmou o veículo na pista e relatou que o motorista viajava em alta velocidade.

No vídeo, o cinegrafista afirma que o motorista chegou a atingir velocidade de 140 km/h. Em nota enviada ao G1, a PRF confirma que o registro foi feito na mesma rodovia onde o acidente ocorreu e destaca que a velocidade máxima permitida para veículos de grande porte nesta área é de 80 km/h.

Ainda em comunicado ao G1, a PRF destacou que a atitude do motorista do carro também oferece perigos na estrada. "Sendo assim, o condutor que gravou o vídeo causou mais risco ao trânsito do que o motorista que imprimiu velocidade excessiva, porém este último acidentou-se em virtude do estouro do pneu", diz a nota.

A CARREIRA DA DUPLA CONRADO E ALEKSANDRO

A dupla Conrado e Aleksandro foi fundada em 2003 na cidade de Dourados, no Mato Grosso do Sul. Eles iniciaram a carreira cantando clássicos do sertanejo em bares da região, mas, à medida em que foram se destacando, começaram a apresentar faixas autorais.

O primeiro álbum da dupla foi lançado em 2009. Dois anos depois, eles chamaram atenção da Som Livre, que os contratou para o casting da gravadora. Em 2011, Conrado e Aleksandro despontaram nacionalmente com o hit "Certos Detalhes", em parceria com Luan Santana. Faixas como "Bão com Força", "Caminhonete Inteira", "Põe no 120" e "Só se For Gelada" completam a lista de sucessos dos rapazes.

CONRADO ENVOLVIDO NO ACIDENTE NÃO É O 'ORIGINAL'

Em 2019, Conrado Bueno decidiu deixar a dupla e foi substituído por João Vitor Soares, envolvido no acidente. Mesmo com o nome diferente, a marca Conrado e Aleksandro foi mantida e o novato adotou a alcunha artística.

Na época, Bueno alegou que estava motivado a buscar novos rumos profissionais. "Tenho a convicção de que ter passado por aqui e ter trabalhado com cada um de vocês foi fundamental para ter condições de seguir, enfrentando novos desafios", escreveu o artista, na época.

Pelas redes sociais, Bueno lamentou o acidente que matou o ex-colega de palco. "Foram 15 anos compartilhando sucessos, alegrias e incertezas. Se foi sem um abraço, sem uma conversa... Você deixa lembranças de uma história! Recordo agora da nossa jornada, os desafios que percorremos nesse tempo. Foi muito bom fazer essa travessia com você!", disse.

|
Acompanhe também as últimas notícias dos famosos pelo nosso Facebook.